Inicial

Edições Anteriores

Dicas de Lazer

Expediente

Previsão do tempo

Dicas de Lazer: 


Museu Felícia Leirner. Programa imperdível para quem aprecia esculturas. São cerca de 90 peças confeccionadas em cimento, bronze e granito. A maior parte das esculturas fica ao ar livre, nos jardins que cercam o Auditório Cláudio Santoro.

As esculturas representam figuras zoomórficas e humanas mescladas a estruturas que lembram cidades e catedrais.

Situado num dos pontos mais altos da Estância, dele se descortina uma bonita vista toda a região da Serra da Mantiqueira e do Sul do Estado de Minas Gerais. Ao visitar o Museu Felícia Leirner, dê uma esticadinha ao Auditório Cláudio Santoro, o tradicional palco dos Festivais.

Clique na imagem para vê-la ampliada.

Obras de Felícia Leirner

Clique na imagem para vê-la ampliada.

Centro de eventos de Vila Abernéssia.

O Gazebo. Batizado como "Centro de Eventos Ministro Sérgio Motta", o Gazebo de Vila Abernéssia, como é conhecido popularmente, é palco de concertos, apresentações artístico-culturais e eventos cívicos.

Palácio do Governo. A sede de inverno do Governo Paulista, está situado num dos pontos mais altos e bonitos de Campos. Alí está exposto um bonito acervo, com obras de renomados artistas plásticos. Mobiliário de época em diversos estilos, tapeçarias, louças, pratarias e adornos também devem ser vistos.

O Palácio Boa Vista fica aberto à visitação às 4ªs, 5ªs, sábados, domingos e feriados, das 10 às 12 horas e das 14 às 17 horas. Os ingressos custam R$ 5,00.

Clique na imagem para vê-la ampliada.

Palácio Boa Vista

Clique na imagem para vê-la ampliada.

Estrada de Ferro. A bucólica Estrada de Ferro Campos do Jordão, inaugurada em 1914, mantém dois circuitos para passeios: local, com o Bondinho, e até Pinda, com uma Automotriz. Nesse passeio, o trem vai até até Pinda (47 km), passando por Sto. Antonio do Pinhal e o Reino das Águas Claras.

Horto Florestal. Um programa imperdível para quem visita Campos do Jordão e Região é o Parque do Estado.

Situado numa área de preservação permanente com 8.341 hectares, nele estão contidas, além da vegetação exuberante, um orquidário, viveiro de mudas de árvores e plantas, trilhas, riachos, cachoeiras, hospedaria, restaurante, local para piqueniques, pesque-pague, lanchonete e até uma mini hospedaria.

Para quem curte a natureza, nada como um prolongado passeio pelas diversas trilhas, todas muito bem demarcadas, que levam a lugares belíssimos, ricos na fauna e na flora exótica, bem preservada.

Também pode-se visitar o laboratório de truticultura, onde são desenvolvidos alevinos de truta arcoíres, bastante difundida no Brasil e que povoa os principais lagos e rios da região.

Artes Plásticas Sempre Presentes:

Clique na imagem para vê-la ampliada.

Campos do Jordão, conhecida internacionalmente pelo Festival de Música, também marca seu nome por outros caminhos das artes. Muito antes mesmo da introdução do Turismo na cidade, renomados artistas plásticos viveram e conviveram harmoniosamente na Estância. Escultores e pintores, como Expedito Camargo Freire (foto de um obra), que hoje empresta seu nome à Pinacoteca Municipal.

A Casa do Artesão é um exemplo vivo disso. Ela situa-se em frente ao Quartel do Corpo de Bombeiros, em Vila Capivari. Alí, artistas habilidosos e geniais transformam madeira, couro, metal, raízes e telas em manifestações artísticas belíssimas que agradam a todos gostos e bolsos. Um passeio obrigatório para quem visita a Estância. Clique na imagem para vê-la ampliada.

MAIS DICAS IMPERDÍVEIS:

• Mosteiro das Irmãs Beneditinas: além de artesanato e geléias caseiras, tem um brechó de roupas européias.

• Canto Gregoriano: todas as tardes, às 17,45 na capela do Mosteiro. Av. Adhemar de Barros, 330. Abernéssia. Tel: 3662.4277.

• Museu da Sinhazinha: transporte usado na época do Brasil colônia. Fica no caminho do Horto, Km 14, dentro do Rancho Sto. Antônio.

• Divina Providência: onde se encontra horta caseira e um viveiro com plantas e flores da região (perto do Hospital São Paulo), em Vila Abernéssia. Tele-fone: 3662.2700.

•Irmãs Mercedárias: artesanato feito em papel machê, tapetes arraiolos, colchas tudo feito pelos velhinhos do asilo. Rua N. Sra. Das Mercês, 581, em Vila Albertina. Tel: 3662.1444.

>