BÍBLIA DO CAOS
 BIOGRAFIA
 CHAPEUZINHO
 CHARGES
 CLÁSSICOS
 COLABORAÇÕES
 CONPOZISSÕIS IMFÃTIS
 DAILY MÍLLOR
 DESCOBERTAS
 DEVORA-ME
 DICIONÁRIO
 ECONOMIA
 FÁBULAS FABULOSAS
 FRASES
 GALERIA
 HAI-KAIS
 HISTÓRIA DO PARAÍSO
 HUMOR NEGRO
 INTERNET NOTA 10
 LIVRO BRANCO
 LOGOS DO MILLÔR
 MILLÔR NA IMPRENSA
 MILLÔR NO PASQUIM
 MURAIS
 NOHTAS
 PERGUNTAS CRETINAS
 PESQUISA
 PIF-PAF
 POEMAS
 POSTAL
 RETRATOS 3X4
 SEXO
 TEATRO
 TEXTOS
 THE COW
 UOLPAPER
 VÍDEO
 MAPA DO SAITE

 

VI

XX.
Preconceito muito pra frente

Toda hora eu vejo, em jornais, revistas , televisão, e na rua, pessoas cada vez mais “livres" de preconceitos e... E no entanto todas estão convencidas de que a Terra gira em torno do Sol. Por quê? Pergunte a elas e elas responderão: "Vê, Galileu "provou" isso, há muito tempo". Mas provou pra quem? Pode ser que tenha provado pros cientistas. O homem comum, e mesmo nós, os pejorativamente chamados intelectuais, aceitamos e pronto. Sem pensar. Preconceituosamente. Como antes de Galileu acreditávamos que o Sol girava em torno da terra. Mas, entre Galileu - de cujas "provas" nunca tomamos conhe¬cimento nem sabemos dizer quais são - e a realidade, que literalmente salta (gira) a nossos olhos, temos que acreditar em nossos olhos. Nossos olhos veem, com absoluta certeza, que o Sol nasce ali (a leste) e morre do outro lado (a oeste), girando em tomo de uma terra absolutamente parada (terremotos à parte), sobre a qual caminhamos sem sentir o menor movimento. Pra mim o sol gira em tomo da terra e tamos conversados.

XIX.
Pra não dizerem que não tenho estudos musicais.
Minha musicalidade começou aos 10 anos, ouvindo magnífico grupo coral que todo anoitecer apresentava seu espetáculo num brejo perto de minha casa, no Meyer. Entre o cair do sol e as 7 da noite centenas de sapos e rãs coaxavam ali, em absoluta afinação. Com a pontuação ocasional de um percussionista regente – o sapo-martelo. Até hoje sei distinguir o coaxo mais grave do sapo do coaxo mais agudo das rãs.

XVIII.
Filosofia Jurídica
Estamos perfeitamente cientes de que a força gera seu direito próprio. Tem mais: estamos perfeitamente conscientes de que o direito não gera sua própria força. Como dizia Stálin (um realista): “Esse Papa protesta, protesta, protesta. Afinal, quantas divisões tem esse Papa?”

XVII.
Pois é, eu já estava emocionado com a situação terrível dos miseráveis de algumas cidades do Nordeste, quando mudei de canal e fui abalado por uma menina ter caído num poço no interior da Cracóvia. Cheguei a uma conclusão, é terrível a situação do mundo no Horário Nobre da televisão.

XVI.
Nesse negócio de língua tem-se (!) que tomar muito cuidado. Eu, por exemplo, antes de fazer qualquer afirmativa linguística, consulto sempre meu guru lexicográfico, o deputado Aldo Rebelo.

XV.
Estudando à noite no Liceu de Artes e Ofícios, centro do Rio. Um dia um professor deteve a massa de alunos que descia as escadarias e, no meio de todos, advertiu-me para que nunca mais zombasse de um colega; “Ele pode te perdoar que você lhe bata a carteira, mas jamais perdoará essa humilhação” Aprendi a lição.

XIV.
Eu sou totalmente a favor da mãe solteira – porque também sou frontalmente contra o pai casado.

XIII.
Enólogo é quem entende de vinho, me ensinam. E por que os que falam de vinho na minha frente estão sempre tomando uísque?

XII.
E, neste mundo de mecânica quântica, 10 dimensões, supergravidade, P-branas e buracos negros, Lula proclama, entusiasmado: "O Brasil vai a todo vapor".

XI.
Olha, olha o nosso Congresso. Olha que coisa mais feia, é gripe suína, que veio pra ficar. Luz cara mas que não aquece, iluminando flores que não cheiram e congressistas que não fedem nem cheiram, ou cheiram demais.

X.
Bilhete comum em computês, ou internetês, pro extraordinário linguista Aldo Rebelo meditar na cama: "Amo VC, por sua blz, mas kd você? Vamos nos ver neste fds, pessoalmente e tb pela net, tah? Sente fmz? Que é que vc flw? Tdo em cima? Quando vamos att nossos bjs? Add alguns abs? Ou você está com alg novo? Xau. O Môr."

IX.
Claro, não se pode evitar o nascimento nem a morte. Mas não dá pra melhorar um pouco o intervalo?

VIII.
Está bem lingüistas, se dois é ambos, por que três não é trambos?

VII.
Estatuto da terra
I - Em nenhum caso poderão ser desapropriadas terras com menos de 200 milhões de quilômetros quadrados, a fim de evitar o minifúndio, que seria fatalmente ocupado por diminutos japoneses que o Japão vem produzindo especialmente com esse fito.

II - Serão totalmente desapropriadas as conversas terra-a-terra.

III - Certas regiões especialmente ricas em minérios continuarão em poder de seus atuais donos multinacionais. Mas o povo brasileiro poderá considerá-Ias Terras Prometidas.

IV - As terras indígenas ficarão em poder dos próprios índios, que pagarão impostos progressivos proporcionais ao valor folclórico da tribo.

V - Não pagarão qualquer imposto territorial A) A Terra de Siena; B) A terra que se junta nas obras urbanas, nas demolições ou nas enxurradas; C) Decisões governamentais aterradoras.

VI - Os proprietários de terras aguadas e pantanosas estarão naturalmente isentos de impostos sobre a terra pagando os apenas sobre a lama, e cobras e lagartos que disserem sobre o governo.

VIl - Em nenhum caso o gravame impostal sobre a terra poderá exceder 4670 vezes o valor da terra. A avaliação será feita por pessoas de reconhecido gabarito moral (doze andares) e alto (treze andares) conhecimento, como, por exemplo, médicos encarregados das compras do INSS, inspetores do Detran, e cassados por corrupção com seus direitos plenamente restaurados.

VIII - Os trabalhadores que ocultarem alguns quilômetros quadrados de terra, com o fim de iludir o fisco e os fiscais, serão considerados inidôneos para usufruir da reforma agrária. O mesmo acontecerá aos que não souberem explicar o que é agrária.

IX - Todas as terras devolutas serão distribuídas nos grandes centros urbanos que é onde falta mais terra.

X - Até a promulgação desta lei, não se dão nem se aceitam aterros.

VI.
O Lula teve um treco e os médicos operaram ele no nariz - rinoplastia - quando todo o país sabia que ele precisava mesmo era de uma traqueotomia. Deu no que deu. No que está dando. No que vai dar.

V.
O Presidente que nos perdoe, mas li tudo sobre tudo, ponderei analista, refleti comentaristas, aceitei prós, contra e muito-pelo-contrários e não conclui nada. Mas, como os números do Presidente não batem na minha cabeça (sou bom de números, aviso aos incautos), só acredito no que Ele diz a respeito da Crise, se souber me responder à grande, simples e definitiva pergunta metafísica, que continua martelando em minha cabeça: "Que tamanho tem um pedaço de barbante?"

IV.
Não, você não precisa de biblioteca. Cristo não tinha. E o livro só te dá uma profundidade maior, caminho certo pra infelicidade. Não, você não necessita de esperança. Quem espera desespera e corteja a frustração das coisas que jamais se realizam. Todo projeto é um fracasso. A coisa mais bem sucedida atinge 70% do esperado. Não, você não precisa de amor. Amor acaba no azedume, na infidelidade, na violência do conflito entre egos em choque. Pra ser feliz, na verdade, você só precisa mesmo é de uma boa redução na taxa de juros.

III.
O sujeito que me fará acreditar na imortalidade da alma ainda está pra ressuscitar.

II.
São Jorge, segundo me dizem, há algum tempo foi destituído de sua santidade. Destituído quando a Igreja descobriu a história verdadeira: ele matou a donzela e foi viver com o dragão.

I.
Taí, vigente a tal de lei que faltando imaginação chama de Lei Seca. O que, também copiando os Estados Unidos, os burocratas do legislativo-jucidiário a chamam de Tolerância Zero. Mais propriamente Intolerância 100. A Lei é estúpida como são todas, desde que se inventaram as leis. E, em nome de punir alguns malfeitores não punem e acabam com a liberdade de todos. Mas não quero discutir isso (as estatísticas provam logo no dia seguinte que os acidentes diminuíram 73%, os atropelamentos 66% e os adultérios 98%). E as pessoas continuam se afogando em rios que têm em média 50 cms de profundidade.

E a inflação atingiu o pobre do guarda, já já vai passsar a cobrar 200 pratas pra não ver nada ou não ver coisa alguma. Ou a nova lei vai proibir também a natureza humana? É humana, pois não?Quero apenas comentar, aqui e agora, a idéia, propagada pelos pessimistas de plantão que essa é mais uma lei que não vai pegar. E eu, otimista de tocaia, pergunto: "E alguma vez, em algum lugar, alguma lei pegou?". Tá bem, pode ser que eu esteja exagerando, mas fiquemos só no chamado Decálogo, ditado pelo Todo Poderoso Jeová, a seu profeta Moisés.

sobe
Copyright © Millôr Online 2000/2010. Todos os direitos reservados.