ALIMENTAÇÃO & EXERCÍCIOS
MUDANÇAS HORMONAIS
FASES DA TRANSIÇÃO
ÚLTIMA MENSTRUAÇÃO
MENOPAUSA PRECOCE
SECURA VAGINAL
INCONTINÊNCIA URINÁRIA
FALTA DE TESÃO
INSÔNIA
CALORES & SUORES
TRISTEZA & DEPRESSÃO
GANHO DE PESO
PELE & OSSO
TRH
REPOSIÇÃO ALTERNATIVA
TERAPIAS NÃO HORMONAIS
ALIMENTAÇÃO & EXERCÍCIOS
EXAMES & PREVENÇÃO
NOVIDADES DA PESQUISA
ARTIGOS & LIVROS
GLOSSÁRIO HORMONAL
GLOSSÁRIO FITOHORMONAL
DESTAQUES DA SEMANA
MAIS INTERAÇÃO
MODA & MENOPAUSA
ESPAÇO PARA ESPECIALISTAS
CANAL DA SOBRAC
PERGUNTAS & RESPOSTAS
EQUIPE DO SITE
Aviso: O MenosPausa é um espaço jornalístico independente. Seu conteúdo NÃO substitui a consulta ao médico.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
AS VITAMINAS

Uma mulher saudável, de mais de 50 anos, deveria tomar suplemento vitamínico para melhorar suas condições de vida após a menopausa? Dois pesquisadores americanos respodem afirmativamente à questão em um artigo da revista britânica New England Journal of Medicine. Depois de analisar uma série de estudos já feitos sobre a ingestão de doses extras de ácido fólico e de vitaminas B6, B12 e D, particularmente, além de vitamina E, Walter C. Willet e Meir J. Stampfer sustentam que o uso de complexo vitamínico faz sentido para a maioria dos adultos, na meia-idade, por trazer mais benefícios do que prejuízo, além de ser uma terapia de baixo custo. "O uso de suplemento vitamínico é especialmente importante para mulheres que consomem mais de duas doses de bebida alcoólica diariamente; para vegetarianas, que tem déficit de vitamina B12, presente na proteína animal; e para idosas, que tendem a ter déficit de vitamina D no organismo e absorvem mal a vitamina B12.

As vitaminas são substâncias que desempenham papel fundamental na estimulação das enzimas responsáveis por vários dos processos metabólicos do corpo humano. Elas não são sintetizadas pelo organismo, no geral, mas obtidas por meio da dieta bem como sob a forma de suplementos. Quanto mais balanceada a alimentação mais rica em vitaminas ela será.

HIDROSSOLÚVEIS E LIPOSSOLÚVEIS

As vitaminas são classificadas em dois grupos. As do tipo A, D, E, K , presentes nas gorduras vegetais e de origem animal, são lipossolúveis porque ficam armazenada nos tecidos gordurosos do corpo, depois de absorvidas no intestino. Como o organismo estoca esse tipo de vitaminas, elas podem ser tóxicas quando captadas em excesso. As hidrossolúveis do complexo B e a vitamina C, ao contrário, são eliminadas pela urina em excesso, o que torna a suplementação necessária em determinadas situações e de acordo com o tipo de dieta que a pessoa mantenha.

A quantidade de vitaminas necessárias ao bom funcionamento do corpo humano foi bem estabelecida nos estudos médicos e, desde 1941, é regulamentada. A indicação sobre a ingestão diária de vitaminas ou as chamadas R.D.A.s, sigla para dose diária recomendada, seguem o padrão fixado pelo Conselho Nacional de Pesquisa, da Academia de Ciência dos Estados Unidos. A quantidade prevista pelas R.D.As. atendem as necessidades de pessoas sadias e foram baseadas em estudos científicos e na observação clínica.

O suplemento multivitaminico com a dosagem recomendada segundo cada um dos componentes:

VITAMINAS
QUANTIDADE POR COMPRIMIDO
VITAMINA A
5000 IU
VITAMINA C
60 mg
VITAMINA D
400 IU
VITAMINA E
30 IU
TIAMINA (B1)
1,5 mg
RIBOFLAVINA (B2)
1,7 mg
NIACIN (B3)
20 mg
VITAMINA B6
2 mg
ÁCIDO FÓLICO
400 mcg
VITAMINA B12
6 mcg

VITAMINA A
PARA QUE SERVE
mantém a visão normal, combate a vista cansada e a cegueira noturna. Contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico, ao oferecer resistência às infecções respiratórias e ajuda no tratamento de problemas visuais.
PRECAUÇÕES
Doses maiores que 10.000UI ao dia estão associados a defeitos congênitos. Não é recomendada para mulheres grávidas
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
4.000UI/dia
FONTE NATURAL
fígado, óleo de fígado de bacalhau, ovos, leite e seus derivados, frutas amarelas, vegetais amarelo-alaranjados e verde-escuros.
VITAMINA B1 [TIAMINA]
PARA QUE SERVE
conhecida como a vitamina do humor porque melhora a disposição mental, contribui para a digestão dos carboidratos e o funcionamento do sistema nervoso, músculos e coração. Ajuda no tratamento do herpes zoster e na nevralgia do trigêmeo (nervo da face). É indicada para todas as condições de stress, principalmente em casos de depressão.
PRECAUÇÕES
a administração por via endovenosa pode desencadear reação alérgica anafilática.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
1 a 1,5 mg/dia
FONTE NATURAL
levedo de cerveja, semente de girassol, aspargos, proteína de soja, farinha integral, bife de rim, salmão
VITAMINA B2 [RIBOFLAVINA]
PARA QUE SERVE
participa do crescimento e da reprodução e contribui para a cicatrização de feridas na boca, lábios e língua.É indicada em casos de depressão e na acne rosácea.
PRECAUÇÕES
não tem registro de efeitos tóxicos.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
1.2 a 1.6 mg/dia.
FONTE NATURAL
fígado, rins, coração, iogurte, brocoli, amendoa, levedura de cerveja, queijo,arroz selvagem, soja......
VITAMINA B3 [NIACINAMIDA]
PARA QUE SERVE
indicada na esclerose múltipla, na nevralgia do trigêmio, ansiedade e hipercolesteronemia.
PRECAUÇÕES
pode causar vermelhidão e calor em doses maiores que 1 g./dia, além de náusea e distúrbios intestinais. Pessoas com predisposição a ter gota devem ter cuidado com ela, pois a quantidade ácido úrico em circulação pode aumentar.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
13-18mg/dia.
FONTE NATURAL
Fonte natural: bife de fígado, tuna, carne branca de frango, rim, peixe-espada, salmão, amendoim, semente de girassol....
VITAMINA B5 [PANTOTENA DE CÁLCIO]
PARA QUE SERVE
indicada para problemas como osteoartrites, artrite reumatóide, anemia, estresse, eczema e ateroesclerose.
PRECAUÇÕES
altas doses podem causar diarréia. Não há relatos de toxidade.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
2.0 mcg/dia
FONTE NATURAL
bife de fígado, presunto, salmão, caranguejo, lagosta, atum, queijo e ovos.
VITAMINA B2 [RIBOFLAVINA]
PARA QUE SERVE
participa do crescimento e da reprodução e contribui para a cicatrização de feridas na boca, lábios e língua.É indicada em casos de depressão e na acne rosácea.
PRECAUÇÕES
não tem registro de efeitos tóxicos.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
1.2 a 1.6 mg/dia.
FONTE NATURAL
fígado, rins, coração, iogurte, brocoli, amendoa, levedura de cerveja, queijo,arroz selvagem, soja......
VITAMINA B6 [PIRIDOXINA]
PARA QUE SERVE
indicada para mulheres com TPM. A piridoxina alivia o edema associado à segunda metade do ciclo menstrual, bem como os sintomas de irritabilidade, dores de cabeça, depressão, inchaço das mamas, gases abdominais e constipação. Contribui ainda para o tratamento de problemas neurológicos, como a síndrome do túnel de carpo e da depressão.
PRECAUÇÕES
doses entre 2 e 10 g/dia podem causar distúrbios neurológicos
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
2 a 2.2 mg/dia
FONTE NATURAL
cereal integral, levedo de cerveja, farelo e germe de trigo, melão, banana, abacate, suco de tomate, salmão, carne branca de galinha, peru, bife de fígado, truta..
VITAMINA B12 [COBALAMINA]
PARA QUE SERVE
indicada para pessoas que problemas de fadiga, diabetes, psoríasis, dermatite seborréica, asma e anemia.
PRECAUÇÕES
não há relatos de toxidade.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
2.0 mcg/dia
FONTE NATURAL
bife de fígado, presunto, salmão, caranguejo, lagosta, tuna, queijo, ovo...
VITAMINA D [CALCIFEROL]
PARA QUE SERVE
É indicada em osteoporose, fraturas, psoríasis..
PRECAUÇÕES
Em crianças, doses superiores a 1.800UI/dia podem causar toxicidade. A ingestão de 20.000UI/dia em adultos também pode ter efeitos tóxicos.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
200 UI.
FONTE NATURAL
peixes de água fria, sardinhas, salmão, camarão, óleo de fígado de bacalhau e gema de ovo.
ÁCIDO FÓLICO
PARA QUE SERVE
na gestação, evita defeitos do tubo neural. Contribui para prevenir a displasia do colo do útero, a fissura do pálato, a síndrome das pernas irriquietas, a depressão além de inflamações e distúrbios do trato gastro inetstinal.
PRECAUÇÕES
Em altas doses pode causar convulsões em epilépticos ou interferir com drogas anticonvulsivantes.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
180 mcg/dia.
FONTE NATURAL
fígado de galinha, bife de fígado, levedura de cerveja, gema de ovo, brócolis e suco de laranja.
VITAMINA C
PARA QUE SERVE
melhora a cicatrização de feridas e atua sobre os estados alérgicos. Segundo alguns estudos, contribui para prevenir o risco aumentado de displasia e de câncer do colo do útero assim como de câncer de mama.
PRECAUÇÕES
em altas doses (mais de 6 g) pode causar diarréia e desencadear crises de gota.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
60 mg/dia.
FONTE NATURAL
acerola, suco de laranja, goiaba, pimenta vermelha e verde, suco de grapefruit, melão, papaia, kiwi, couve de bruxela.
VITAMINA E [ALFA-TOCOFEROL]
PARA QUE SERVE
evita cãibras noturnas, a síndrome das pernas inquietas e a distrofia muscular. Melhora a saúde da mulher na pós-menopausa ao contribuir para diminuir o risco de doenças do coração. Em pessoas idosas ajuda a manter as funções cognitivas.
PRECAUÇÕES
a vitamina E potencializa o efeito de medicamentos anticoagulantes como os cumarínicos e a aspirina.
R.D.A. PARA MULHER ADULTA
8 a 10 UI/ dia (8 a 10 mg/dia).
FONTE NATURAL
óleo de germe de trigo, semente de girassol, amêndoas, noz pecan, batata doce e óleo de amêndoa, de linhaça, germe de trigo, amendoim....
CONSULTORIA MÉDICA DRA. DINA KAUFMAN

Referências:
Effect of mineral and vitamins supplementation in the cognition of the elderly. Nutrition 2001;17:709-712.
Effect of vitamin C and E in the cognition function. Neurology march 2000, 54 1256-1272
Influence of Vitamin A on cervical dysplasia and carcinoma in situ. Nutr. Cancer 1984 ;6(1):49
Vitamin A in the treatment of menorrhagia. S. Afr. Med. J. 51:191-3,1977.
Psichologycal effects in the Vitamin B1 restriction and adult deprivation in young adult males. Am. J. C. 1957.5(2):109-20.
High dose riboflavin as a prophilatic treatment of migraine: results of an open pilot study. Cephlalgia 14;328-329.
Vitamin C and niacin for dysmenorrea therapy. West J Surg. and Gyn. 62:610-11,1954.
Effect of vit b6 on premenstrual symptomatology in women with premenstrual tension syndrome : double blind crossover study. Infertility 3:155-165,1980.
Pyridoxine in the treatment of pré menstrual syndrome: a retrospective survey in 630 patients. Br. J. Clin. Pract. 42:448-45,1988.
Oral administration of b6 in the treatment of nausea and vomiting of pregnancy. Am J.Obs.Gyn.47:389-94,1944.
Improvement in cervical dyplasia associated with folic acid therapy in users of oral contraceptives. Am. J. Clin. Nut. 35:73,1982.
Megaloblastic changes in cervical epithelium associated with oral contraceptive therapy and reversal with folate. Jama 226;1421,1973.
Dietary factors and risk of breast cancer: combined analysis of 12 case-control studies. J. Natl Cancer Inst.82;551-569,1990
Dietary vit. C and uterine cervical dysplasia.Am. J.. Epid. ;114:714-724,1981.
Vascular effects of estrogen and vitamin E therapies in postmenopausal women.. Circulation 1999 Nov 2;100(18):1851-7
Vitamin E May Help Treat Menstrual Pain British Journal of Obstetrics and Gynecology 2001;108:1181-1183


<< voltar