06/07/2004 11:20
Paulo César Grande e Tato Gabus realizam leitura no RJ

Felipe Panfili


Pela segunda vez, Paulo César Grande e Tato Gabus Mendes reuniram amigos famosos para a leitura do texto “Quarta Costela”, de Luiz Carlos Cardoso, dirigido por Edwin Luisi.

Só que desta vez, o encontro cênico aconteceu na Casa da Gávea, também no Rio de Janeiro, sob o olhar atento do autor.

Cláudia Mauro (esposa de Paulo César) e Marcelo Scorell participaram da interpretação informal. Paulo César Grande interpretou um desempregado/revoltado, que por conta da humilhação no trabalho e da traição da esposa resolveu “cuspir na humanidade” para livra-se da angústia. Sendo assim, toda vez que o ator simulava a cuspida, a platéia não segurava as gargalhadas.

Já Tato Gabus também não deixou por menos, e fez de seu personagem a figura cômica da história. Num determinado momento da leitura, o ator se enfiou debaixo de uma cadeira e levou o público às gargalhadas.

A intenção, segundo Paulo César Grande é montar um dos textos de Luiz Carlos Cardoso, mas para que isso aconteça é necessário patrocínio:

“Esse foi o melhor texto e a intenção de organizar essas leituras é medir a reação das pessoas”, disse o ator, que junto com o grupo fez algumas consideráveis adaptações, desde a primeira leitura.

Flávia Monteiro, que assistiu a tudo da fila do gargarejo, aprovou o texto e a iniciativa:

“Muito bom! As leituras são bacanas porque dão oportunidade da gente conhecer textos novos. Até porque é muito difícil encontrar bons textos e a leitura possibilita conhecer mais o autor. O caminho fica mais rápido, porque dá para medir a reação do público, que mesmo pequeno, dá um retorno”, concordou a atriz, em número, gênero e grau com o colega de trabalho.

Isabela Garcia também apareceu para conferir a performance dos amigos, porém saiu à francesa, antes mesmo da sessão debate. O marido da atriz, Carlos Thiré, ficou para dar um abraço nos companheiros, junto com o irmão Miguel Thiré e a mãe Norma, no programa para lá de familiar.

Por: FM