Universo Online

Editorial

 

Ao mestre com carinho
 

Este filme traz muitas lembranças boas dos tempos de escola. Não fomos lá exemplo de aluno, mas com certeza não fomos dos piores, e o que não aprendemos em casa e na escola a vida nos ensinou.
O dia dos professores é comemorado nesta segunda-feira, mas o que eles têm para comemorar? Na grande maioria dos casos, salários baixos, falta de investimento nas escolas, alunos sem vontade de estudar, falta de companheirismo entre a classe, etc.
Lembro-me que o professor, há 20 anos, tinha carro novo, era bem visto pela sociedade, a grande maioria das meninas queria fazer magistério, ser professoras. Hoje é quase mais vantagem trabalhar no comércio que ser professor. A única diferença é a estabilidade do emprego que o governo oferece; no resto, em muitos casos trabalhar no comércio é mais vantajoso.
Com a falta de investimentos muitos professores também perderam a vontade de ensinar, a progressão continuada (os alunos não repetem mais) tem transformado nosso Brasil em um País de analfabetos, pois alunos já entrando no colegial não sabem ler, muito menos escrever. Esta é a vergonha da educação que estamos vivendo.
O professor não tem muito que comemorar, pois mesmo os que se esforçam ao máximo para os alunos aprenderem, ouvem de alunos: “não posso ser reprovado, então não tô nem aí”.
Mas você, mestre, dê o melhor de si, pois com certeza um dia a recompensa virá. Se você conseguir ensinar a um aluno o que sabe, saiba que já venceu uma batalha. No futuro, encontrará um ex-aluno, prefeito, vereador, governador, juiz, delegado, com certeza já terá sido recompensado.
Parabéns a todos neste seu dia! Nosso País ainda tem salvação e esta salvação passa pelas suas mãos!