ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Apple cobra taxa para desbloquear 802.11n em Macs Intel Core 2 Duo Print E-mail
17 Jan 2007 às 09:52, por MacPress

POUCA gente sabe, mas o protocolo 802.11n presente na recém-lançada nova versão do hub para rede sem fio AirPort Extreme, da Apple Inc., que permite ao dispositivo ser até 5 vezes mais rápido que seus antecessores com protocolo 802.11b ou 802.11g, já estava implementado nos Macs desde o lançamento dos primeiros modelos com processador Core 2 Duo da Intel. Para utilizá-la, no entanto, o usuário precisará pagar taxa à Apple.

Katie Marsal e Kasper Jade relatam no AppleInsider que o usuário deverá desembolsar a pequena quantia de US$ 4,99 a fim de que o desbloqueio seja liberado pela Apple, a menos que prefiram pagar US$ 179 pela nova estação-base sem fio AirPort Extreme 802.11n, que vem com o software de desbloqueio e em cujo preço já está embutida a taxa.

"Nos últimos meses a Apple vem distribuíndo a maioria de seus sistemas Core 2 Duo com a especificação 802.11n desligada", dizem Marsal e Jade.

Em seu site a Apple diz: "Muitos computadores Mac novos já tem suporte à redes sem fio 802.11n, que pode ser facilmente ligado com a instalação do software incluso na nova estação-base sem fio AirPort Extreme".

Todavia, dizem Marsal e Jade, o que a empresa não conta é que os proprietários de Macs Core 2 Duo que quiserem desbloquear as capacidades 802.11n para uso em soluções sem fio de terceiros terão que pagar uma pequena taxa de US$ 4,99 antes de baixar o software habilitador.

Segundo Jeremy Horwitz, do iLounge, o motivo da cobrança da taxa é que "os Macs Core 2 Duo não foram promovidos como prontos para 802.11n e uma leizinha chamada Sarbanes-Oxley Act supostamente proíbe a Apple de distribuir recurso não promovido em um de seus produtos. Por conseguinte, diz o representante da Apple, a empresa não está mais distribuíndo novos recursos via Atualização de Software, apenas correção de erros por causa da Sarbanes-Oxley. É uma questão contábil. Por causa da lei, a empresa crê que, se vender um produto e então acrescentar a ele um novo recurso, pode ser responsabilizada por contabilidade imprópria se reconhecer que lucrou com o produto no momento da venda, dado que não o tinha terminado naquele momento." 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress