Especial de            Aniversário
 
 Anuncie Grátis
 Assinatura
 Bastidores
 Capa do Jornal
 Cartas
 Colunistas
 Conta-Gotas
 Contato
 Curta a Baixada
 Economia
 Editorial
 Empregos
 Espaço Aberto
 Esportes
 Guia JB
 Horóscopo
 Imóveis
 Internacional
 Opinião
 Porto S.A.
 Publicidade
 Receita
 Revista JB
 Resumo Novela
 Saúde
 Oportunidades

 

 Quer anunciar
 grátis no JB?




 Importante:
  
 Esta seção é
 só para pessoas 
 físicas que
 queiram se
 desfazer de algo

 

 

 



TURISMO

O Forte mais 
antigo do Brasil

O forte mais antigo do Brasil e o melhor preservado entre todos os que foram tombados pelo Governo do Estado, também é o primeiro de arquitetura militar construído no País. Esse patrimônio nacional, revitalizado também é apontado como referência no livro Arquitetura Militar - um panorama histórico a partir do Porto de Santos.

De acordo com o autor do livro, o arquiteto Victor Hugo Mori, do Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Nacional (Iphan), a Baixada Santista conta com o primeiro e também o último monumento de arquitetura militar erguido no Brasil, que é o Forte dos Andradas, em Guarujá, uma vez que a 2ª Guerra Mundial marcou o fim das fortificações militares na costa brasileira.

Segundo Victor Hugo, o estudo teve como ponto de partida o Porto de Santos porque ele “permite que se tenha uma linha do tempo contando a história da arquitetura militar de 1550 até a 2ª Guerra Mundial”. O arquiteto explica que é muito mais fácil manter um monumento de arquitetura militar do que um civil, pois a construção é concebida para resistir a ataques e, portanto, mais duradoura.

No entanto, no caso de Bertioga, o trabalho realizado pelo prefeito Lairton Goulart tem sido fundamental para dar vida ao monumento e contribuir para sua manutenção. Totalmente restaurado, ele conta com salas temáticas que retratam parte da história da colonização brasileira e valorizam a cultura indígena, o que tem atraído visitantes de todos os cantos do País e do exterior.

Na opinião do arquiteto, para ser preservado, o monumento deve ser usado. Por esse motivo, ele também elogia a iniciativa do prefeito que desapropriou todas as construções edificadas na área originalmente pertencente ao forte criando o Parque dos Tupiniquins, de caráter histórico, turístico e cultural. Essa medida possibitou que fosse recriado o mesmo ambiente natural que emoldurava o monumento na época de sua construção.

De acordo com Victor Hugo Mori, a primeira fortaleza real e que contou com projeto de Portugal é hoje a mais bem-conservada da Baixada Santista. De todos os fortes tombados no Estado de São Paulo, o Forte São João é o que tem melhor manutenção e, portanto, o que melhor atende a população”. 

Edificação começa em 1532

Com a denominação de Forte São Tiago, o monumento foi erguido em paliçada de madeira em 1532, época em que foi ponto de partida para a esquadra de Martim Afonso de Sá fundar a Vila de São Vicente, em 22 de janeiro do mesmo ano. Construída em ponto estratégico para defesa de ataques de índios, piratas e inimigos às vilas de São Vicente, Santos e São Paulo de Piratininga, foi dessa mesma fortaleza que a esquadra de Estácio de Sá partiu para fundar a cidade do Rio de Janeiro, em 1565.

A primeira grande reforma no monumento aconteceu em 1547 após o ataque vitorioso dos Tupinambás que incendiaram o forte e destruíram o povoado da então Buriquioca (Morada dos Macacos) como era chamada Bertioga em tupi-guarani. Em 1699, a fortaleza ganhava as características atuais sendo rebatizada como Forte São João, em 1765, devido à restauração da capela erguida em louvor ao santo.

Tombado pelo Iphan em 1940, abrigou as instalações do Exército até 1945. A última ocupação militar foi como quartel de pelotões de vigilância do 4º e 6º Batalhões de Caçadores, defendendo a região da ameaça alemã durante a 2ª Guerra Mundial. Depois, chegou a alojar o destacamento da então Força Pública, a atual Polícia Militar do Estado. Em 1966, o Iphan retomou o processo de restauração do monumento que foi definitivamente reaberto ao público em 2001.

  EDITORIAL
Bertioga e Jornal da Baixada: 15 anos...
_____________________

1532
A história de uma Cidade nascida para ser amada
_____________________

1992
Orlandini: o primeiro prefeito eleito da cidade
_____________________

1997
Rachid administra Bertioga de 1997 a 2000
_____________________
2001

Lairton é eleito
prefeito de Bertioga
_____________________
2005
Lairton é o primeiro prefeito a ser reeleito
_____________________
MAIS...
Curiosidades
sobre Bertioga
_____________________