ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

O que a Apple fará agora? Print E-mail
13 Jul 2005 às 14:44, por MacPress

Apesar do otimismo, alguns investidores ainda temem que a bolha do iPod já tenha estourado.

Citando evidências que sugerem que as vendas do iPod tenham esfriado, o Financial Times diz que os investidores aguardam o anúncio dos resultados financeiros da Apple, a serem dados hoje, confirmando que as vendas do tocador de música digital da Apple permanece em alta.

"Parece ter havido um esfriamento neste trimestre. Há mais produtos disponíveis no canal", diz Shyam Nagran, analista de eletrônicos de consumo do iSuppli, ao Financial Times. "Ou a Apple elevou demais a produção ou as vendas caíram".

"Muitos analistas estimam que a Apple terá vendido entre 5,4 e 5,5 milhões de unidades. Isso seria um imenso aumento em relação às 860 mil unidades vendidas no mesmo período do ano passado, mas apenas um pequeno ganho em relação às 5,3 milhões de unidades vendidas no segundo trimestre."

No entanto, analistas da Piper Jaffray e da SG Cowen anteciparam que o sucesso do tocador musical da Apple acarretou em aumento das vendas de hardware Macintosh, o chamado "efeito halo do iPod" — talvez até resultando na elevação da participação da Apple no mercado global de informática.

Analistas e investidores perguntam-se agora o que a Apple fará para manter esse crescimento. Alguns sugerem que a Apple deve implementar novos recursos ao iPod como acesso sem fio à Internet ou suporte a rádio via satélite.

Transformar o produto em um centro de mídia digital parece uma perspectiva menos atraente para a empresa — a menos que ela descubra um meio de revolucionar a distribuição de conteúdo de vídeo protegido por copyright em aparelhos portáteis, como fez ao lançar o iTunes Music Store.

A Parks Associates prevê que apenas 13 milhões de centros portáteis de mídia sejam produzidos em 2010 se a Apple decidir conduzir o iPod nesse sentido, sugerindo que o benefício seria mínimo — a menos que a empresa consiga inovar nesse setor.

O BusinessWeek vê o panorama da mesma forma, sugerindo que as vendas do iPod devem decair em breve e pergunta o que a Apple fará para manter o crescimento.

A reportagem do BusinessWeek nota que, se a Apple atingir suas metas, isso representará um aumento de 60% em seus rendimentos anuais — mas isso seria em decorrência de um enorme crescimento no mercado de tocadores de música que os analistas calculam que agora esteja estabilizado.

Apesar de tudo isso, espera-se que a Apple venda 35 milhões de iPods até o fim do ano. 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress