visconde de maua2 DE NOVEMBRO
Passe o feriadão em Mauá
Escolha uma pousada.
| POUSADAS | PASSEIOS | RESTAURANTES | FOTOS | CENTRAL DE RESERVAS | MAPA | HOME | DICAS

SÃO PAULO - VISCONDE DE MAUÁ
Dá pra conhecer o básico de Mauá
em apenas um fim de semana

Cachoeira do EscorregaCada vez mais os paulistanos estão procurando Visconde de Mauá para abandonar o stress nos banhos de cachoeira, para respirar o ar com cheiro de cipreste, se deliciar com a gastronomia estrelada ou simplesmente namorar nas noites frias da montanha.

Preparamos este roteiro para quem acha que Visconde de Mauá é longe. Saindo de São Paulo no sábado pela manhã e voltando no domingo à noite é possível conhecer um pouco da região. É claro que vão ficar de fora dezenas de cachoeiras, trilhas e outras tantas atrações, mas já vai dar para sentir o gostinho de Mauá. Siga o roteiro, confira as dicas ao lado e aproveite!

NA ESTRADA
A saída de São Paulo é no sábado, bem cedinho. Que tal umas... seis da manhã? Por isso é bom deixar tudo arrumado na noite anterior. Quem gosta de dirigir à noite pode sair na sexta mesmo, mas para isso é preciso reservar pousada com antecedência.



SUBINDO A SERRA
Contando uma parada rápida para o café, você deve chegar ao quilômetro 311 da Dutra por volta das 9h. A partir daí começa a estrada que leva a Mauá. Passe as entradas para Penedo, Serrinha e Capelinha, até o final do asfalto. Depois são 16 km em terra. Este trecho, desde a Dutra, pode ser feito em cerca de 40 minutos, mas é mais gostoso vir devagar, parando nos mirantes e bicas d'água. Dos mirantes é possível avistar a Serra do Mar, o Vale do Paraíba com as cidades de Resende e Itatiaia e, chegando no alto da serra (1400 m), a deslumbrante vista do Vale do Rio Preto. Se o dia estiver nublado, melhor ainda: você estará, literalmente, acima das nuvens.



MAUÁ, MARINGÁ E MAROMBA
Descendo um pouco, é hora de decidir seu destino. A região de Visconde de Mauá tem três vilas principais: Mauá, Maringá e Maromba.

Seguindo à direita, você passa pela vila de Mauá, que tem comércio local, serviços e pousadas. Mais pra frente estão algumas das pousadas mais charmosas e requintadas, na estrada para Campo Alegre.

Virando à esquerda, você vai passar pelos vales do Pavão e Cruzes, em direção à vila de Maringá. Aqui se concentra a maior parte das pousadas, restaurantes e lojinhas.

Depois de Maringá vem a vila da Maromba, onde ainda é possível notar a presença do movimento hippie. Esta área concentra as cachoeiras mais visitadas e também conta com várias pousadas, das mais "bicho-grilo" às mais elegantes.



ENTRANDO NO CLIMA
Pelos nossos cálculos, você vai chegar à pousada bem antes do almoço. Que tal dar uma volta e escolher com calma um bom restaurante para almoçar? Entre as opções estão comida natural, cozinha mineira e internacional. As especialidades da região são a truta e o pinhão. Mauá tem dois restaurantes estrelados pelo Guia 4 Rodas. Durante o passeio, aproveite para conseguir um mapinha das trilhas e cachoeiras.

Na parte da tarde, alugue um cavalo e vá conhecer a Cachoeira de Santa Clara. Um paredão de 50 metros que termina numa piscina de águas frias - ideal para banho, mergulho ou só para molhar o pezinho... Ali perto tem o trutário que abastece os restaurantes da região e a Cachoeira Toca da Raposa. Vale a pena conhecer. Já no fim da tarde, de volta à pousada, que tal relaxar na sauna?

À noite, vista um casaco e vá dar uma volta pelo centrinho de Maringá. São inúmeras lojas de artesanato e roupas, bares com música ao vivo, restaurantes e pizzarias. Dependendo do movimento, o agito pode seguir até a madrugada. A vila de Maringá é dividida pelo rio Preto: um lado pertence ao estado do Rio de Janeiro - o outro a Minas Gerais. A "travessia interestadual" é feita por uma ponte de pedestres com poucos metros de extensão.

Mais tarde, no chalé, peça um vinho, acenda a lareira e...



DOMINGÃO
Acorde cedo para aproveitar bem o dia. Seguindo a tradição mineira, as pousadas oferecem farto e delicioso café da manhã - alimente-se bem e siga rumo às cachoeiras. Hoje é dia de conhecer a mais famosa delas: Escorrega. Se estiver hospedado por perto, o melhor é ir à pé. Caso contrário, alugar uma moto ou bicicleta é uma boa pedida. Um pouco antes do Escorrega fica a vila da Maromba - sinta-se nos anos 70 e compre incenso, batas, mochilas e bijuterias. Chegando ao Escorrega, crie coragem e deslize pela cachoeira (viu o cara deitado na foto lá do alto?). Na volta, dê uma paradinha na cachoeira Véu de Noiva e no Poção da Maromba, que tem uma pedra de 8m usada como trampolim.

Seguindo este roteiro você deve estar de volta à pousada no meio da tarde. Está com fome? Ainda dá tempo de almoçar e dar mais um passeio pelas vilas. Agora é com você. Se tiver coragem de voltar para São Paulo, boa viagem. E depois escreva pra gente contando como foi a aventura. Combinado?



Redação GuiaMauá
redacao@guiamaua.com.br

 

Roteiro
- São Paulo
- Rod. Ayrton Senna
à Rod. Carvalho Pinto
à Rod. Presidente Dutra
- Saída 311
à Rod. RJ 163
- 15 km em asfalto
- 16 km em terra
- Visconde de Mauá
- Trajeto total: 296 km
- Maringá: +6 km
- Maromba: +8 km

Pousadas
Existem pousadas para todos os bolsos: de R$ 70 a R$ 500, a diária para casal. Em feriados os preços mudam e é bom reservar com um mês de antecedência.

Diárias
O roteiro prevê uma diária em pousada, com pernoite de sábado para domingo, mas cada estabelecimento tem regras próprias. Combine na chegada o dia e horário de saída e quantas diárias serão cobradas.

Banco
Caixa Eletrônico Itaú, na entrada da vila de Mauá

Combustível
O único posto da região fica entre as vilas de Mauá e Maringá. Tem gasolina, álcool e diesel. Fecha às 20h.

Dias quentes
Entre 9h e 16h o sol não dá moleza. Nas caminhadas, use protetor solar, chapéu, roupas leves etc. Traga roupa de banho!

Noites frias
Durante o inverno a temperatura pode chegar a zero grau. Mesmo no verão as noites são fresquinhas. Traga agasalho!

Andar faz bem
É possível chegar de carro até perto da maioria das cachoeiras, mas não é recomendável. Os acessos são estreitos e fica difícil manobrar. Em dias movimentados também é complicado estacionar. Caminhe, ande a cavalo, pedale.

Vá com calma
Quando estiver de carro, vá devagar. As estradas são estreitas e irregulares. Além disso, quem não estiver dirigindo pode apreciar melhor a paisagem.

Preserve
Mauá é uma Área de Proteção Ambiental. Nada de pegar mudinhas de plantas ou pedrinhas. Lembre-se de carregar um saquinho para lixo.

Estamos
concorrendo ao
prêmio de melhor
site de turismo

VOTE AQUI

 

| POUSADAS | PASSEIOS | RESTAURANTES | FOTOS | CENTRAL DE RESERVAS | MAPA | HOME |  


Home | Hotéis | Passeios | Mapa e acesso | Fotos | Restaurantes | Compras | Artes
Esportes | Serviços | Transportes | Notícias | Receitas | Perfil | Camping | Agenda | Mauá-Mirim

GuiaMauá é produzido por Umbigo da Rede Ltda
Estrada das Cruzes 2322 - Vale das Cruzes - Visconde de Mauá RJ
Contatos: Redação / Publicidade / Administração
© 2000 2001 2002 2003
Visconde de Mauá Visconde de Mauá Visconde de Mauá - Hotéis Visconde de Mauá - Pousadas Visconde de Mauá - Dicas de passeios