ctrl+h [alt+h]ctrl+a [alt+a]ctrl+f [alt+f]ctrl+m [alt+m]ctrl+x [alt+x]ctrl+t [alt+t]
Site Web
Mac-e-Dúvida
Na "hora do show", qual produto se destacou?
iPod
iTunes
iTV
Filmes na iTMS
iPeroba
MP.Parcerias
Seja Atípico
Seja Atípico
MP.Giro
Atualizado em:
19/12/2007 10:35:17

Informação na Velocidade da Maçã Quinta, 27 de novembro de 2008

Jobs: o melhor vendedor que pode haver Print E-mail
22 Set 2005 às 15:20, por MacPress

Em um mundo paralelo, o CEO da Apple, Steve Jobs, poderia ter sido um grande jogador de pôquer. Ele tem requisitos para isso: paciência, auto-confiança, bravatas e -- mais importante -- habilidade para conduzir uma trilha de sorte.

"Alguns pensaram que tivemos muita sorte com o iPod, e tivemos", diz Jobs. Mas, acrescenta ele, os reais vencedores não se limitam a aproveitar as oportunidades, mas também as exploram. É preciso permanecer no topo, especialmente quando todo mundo quer pegar você, como diz Bobbie Johnson no The Guardian.

Johnson acha que até o momento a concorrência da Apple não está fazendo um bom trabalho. "Graças às fenomenais vendas do iPod nos últimos anos, a empresa está no topo e seu domínio no download de músicas é quase total. Mais de seis milhões de iPods foram produzidos nos últimos três meses, apoiados por uma penetrante campanha de marketing e levando cada vez mais informação ao consumidor. Nenhuma surpresa, portanto, que Jobs esteja de tão bom humor."

Jobs está confiante no futuro da Apple, diz Johnson. Ele crê que o ponto central do sucesso de sua empresa é a visão da Apple -- sua visão -- de tornar a tecnologia uma coisa simples. "Há um DNA muito forte na Apple, que tem a ver com pegar tecnologia em estado de arte torná-la simples para as pessoas", diz ele. Johnson diz que o alvo de Jobs é o usuário ocupado e moderno, "pessoas que não querem ler manuais, pessoas que vivem suas vidas ocupadas", segundo Jobs.

"Há certamente um grande número de pessoas que compram por causa desse conceito", pondera Johnson. "Mas enquanto muitos são convencidos pela propaganda adesiva e pelo modismo da marca, aqueles que se apegam são freqüentemente motivados pelo homem [Jobs] em si. No palco, e com uma audiência com a qual brincar, Jobs é o melhor vendedor que pode haver. Suas apresentações são famosas por gerar um 'campo de distorção da realidade', um senso de devoção à causa que muitos chefes da tecnologia rivais matariam para obter. Alguns fãs irão à loucura por cada novo produto que Jobs produzir e seu entusiasmo e carisma transbordam pelos limites do palco." 
Notícias Relacionadas
ClassifiMac
©2003-2009 MacPress - Todos os direitos reservados.
Logotipos e marcas exibidos neste site são propriedade de seus detentores legais.
As opiniões expressas em artigos, colunas e comentários são responsabilidade dos respectivos autores e podem não refletir a opinião do MacPress.
Compatível com HTML 4.01/W3C
O MacPress gera RSS compatível
Gerenciado com Mambo Open Source
Retorna à Home do MacPress