ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Cisco processa Apple por causa da marca "iPhone" Print E-mail
11 Jan 2007 às 14:56, por MacPress

A Cisco Systems anunciou ontem (10/1) que entrou com processo em corte distrital da Califórnia, EUA, contra a Apple na esperança de impedi-la de continuar infringindo e deliberadamente copiando sua marca "iPhone".

A Cisco obteve a marca iPhone em 2000 após completar a aquisição da Infogear Technology, antes dona da marca e que vendia produtos com a marca iPhone por vários anos.

O pedido inicial de registro da marca iPhone pela Infogear data de 20 de março de 1996.

A Linksys, divisão da Cisco Systems, comercializa uma nova família de produtos iPhone desde o início de 2006. No último dia 18 de dezembro a empresa lançou expansão da família iPhone integrando a ela produtos adicionais.

"A Cisco entrou em negociação com a Apple em boa fé após a Apple repetidamente ter pedido permissão para usar o nome iPhone da Cisco", disse Mark Chandler, vice-presidente e conselheiro geral da Cisco, em nota à imprensa. "Não há dúvida de que o novo telefone da Apple é bem empolgante, mas eles não deveriam estar usando nossa marca registrada sem nossa permissão."

Chandles prossegue dizendo: "O iPhone de hoje não é o iPhone de amanhã. O potencial de convergência do telefone doméstico, do telefone celular, do telefone comercial e do PC é ilimitado, justificando a importância que damos à proteção de nossa marca."

Um dia antes, a Cisco havia pronunciado-se oficialmente a respeito do anúncio da Apple dizendo: "Dado que a Apple nos pediu numerosas vezes permissão para usar a marca registrada iPhone da Cisto nos últimos anos e que temos conversado muito com eles recentemente, cremos que o anúncio feito hoje indica que a Apple tende a aceitar o documento final dado a eles na noite passada e que corrigia alguns ítens remanescentes. Esperamos receber deles hoje um acordo assinado".

Observadores comentam que a Apple poderá afinal não usar o termo "iPhone" quando o produto chegar às prateleiras, em junho, e que tenham adotado o termo em busca de publicidade grátis como parte da negociação com a Cisco. 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress