Publicidade

 

Cresce procura por auto-escolas antes do aumento nos preços dos cursos
14h44

SÃO PAULO - Em janeiro de 2009, começam a valer as mudanças nos cursos teórico e prático para a obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), cujas cargas horárias irão aumentar de 30 para 45 horas e de 15 para 20 horas, respectivamente. Com isso, os preços cobrados pelas auto-escolas também deverão aumentar, o que causou uma verdadeira corrida de futuros motoristas a esses locais neste fim de ano, para escapar do aumento.

Segundo o presidente do Sindicato das Auto e Moto-Escolas do Estado de São Paulo, José Guedes Pereira, o aumento nos custos deverá ser de 20% a 30% e será repassado para os alunos. Em São Paulo, o curso e as taxas ficam atualmente em cerca de R$ 600, mas ainda não se sabe quanto esse valor poderá aumentar.

Fugindo dos cursos
Mas Pereira também critica quem adiantou os planos de tirar a CNH para fugir da alta nos preços. "As pessoas fogem do conhecimento, e isso é uma verdadeira ironia", diz, referindo-se ao aumento na carga horária dos cursos.

De acordo com a Agência Brasil, o Detran-SP (Departamento de Trânsito de São Paulo) ainda não tem os números de novembro e dezembro fechados, mas, mesmo assim, informa que houve um aumento na procura em relação a 2007.

Em outubro do ano passado, 14 mil pessoas procuraram o Detran para obter a primeira habilitação. No mesmo mês deste ano, foram 19.113 pessoas. "É normal o aumento da demanda nos últimos meses do ano, porque as pessoas têm o dinheiro do 13º salário e o tempo das férias", afirma Pereira.
  • Dúvida: aceitar ou não proposta de emprego de um parceiro da empresa?

  • Confiança da indústria cai 11% em dezembro, mostra sondagem da FGV

  • Varejo: preços de aluguel das ruas mais caras do mundo não cedem à crise

  • Serviços: confira o que abre e o que fecha durante o feriado do Réveillon

  • Liquidações de janeiro: consumo consciente evita dívidas, alerta Fecomercio

  • Plano de saúde: regulação deve ganhar novo enfoque na Câmara em 2009

  • Previdência: os impactos da crise em planos com alocação em renda variável

  • Lavando o carro: parece simples, mas exige cuidados para evitar prejuízos

  • Débito Direto mudará meios de pagamento e aumentará investimentos em TI, diz IDC

  • Tributos: arrecadação em SP cresce 14,8% e atinge R$ 54,40 bilhões no ano

  • Na próxima porta: pesquisa revela que indicação de vizinhos tem sucesso

  • Rentabilidade de locação de imóveis atrai investidores

  • Fim de assinatura básica de telefonia deverá ser tema de destaque em 2009

  • Homens e mulheres têm mesma opinião sobre risco, mas divergem sobre retorno

  • Home | Aposentadoria | Carreiras e Empresa | Impostos | Seguros | Seu Dinheiro | Seus Direitos | Suas Contas | Calculadoras | Estilo de Vida

    © 2000-2007 InfoMoney. Todos os direitos reservados.

    Apesar dos cuidados na coleta e manuseio, a InfoMoney não se responsabiliza pelas informações contidas neste site,
    nos dados dos links contidos em nossas páginas e não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se
    responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes