ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Apple adotará processadores Intel Print E-mail
06 Jun 2005 às 15:16, por Deny Dias

Após uma enxurrada de rumores, Steve Jobs, CEO da Apple, confirmou: a plataforma Macintosh vai usar processadores Intel.

Jobs confirmou a notícia na apresentação de abertura da Worldwide Developer's Conference 2005. Segundo ele, houve duas grandes transições na plataforma Mac. A primeira foi a dos chips Motorola 68K para o PowerPC e a segunda foi a do Mac OS 9 para o Mac OS X. Agora é hora da terceira transição: "Macs com processadores Intel", anunciou oficialmente Jobs.

Steve Jobs justificou a mudança acusando a IBM. Segundo ele, não foi possível produzir PowerBooks com processadores G5 e novos produtos não podem ser desenvolvidos com base na plataforma PowerPC da IBM.

A transição levará dois anos a partir de agora. Os desenvolvedores terão kits disponíveis para criar e recompilar as aplicações na nova paltaforma e os usuários terão o primeiro Mac com processador Intel já em meados do próximo ano.

O sistema operacional dos novos Macs com processadores Intel será o Mac OS X. A nova versão do sistema operacional, codinome Leopard, deverá estar pronta no final de 2006, mais ou menos quando o Longhorn da rival Microsoft chegar ao mercado.

Jobs disse ainda que a Apple já vinha trabalhando com Mac OS X em processadores Intel desde as primeiras versões do sistema, há mais de cinco anos. "O Mac OS X sempre teve uma personalidade secreta", comentou.

Para o alívio dos desenvolvedores, a Apple oferecerá a partir de hoje uma nova versão do XCode, a ferramenta de desenvolvimento integrado para o Mac OS X, que será capaz de gerar código binário universal, ou seja, que rodará tanto em Macs PowerPC quanto em Macs Intel.

Na mesma apresentação, Jobs demonstrou o Rosetta. Trata-se de um tradutor de código dinâmico que poderá rodar aplciações feitas exclusivamente para Macs PowerPC nos novos Macs Intel. Projetado para ser transparente para o usuário, Jobs mostrou o engenho em funcionamento quando executou o Word e o Excel atuais, ambos da Microsoft, e o Photoshop CS2 rodando em um Mac com processador Intel. Aparentemente, não houve queda de performance considerável nas aplicações demostradas.

A Apple disponibilizou também uma plataforma de desenvolvimento que inclui um Mac com processador Pentium 4 3,6 GHz e o Mac OS X Tiger 10.4.1 para Intel. O kit está disponível para venda imediatamente e começará a ser entregue em duas semanas.

Jobs chamou ao palco de sua apresentação Paul Otellini, CEO da Intel. "A companhia de computadores mais inovadora juntou forças com a companhia de chips mais inovadora", comemorou Otelinni.

Após a frase de efeito, Otellini e Jobs encerraram a apresentação com o comercial da Apple entitulado "Toasting Pentium" (torrando o Pentium), veiculado em 1996 para demonstrar a superioridade dos processadores PowerPC sobre os chips da Intel da época.

Bons tempos aqueles. 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress