ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Quebra da tecnologia FairPlay por hacker pode ajudar Apple, diz colunista Print E-mail
25 Out 2006 às 18:32, por MacPress

UM hacker -- o mesmo que, na adolescência, conseguiu quebrar o sistema de codificação de DVDs -- descobriu e divulgou nesta semana como derrubar o código que impede usuários de iPod de executar música adquirida em outras lojas que não a iTunes, da Apple Computer. Antes de ser prejuízo para a empresa, contudo, o incidente pode acabar sendo-lhe benéfico, na opinião de um colunista.

"Esse é um território obviamente controverso", escreve Jon Ogg no Blogging Stocks. "De forma alguma [minha afirmação] pretende endossar as violações de copyright cometidas pelos hackers. Mas sistemas totalmente fechados e incompatibilidade são coisas que o público não quer que durem para sempre. A Apple já se estabeleceu como A líder e isso provavelmente não vai mudar a curto prazo. PONTO."

Para ilustrar esse ponto, Ogg lembra que por algum tempo no ano passado a Audible estava praticamente dando de graça tocadores de áudio/vídeo para quem assinasse com ela um contrato de longo prazo. Ainda assim, segundo ele, a dupla iPod/iTunes continuou dominando o mercado e não é tarefa fácil encontrar quem seja cliente da Audible.

"Vá perguntar à Napster quão bem sucedida foi sua campanha 'Possua Nada' de aluguel de músicas. Agora a empresa está tentando achar quem a compre", observa Ogg.

Ele também acha que o Zune, da Microsoft, é uma "entidade" ainda desconhecida e nota que a Sandisk acaba de sentir a ira do mercado de ações em suas margens de lucro.

"A Apple não vai gostar disso, mas [a quebra da tecnologia FairPlay] não representa a morte do domínio que iPod/iTunes têm do download de músicas de nenhuma forma. Se o hack (ou devemos chamá-lo de 'contorno') entrar no âmbito legal, o engraçado é que pode acabar trabalhando a favor da Apple por causa da fanática lealdade à marca dentre os usuários. O tempo vai dizer", opina Ogg. 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress