Universo Online

 Prefeitura lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Com o slogan “Ubatuba sem Dengue, essa onda é nossa”, a prefeitura está conquistando parcerias e desenvolvendo ações que têm o objetivo de mudar gradativamente os hábitos dos munícipes em relação à manutenção de seus imóveis
A Prefeitura de Ubatuba está promovendo mais uma campanha de combate ao mosquito Aedes Aegypti: é o programa “Ubatuba sem Dengue, essa onda é nossa”. Diversas ações estão programadas, entre atividades educativas, treinamentos, campanhas publicitárias, entre outros. Este programa conta com a ação conjunta entre Secretarias e a articulação de diversos setores da sociedade ubatubense, por meio do Comitê Permanente de Combate à Dengue.
Para a próxima semana, dia 11, uma mobilização está programada para acontecer na região central do município. Serão seis equipes, formadas por dez duplas cada uma, que percorrerão todas as casas do centro, prestando orientações aos moradores, no sentido de identificar possíveis criadouros do mosquito e removê-los ou tratá-los. A idéia é promover uma ação desta a cada 15 dias, em bairros diferentes, sempre levando em consideração critérios como: densidade demográfica e nível de infestação do mosquito.
O prefeito Eduardo Cesar afirma que a união entre as secretarias e assessorias da prefeitura facilita o trabalho desenvolvido pela Saúde e contribui com a difusão do conhecimento. “Procuramos trabalhar o combate à dengue em todos os setores da prefeitura. Cada secretário, cada chefe, assessor ou funcionário é também um cidadão, que deve zelar pelo espaço em que trabalha e mora, além de instruir outras pessoas a fazerem o mesmo.”
Mudança de hábitos
Segundo o superintendente de Proteção à Saúde, Neilton Nogueira, o objetivo desta ação não é promover um paternalismo e sim a mudança de hábitos da população. “Nós precisamos conscientizar a população que sem a participação de todos, o combate à dengue fica muito difícil. Nós estamos fazendo a nossa parte, mas cada cidadão deve dar continuidade a este trabalho, vistoriando o seu imóvel e retirando todo recipiente que possa acumular água. Também é preciso estar atento às calhas e caixas d’água, eliminando qualquer chance que o mosquito possa ter para se reproduzir.”
Diversas atividades, no sentido de mobilizar a comunidade já tiveram início. A Secretaria de Saúde tem promovido treinamentos, ministrados pela coordenadora de Educação da Dengue, Denize Terra Fernandes, para funcionários, comerciantes, administradores de condomínios e hotéis. Segundo o coordenador do Programa de Controle de Endemias, Antenor Benetti, a própria criação do Comitê Permanente de Combate à Dengue já representa um grande avanço. “Juntos, estamos colocando em prática, novas idéias, disseminando o conceito da participação e desenvolvendo ações que antes não eram possíveis”.
Educação intensifica ações nas escolas
Representantes da Secretaria de Educação e da Secretaria de Saúde de Ubatuba estiveram reunidos, nesta segunda-feira, 1, com o objetivo de promover ações conjuntas e multiplicar o conceito da prevenção, por meio da eliminação de criadouros. Na reunião, ficou definido que, ainda neste mês, funcionários da Secretaria de Educação passarão por uma capacitação que visa manter os prédios escolares de acordo com as normas de prevenção do Controle de Endemias.
Além das capacitações, serão formados grupos de estudos, entre profissionais das duas secretarias, que desenvolverão atividades educativas e mobilizações comunitárias.
O secretário de Educação, Arnaldo da Silva Alves, afirma que o trabalho conjunto entre as Secretarias de Educação e de Saúde ajudará a atingir um maior número de pessoas. “Nós temos a força de mobilização, porque lidamos com mais de 40 mil pessoas, entre alunos e seus familiares. A Secretaria de Saúde tem o conhecimento técnico para o combate à dengue. Então, podemos entrelaçar os nossos esforços, para o bem do município.” (PMU)