Capa da EdiçãoEditorialO CaiçaraOpiniãoInformáticaEstamos de Olho
ArpoandoTurismoCrônicas de NYCulturaPoliciaisEsporte


II Rodeio de Maranduba, um fiasco!

Arena montada, Touro mecanico A arena montada na praia de Maranduba para sediar o “II Rodeio de Maranduba”, nos dias 11, 12, 13 e 14, foi um fiasco. Segundo depoimentos dos barraqueiros e peões que vieram de diferentes cidades do interior do Estado de São Paulo, esperava-se um grande movimento, já que as cidades litorâneas costumam marcar presença em caravanas nos rodeios realizados em suas cidades. 
A organização dentro da arena estava de parabéns. Havia barracas de alimentação, touro mecânico, karaokê e até uma novidade, o lata bar. Porém, a falta de divulgação do evento prejudicou toda a estrutura. Os peões, já no terceiro dia, estavam revoltados com o boato de que não haveria dinheiro para pagar os premiados. Alguns deles deixaram de participar de um grande rodeio, no interior, para estarem presente no compromisso firmado. Adilson Teodoro, 28 anos, conquistador de grandes títulos, diz que o que valeu foi ter conhecido o mar. Já Cirineu Alfredo Silva, 28, não leva boas recordações, pois caiu no segundo dia machucando a costela e a perna e não tinha nenhuma ambulância para socorrê-lo. O ponto de luz emprestado não suportava a carga elétrica ocasionando diversos blecautes. 
É uma pena! O evento que deveria ser um sucesso, mais uma vez foi mal organizado