Praias

Confira 6 destinos de praia, no eixo Rio-São Paulo, para curtir as férias mesmo com chuva

O tempo chuvoso no litoral não está ajudando a curtir o verão, mas não é desculpa para deixar de viajar nestas férias. Localizadas entre o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, estas cidades oferecem diversas opções de bons passeios mesmo em dias chuvosos


O tradicional boulevard da Rua XV de Novembro, em Santos, fica ainda mais belo em dias chuvosos - Foto: Sylvio Alarcon
O tradicional boulevard da Rua XV de Novembro, em Santos, fica ainda mais belo em dias chuvosos - Foto: Sylvio Alarcon

Com previsão de vários dias chuvosos neste mês de janeiro no litoral paulista e fluminense, a dica é montar um roteiro para nenhum tempo ruim colocar defeito. A região, que é famosa por suas belas praias, oferece muito mais que do um mar azul, altas temperaturas e paraísos naturais. O eixo Rio-São Paulo abriga uma população de mais de 37 milhões de habitantes que estão a poucos quilômetros de museus, centros históricos, aquários e até passeios de bondes. Tudo isso bem perto das duas maiores metrópoles brasileiras.

Cidades como Búzios, Santos, Ubatuba, Guarujá e Paraty oferecem muito mais do que os tradicionais passeios pelas suas praias e jardins. O extenso litoral paulista e fluminense é uma excelente opção para curtir também em dias chuvosos. Entre as principais dicas estão o belo Aquário de Ubatuba, a tradicional Rua das Pedras, em Búzios, e a Rota dos Museus, em Santos, com direito a passeio de bonde pelo Centro Histórico. Para finalizar com chave de ouro, é possível curtir este roteiro sem se organizar com muita antecedência e melhor ainda, gastando muito pouco.

Paraty (RJ)

O Centro Histórico de Paraty 'parou tempo', ainda no século XVIII - Foto: Otávio Nogueira/ Flickr - CC BY 2.0
O Centro Histórico de Paraty 'parou tempo', ainda no século XVIII - Foto: Otávio Nogueira/ Flickr - CC BY 2.0

Paraty é só praia? A cidade fluminense oferece muito mais do que suas belas paisagens naturais. O Centro Histórico é um convite para conhecer o Brasil colonial, com dezenas de casarões conservados que hoje abrigam lojas, restaurantes e pousadas. O bairro, que parou no século XVIII, tem como sua marca principal a icônica Igreja de Santa Rita, datada de 1722. Outra dica é visitar os charmosos ateliês da região, que irão garantir boas compras, além de uma lembrança da viagem. Principal point da cidade, o Centro Histórico é uma excelente dica para quem quer fugir da praia durante os dias chuvosos, além de contemplar o bairro que é candidato a "Patrimônio Mundial da Humanidade", pela UNESCO.

Santos (SP)

Entre as relíquias do jogador expostas no Museu Pelé estão a Bola de Ouro da FIFA e uma réplica oficial da Taça Jules Rimet - Foto: Marcelo Martins
Entre as relíquias do jogador expostas no Museu Pelé estão a Bola de Ouro da FIFA e uma réplica oficial da Taça Jules Rimet - Foto: Marcelo Martins

Conhecida pelos jardins e praia, Santos oferece um amplo roteiro para dias chuvosos, entre as opções estão o Museu Vivo dos Bondes, Museu Pelé, Bolsa Oficial do Café, Memorial das Conquistas e o tradicional Aquário. Seu histórico Centro possui o Museu Vivo dos Bondes, que conta com seis veículos na Linha Turística e outros sete expostos ao público pela cidade. Uma novidade são os bondes temáticos, como o "Bonde Café", que circula pelas ruas como uma ´cafeteria móvel´. O percurso, que passa por outros museus, dura cerca de 30 minutos e tem custo de R$ 6,50.

Ainda no Centro Histórico funciona o Museu Pelé, que conta com mais de 2,4 mil peças do Rei do Futebol. Entre as relíquias expostas estão a Bola de Ouro da FIFA e uma réplica oficial da Taça Jules Rimet, ambas da coleção pessoal do atleta. A entrada custa R$ 18.

Outro importante Museu no bairro é a Bolsa Oficial do Café. O prédio, construído no auge da exportação cafeeira, em 1922, possui 6 mil m² e abriga uma tradicional cafeteria, que oferece diversos tipos de cafés selecionados. Um dos pontos altos da visita ao local é a grandiosa Sala dos Pregões e seus vitrais de Benedicto Calixto. A visita custa R$ 10.

Localizado na Vila Belmiro, o Memorial das Conquistas é uma boa dica para quem é fã de futebol, independente do time que torce. O museu conta com 500 peças, entre elas as duas taças dos Mundiais Interclubes e as três da Copa Libertadores da América, conquistadas pelo Santos FC. A entrada com direito a visita monitorada à sala de imprensa, vestiário e campo custa R$15. O ingresso apenas do Museu é vendido por R$ 8.

Segundo parque público mais visitado no Estado (só perde para o Zoo de São Paulo), o Aquário Municipal de Santos possui mais de 150 espécies e quatro mil exemplares de animais. Entre as principais atrações estão o primeiro pinguim nascido em cativeiro no país, apelidado de Fraldinha, além do leão-marinho, o Abaré Inti. O aquário funciona de terça a sexta-feira (9h-18h), além de domingos e feriados (9h-20h). O ingresso custa R$ 8.

Ubatuba (SP)

O Aquário de Ubatuba permite que as pessoas toquem em bichos como ouriços, estrelas-do-mar, lagostas e até arraias - Foto: Carol Manzoli/ Flickr - CC BY 2.0
O Aquário de Ubatuba permite que as pessoas toquem em bichos como ouriços, estrelas-do-mar, lagostas e até arraias - Foto: Carol Manzoli/ Flickr - CC BY 2.0

O tradicional Aquário de Ubatuba é uma boa dica de passeio quando a praia não for uma opção viável na região. São 26 tanques, que abrigam mais de 150 espécies, e encantam crianças e adultos. Entre animais como jacarés, piranhas, tubarões e pinguins existe um setor mais procurado, conhecido como "tanque de contato". O local permite que as pessoas tenham a oportunidade de tocar em bichos como ouriços, estrelas-do-mar, lagostas e até arraias. Situado em frente à praia, ele funciona diariamente das 10h às 20h, e aos finais de semana e feriados permanece aberto até às 22h. A entrada custa R$ 30 e crianças até quatro anos não pagam.

Búzios (RJ)

Reunindo moda, gastronomia e arte, a Rua das Pedras tem apenas 600 metros de comprimento - Foto: Marcelo César Augusto Romeo/ Flickr - CC BY 2.0
Reunindo moda, gastronomia e arte, a Rua das Pedras tem apenas 600 metros de comprimento - Foto: Marcelo César Augusto Romeo/ Flickr - CC BY 2.0

Um dos principais cartões-postais de Búzios, a tradicional Rua das Pedras é uma opção de passeio para dias chuvosos, na região dos Lagos, no litoral fluminense. O local possui diversas lojas de artesanatos, boutiques, restaurantes e até agências de turismo. Reunindo moda, gastronomia e arte numa só viela, a rua tem apenas 600 metros de comprimento, mas encanta por seu charme e requinte. Com um grande número de restaurantes e bares, o auge do movimento na Rua das Pedras costuma ser após o entardecer e segue agitado até as primeiras horas da madrugada.

Guarujá (SP)

O Acqua Mundo conta com 49 tanques e mais de oito mil animais - Foto: Carlos Varela/ Flickr - CC BY 2.0
O Acqua Mundo conta com 49 tanques e mais de oito mil animais - Foto: Carlos Varela/ Flickr - CC BY 2.0

Localizado na Pérola do Atlântico, carinhoso apelido da cidade de Guarujá, o Aquário Acqua Mundo é famoso por permitir mergulhar ao lado de tubarões e é uma ótima opção para dias chuvosos. O local, que conta com 49 tanques e mais de oito mil animais, também se destaca por suas espécies raras de peixes, além de pinguins e leões-marinhos. O parque funciona de segunda a domingo e a entrada custa R$ 39.

Cabo Frio (RJ)

A cidade de Cabo Frio pode surpreender os turistas até quando o tempo não ajudar - Foto: Marinelson Almeida/ Flickr - CC BY 2.0
A cidade de Cabo Frio pode surpreender os turistas até quando o tempo não ajudar - Foto: Marinelson Almeida/ Flickr - CC BY 2.0

A bela cidade, que está situada na Região dos Lagos, do litoral fluminense, oferece muito mais opções aos turistas do que ´apenas´ suas belas praias de água esverdeada. Durante os dias chuvosos, uma boa dica de passeio é a Casa-Ateliê Carlos Scliar, local onde o renomado artista plástico viveu seus últimos 40 anos de vida. A residência, que foi transformada numa Pinacoteca, é mantida exatamente como ele deixou ao falecer, há 16 anos. O acervo com 150 itens, conta com diversas obras do pintor gaúcho, além de peças de Di Cavalcanti, Scliar e Bonadei. O local possui visita guiada. 

Mapa

Dennys Marcel



recomendado para você


na web