Praias

Conheça 8 cidades que os apaixonados por cerveja precisam visitar

Comemorado nesta sexta-feira, o Dia Internacional da Cerveja é a justificativa perfeita para conhecer 8 cidades dos sonhos para os cervejeiros de plantão


Romântica e gastronômica, Campos do Jordão conta com um diferencial, as cervejarias – Foto: DanMajero
Romântica e gastronômica, Campos do Jordão conta com um diferencial, as cervejarias – Foto: DanMajero

Perfeita para todas as estações, a cerveja é a 4ª bebida mais consumida em todo o mundo. Com preços que variam entre US$ 0,20 até US$ 1.850, a bebida possui registros históricos que mostram que sua fabricação ocorre há mais de 5 mil anos. Na Idade Média, em alguns países europeus, o consumo de cerveja era maior do que o de água. A prova deste histórico amor pela bebida é que a cerveja comercializada mais antiga do mundo é a Weihenstephan, fabricada há mais de 1200 anos.

Os amantes e apreciadores desta bebida tão popular não podem deixar de conhecerem estes 8 destinos.

Pilsen (República Tcheca)

O país com maior consumo da bebida por pessoa no mundo, a República Tcheca, originou um tipo de cerveja muito apreciado pelos brasileiros, a Pilsen.  Além da enorme quantidade de bares, a região boemia conta com uma produção em grande escala de lúpulo. O insumo é o responsável pelo aroma e amargor das cervejas e foi introduzido na bebida para que durasse mais tempo sem estragar em longas viagens, aproveitando a abundância da planta na região. A Pilsner Urquell é a marca local de cerveja tipo pilsen, com um sabor leve e pouco alcoólica. A visitação à fábrica é obrigatória no tour cervejeiro por Pilsen. A cidade também é próxima a Praga, outro destino atrativo deste país tão popular e com arquitetura deslumbrante.

Munique (Alemanha)

A verdadeira Oktoberfest acontece em Munique, na Alemanha. A festa realizada há mais de 200 anos, ocorre entre setembro e outubro. A Oktoberfest alemã remonta as comemorações do casamento de um antigo príncipe da Alemanha. Além das enormes canecas de cerveja, a tradição conta com comidas típicas como linguiças, joelho de porco, salsichas, pães e muita música regional.  Atrai mais de seis milhões de visitantes por ano à região.  Além disso, a cidade, que é a capital da Baviera, possui diversas cervejarias, dentre elas a Paulaner e a Weihenstephan, mais antiga do mundo.

Dublin (Irlanda)

A cidade é conhecida por sua enorme quantidade de pubs e por ser a terra da stout (cerveja escura) mais conhecida do mundo.  Um roteiro obrigatório para os amantes de cerveja é a visitação a Guinness Storehouse, que apresenta a história e os processos de fabricação do principal rótulo do país. Apenas na capital irlandesa existem mais de 800 pubs.

Bruges (Bélgica)

A Bélgica é um país tipicamente cervejeiro, com mais de 150 marcas diferentes, variando entre opções comerciais e cervejas produzidas por monges trapistas.  Ainda assim, um destes rótulos se destaca, a tradicional Stella Artois. Além disso, um grande atrativo de Bruges é quantidade de bares especializados em cervejas típicas. A dica é beber com moderação para curtir as belíssimas construções medievais da cidade. Outra importante informação é a proibição de beber na rua, além da restrição de horário para venda de bebidas alcoólicas durante alguns meses do ano.

Portland (EUA)

Considerada a cidade com mais cervejarias instaladas no mundo, Portland (EUA) conta com o curioso roteiro turístico do Pedal-pub - Foto: Matt'Johnson
Considerada a cidade com mais cervejarias instaladas no mundo, Portland (EUA) conta com o curioso roteiro turístico do Pedal-pub - Foto: Matt'Johnson

Considerada a cidade com mais cervejarias instaladas no mundo, Portland conta com 96 marcas diferentes. É também a cidade com maior volume financeiro de negócios envolvendo cervejas nos Estados Unidos, além de ser conhecida por festivais da bebida e pelo pedal-pub. No roteiro turístico, o visitante, direcionado por um guia sóbrio, pedala por Portland de pub em pub. Considerada a capital mundial da cerveja e chamada de Beertown, possui grande variedade de rótulos artesanais e recebe um dos principais festivais de cerveja dos EUA, o "Oregon Brewers Festival".

Campos do Jordão (São Paulo)

Muito procurada na temporada de inverno, a charmosa cidade no interior paulista tem uma arquitetura particular, que remete aos países europeus. O frio e a elegância da região também fazem os visitantes se sentirem fora do país. Romântica e gastronômica, Campos do Jordão conta com um diferencial, as cervejarias. A principal fábrica, a Baden Baden, produz mais de 11 tipos de rótulos artesanais. Unindo um produto abundante na região e a tradição cervejeira, a fábrica lançou, recentemente, a cerveja de pinhão. 

Amsterdã (Holanda)

A cidade conhecida pela legalização da maconha, também é famosa pela tradicional marca Heineken, onde possui seu museu contando a história da cervejaria. Outros rótulos famosos, como Amstel também são originários da Holanda. Além de conhecer o famoso bairro vermelho e os coffee-shops, outro passeio obrigatório é o Heineken Experience.

Blumenau (Santa Catarina)

A Oktoberfest de Blumenau é um verdadeiro carnaval fora de época. Uma das festas populares mais procuradas do Brasil, a Oktoberfest local é a maior da América do Sul. Tipicamente alemã, a festa é muito característica e conta com diversos tipos de cerveja para degustação. 

Thais Ursini



recomendado para você


na web