História Viva


Clique e assine História Viva
Notícias

Um catálogo da violência no século XX

Site organizado por cientista político francês abriga banco de dados sobre a os grandes massacres dos últimos cem anos

Bruno Fiuza
Creative Commons/Arquivo Federal da Alemanha
Entrada do campo de concentração de Auschwitz, onde milhares de judeus foram exterminados durante o Holocausto
O francês Jacques Sémelin, professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris, passou os últimos 20 anos pesquisando a história dos grandes massacres do século XX. Em 2007, essa extensa investigação deu origem ao livro Purificar e destruir – Usos políticos dos massacres e dos genocídios, um estudo comparativo da violência em massa durante o Holocausto, em Ruanda e na Bósnia que foi publicado este ano no Brasil pela editora Difel. Sémelin, no entanto, não se contentou em transformar seu estudo em livro, e agora trabalha em um projeto inédito: a organização de uma enciclopédia virtual da violência em massa no século XX.

Depois de quatro anos de gestação, o site do projeto foi lançado no ano passado. Reunindo material produzido por pesquisadores renomados, a Enciclopédia online da violência em massa pretende oferecer gratuitamente a qualquer usuário da internet um extenso banco de dados com informações sobre genocídios e massacres perpetrados no planeta ao longo do mais violento século da história. O site reúne biografias dos responsáveis pelas grandes matanças, cronologias de conflitos em cada país e estudos de caso de massacres específicos, entre outras coisas.

A maior parte do material reunido no site até agora está em inglês e francês, mas o projeto está longe de ser concluído. A enciclopédia está em construção, e deve permanecer assim ainda por muito tempo. Em primeiro lugar pelo ineditismo da iniciativa: é a primeira vez que alguém se propõe a fazer um levantamento global dos grandes massacres do século XX. Em segundo, devido ao alto grau de exigência com a informação: todos os artigos publicados no site são assinados por acadêmicos com experiência comprovada no estudo do uso da violência em massa e são devidamente analisados pela comissão editorial do site antes de ir ao ar.

Graças a esse rigor, a Enciclopédia online da violência em massa tem tudo para se tornar uma importante referência para todos aqueles interessados em pesquisar ou saber mais sobre a forma como o instinto destrutivo do homem alcançou níveis inimagináveis nos últimos cem anos.