ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Real teme ser processada pela Apple Print E-mail
10 Ago 2005 às 15:24, por MacPress

A Real Networks admitiu que sua política de venda de músicas através de seu serviço online Rhapsody (existente apenas nos Estados Unidos) coloca a empresa sob risco de enfrentar uma ação judicial da Apple.

Em seu relatório Securities and Exchange sobre seu desempenho financeiro, a empresa adverte: "Se a Apple decidir começar um litígio contra nós para impedir a interoperação com seus produtos, podemos ser forçados a gastar dinheiro defendendo-nos, o que pode prejudicar nossos resultados operacionais".

A Real criou uma tecnologia de gerenciamento de direitos digitais, que chama de Harmony, para permitir que seus clientes transfiram seguramente músicas adquiridas de seu serviço para tocadores digitais, incluindo dispositivos protegidos como o iPod e Windows Media.

O relatório gerencial confirma o risco de que a Apple "continuará a modificar sua tecnologia para 'quebrar' a interoperabilidade garantida pelo Harmony a nossos clientes, coisa que a Apple tem feito em conexão com o lançamento de certos novos produtos. Se a Apple optar por continuar nesse curso de ação, o Harmony pode não mais funcionar com produtos Apple, o que pode prejudicar nosso negócio e reputação, ou seremos forçados a aplicar custos de desenvolvimento adicionais para refinar o Harmony e garantir sua interoperacionabilidade".

A Real acrescenta também que "apesar de crermos que nossa tecnologia Harmony é legal, não há garantia de que um juiz concordaria com nossa posição".

A Real revelou que espera gastar US$ 16 milhões este ano em seu litígio contra a Microsoft, a quem acusa de usar seu domínio no campo dos sistemas operacionais para promover seu software multimídia, o Windows Media. A Real já gastou US$ 11 milhões no caso no ano passado, informa o Macworld
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress