ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Imprensa prefere Apple e despreza Microsoft, reclama John Dvorak Print E-mail
19 Out 2005 às 15:30, por MacPress

Ao acusar o próprio meio em que trabalha de ter preconceito contra a Microsoft e ser tendencioso em favor da Apple, talvez o renomado colunista John Dvorak tenha tido apenas a intenção de criar polêmica e testar a força das próprias palavras. "Ele deu um tiro no próprio pé", escreveu um leitor.

"Apesar de tão grande e importante quanto é a Microsoft, a cobertura [feita pela mídia] sobre a empresa é bem medíocre", opina Dvorak em seu último artigo no site da revista PC World.

Ele acha que a razão disso é porque os repórteres de tecnologia dos principais jornais e revistas sabem pouco sobre computadores e são todos usuários de Mac. "É um fato", atesta ele.

"Isso explica porque, quando a Microsoft realmente tem uma boa idéia, as pessoas tendem a ignorá-la. Sendo que 90% dos principais redatores são usuários de Mac, o que você poderia esperar? Os maiores colunistas das revistas noticiosas e de negócios encaixam-se nesse modelo também. Os que escrevem sobre tecnologia para New York Times, Wall Street Journal, Newsweek e Fortune são todos usuários de Mac. Eu poderia relacioná-los nominalmente, mas odiaria deixar alguém de fora. Talvez eu escreva seus nomes em algum blog. Posso listar 50. Assim, os leitores não devem surpreender-se por causa da cobertura dada à Apple Computer. Cada vez que Steve Jobs espirra, os redatores de tecnologia largam seus Macs para fazer um coro coletivo de "Saúde!", esbraveja Dvorak.

Em sua opinião, o que há de ruim contra a Microsoft é o sutil preconceito contra ela, do mesmo tipo de qualquer outro preconceito observado na mídia, seja religioso ou político. A Microsoft pode lançar uma dúzia de bons produtos, mas a mídia prefere fazer estardalhaço por causa do iPod video, um produto Apple que chegou tarde, pensa ele. "Eles deliram diante da perspectiva de pagar 2 dólares para baixar um episódio de programa que pode ser visto de graça na TV, de modo que têm o privilégio de assisti-lo numa tela de 2 polegadas...", critica.

"Os editores de uma redação geralmente são tão insensíveis que não conseguem ver preconceito. Além disso, eles também usam Mac. Há redações inteiras, como a da revista Forbes, compostas inteiramente por Macintoshes. Aparentemente ninguém além de mim acha isso bizarro", escreve.

Ele diz que quase sempre confronta essas pessoas com tal assertiva e todos respondem que usam Mac porque é melhor. "Certo. E essa atitude não afeta sua cobertura, afeta?", insinua.

"Preocupada com visual e impressão causada no usuário, talvez a coisa mais esperta que a Microsoft poderia ter feito foi copiar tudo que podia do Mac OS, uma vez que, em última análise, havia usuários fazendo comparações entre o Mac e o PC -- que mantiveram o PC no desktop. O PC era mais barato e parecia ter a mesma funcionalidade", alfineta Dvorak.

O editor do site MacDailyNews não deixa barato. "Minha nossa!", exclamou ele. "OK, então, de acordo com Dvorak, há preconceito contra a Microsoft porque 90% dos principais editores usam Mac. Sim, a Apple obteve uma tremenda publicidade, mas será que John alguma vez pensou que isso é porque a Apple realmente lidera, inova e é pioneira, enquanto, ao contrário, 'a coisa mais esperta que a Microsoft poderia ter feito foi copiar tudo que podia do Mac OS'?"

Devolvendo a crítica quanto à mediocridade da cobertura da mídia sobre a Microsoft, ele diz: "Medíocre é a Microsoft. Mediocridade não inspira cobertura. Não inspira nada. Bem, nada positivo, pelo menos. O que há de interessante sobre o trabalho pobre da Microsoft em copiar a Apple? Foi mais interessante escrever sobre qualquer coisa que a Apple tivesse lançado com anos de antecedência. Por exemplo, uma cobertura sobre o recurso Gadgets do Windows Vista a ser lançado em algum dia no futuro comparado a uma cobertura dez vezes maior sobre o Dashboard Widgets já disponível no Mac OS X. Thomas Edison inventou a lâmpada. Ronnie Schmuckowitz, de Parsippany, New Jersey, alegou tê-la inventado uma semana depois. Edison obteve toda cobertura. Dane-se a mídia preconceituosa!"

O editor do MacDailyNews acha que, se Dvorak não enxerga nem ouve o constante veio de preconceito, tanto escancarado quanto velado, contra o Macintosh e a Apple também incrustrado na mesma mídia, então é "cego e surdo". O problema com o embasamento da teoria de Dvorak, diz o editor, é que a verdade segue seu próprio caminho: "No geral, há consenso de que a plataforma Mac é muito melhor que a Windows e a Apple é a inovadora, enquanto a Microsoft é a copiadora."

"Para a teoria maluca de Dvorak funcionar realmente, o Windows XP teria que ser melhor que o Mac OS X Tiger e a Apple teria que ter uma reputação de copiar tudo que a Microsoft inovou ou popularizou em décadas. Vê como isso soa loucura?"

Pelo menos no que diz respeito à redação do MacPress, Dvorak está redondamente enganado. Embora o MacPress seja especializado em Apple e Macintosh, metade de nossa redação funciona baseado em PC/Windows. Temos um conhecimento de ambas as plataformas amplo o bastante para sustentar nossa opinião de que não há comparação com o Macintosh. Eis porque decidimos cobri-lo. 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress