Publicidade

 




EXCLUSIVO: A DUBLAGEM DO NOVO FILME DE HARRY POTTER
25/11/2005
Escrito por: Danilo Saraiva e David Denis Lobão
Editado por: David Denis Lobão
O Adeus à inocência – Harry Potter e o Cálice de Fogo chega hoje aos cinemas

Nessa sexta-feira estréia Harry Potter e o Cálice de Fogo (Harry Potter and the Globet of Fire) e com esse filme acaba a inocência de tudo o que já foi passado aos espectadores anos antes: sim, chegou à hora de Harry e seus amigos amadurecerem e enfrentarem um mundo até então desconhecido, árduo e muitas vezes injusto. A adolescência do bruxo mais famoso do mundo finalmente acontece e com ela todas as suas angústias: infelizmente, namoros e descobertas não são as únicas ameaças que ameaçam Hogwarts nesse ano.

Dirigido por Mike Newell, o filme traz a exata atmosfera que o quarto livro de J.K. Rowling (o qual é inspirado) já queria mostrar a seus leitores: um “sombrio alegre”, uma maturidade ainda inicial e um ápice para as grandes histórias. Há um clímax imposto que ninguém pode negar e ele só faz aumentar a ansiedade dos fãs em meio a duas horas e meia de uma grande produção.

Tudo começa quando Harry Potter vai ao lado de Rony e Hermione para a esperada Copa Mundial de Quadribol que reúne jogadores do esporte mágico saídos de todo o mundo. O que era para ser diversão, porém, acaba em tragédia quando os Comensais da Morte, seguidores diretos de Lorde Voldemort, atacam o local e transformam o campeonato em um verdadeiro pesadelo.

De volta à Hogwarts, os estudantes descobrem que esse ano a escola sediará o Campeonato Tribruxo, que trará dois colégios de magia estrangeiros – Beauxbatons, da França e Durmstrang, da Bulgária – para participarem de uma série de competições que nomeará um vencedor. Somente alunos com mais de 17 anos podem competir, mas Harry Potter inesperadamente acaba sendo um dos escolhidos pelo mágico Cálice de Fogo, mesmo sendo dois anos mais novo. Enquanto desafia os obstáculos impostos pelo campeonato, Harry ainda descobre seus primeiros sinais de puberdade ao se interessar por garotas e percebe que não só ele, mas seus amigos notam essas diferenças. As paixões adolescentes invadem a escola de Magia.

Mas, como sempre há uma encrenca nova entre esses pequenos bruxos britânicos, o Lorde Voldemort, vilão absoluto da série retorna em carne e osso para extrair três gotas de sangue do pobre Harry Potter, que há anos conseguiu se salvar de um ataque do feiticeiro satânico, embora a vida de seus pais fosse dada em troca. Isso culminará em um grande duelo, que também trará uma surpreendente morte, algo até então inédito nas aventuras do bruxinho.

Ao lado de tantas outras histórias infantis, o quarto filme é uma passagem para o mundo dos adultos e se a paisagem encantadora dos longas de Harry Potter ainda são as mesmas, há uma angústia em saber que as tragédias só vão se tornar mais e mais cruéis. A inocência termina em Harry Potter e o Cálice de Fogo e assim surpreende mais uma vez aos fãs, no melhor filme da série.

A Dublagem do filme

A Dublagem de Harry Potter tem sua história tão longa quanto à do filme e por isso, é visível sua evolução com o decorrer dos anos, sendo indicada a inúmeros prêmios no Oscar da Dublagem. O pequeno Harry cresceu e com ele o menino Caio César que engrossou sua voz. Assim como os demais membros do elenco que só aumentou com o passar dos anos. Como são muitos atores, personagens e dubladores, e já falamos sobre os bastidores da dublagem em outras oportunidades, desta vez vamos direto ao assunto e apresentar pela primeira vez para os leitores brasileiros, todos as vozes brasileiras do novo filme de Harry Potter.

Daniel Radcliffe (Harry Potter): Caio Cesar
Caio é a voz do Diego Bustamante na novela mexicana "Rebelde" (SBT). Em animes, fez o TK no anime "Digimon" e o Ket de “Kiki”.

Rupert Grint (Ron Weasley): Charles Emmanuel
Charles Emanuel é conhecido por seu trabalho na TV Globinho, mas também pode ser visto no SBT dando voz ao Mutano de “Jovens Titãs”.

Emma Watson (Hermione Granger): Luisa Palomanes
Luisa da vida a Docinho no cartoon "As Meninas Super Poderosas" e a ED do anime "Cowboy Bebop".

Ralph Fiennes (Lorde Voldemort): Luis Carlos Persy
Luis tem alguns trabalhos bem interessantes em animes, dos quais destacamos o Afro de “Memories” e o Doutor Tenma de “Astroboy”.

Michael Gambon (Professor Alvo Dumbledore): Lauro Fabiano
Lauro já dublava Dumbledore antes mesmo do antigo ator falecer e agora continua no papel. Além deste ele é conhecido como Tio Phil de "Um Maluco no Pedaço". Em animes fez a voz do Laughton de “Metrópolis”, a dublagem que ninguém viu/ouviu no país.

Maggie Smith (Professora Minerva McGonagall): Lina Rossana
Lina dublou inúmeros seriados e desenhos, entre eles destacamos Doutora Lewis em "Plantão Médico", Vovó de "Piu-Piu e Frajola", Olivia Palito em "Popeye" e a Deusa Gaia em "Capitão Planeta". Em animes ela fez a Antie de “Corrector Yui” e a Osono de “Kiki”.

Robbie Coltrane (Hagrid): José Santa Cruz
José é um antigo ator de programas como A Praça é Nossa (SBT) e Zorra Total (Globo). Na dublagem deu voz ao Dino de "Família Dinossauros" e ao Pinguin de "Batman: O Retorno". Em animes fez, entre outros, o Vírus de “Corrector Yui”, o Doutor Gilmore em “Cyborg 009” e o Detetive Towashi de “Astroboy”.

John Hurt (Sr. Olivaras): Telmo Perle Munch

Gary Oldman (Sirius Black): Elcio Romar
Élcio é um dos mais tradicionais dubladores cariocas, sempre dublando os atores de prestigio como Michael Douglas, Dan Akroyd e Woody Allen.

Alan Rickman (Severo Snape): Roberto Macedo
Roberto dubla com talento os mais variados papéis. Do cômico ao trágico, como o Geofrey de "Um Maluco no Pedaço" e o Estevão da novela "A Madrasta".

Jason Isaacs (Lucius Malfoy): Hélio Ribeiro
Hélio é o boneco (voz mais comum) de diversos atores na dublagem, entre eles Steeve Martin, James Belushi e Kevin Costner

Brendan Gleeson (Olho Tonto Moody): Renato Rosemberg
Renato é um dos dubladores veteranos do Rio de Janeiro e para os fãs de anime é sempre lembrado como o Professor Takenaka de “Yuyu Hakusho”.

Frances de la Tour (Madame Maxine): Nádia Carvalho
Nádia é a voz da Edna Mode de "Os Incriveis", mas mais que isto é velha conhecida dos fãs da Escolinha do Professor Raimundo (Globo). Também deu voz a Afrodite em "Hércules" e a Carol de "Blosson".

Robert Pattinson (Cedrico Diggory): Peterson Adriano
Peterson tornou-se mais conhecido dos fãs de anime pelo Koenma de “Yuyu Hakusho”. Mas fez também o Speed Racer e o Bart Simpson. Em desenhos japoneses também deu voz para o Follow de “Corrector Yui”.

Clemence Poesy (Fleur Delacour):Fabíola Martins
Fabiola é a voz da Asuza do anime “Corrector Yui”.

Stanislav Yanevski (Viktor Krum):Guto Nejaim

Roger Lloyd-Pack (Bartô Crouch): Pietro Mário
Pietro em animes foi à versão brasileira do Dobermon de "Digimon", o Katsuhito Masaki de "Tenchi Muyo" e o Narrador “Yu Yu Hakusho”

Katie Leung (Cho Chang): Lina Mendes

David Tennant (Bartô Crouch Jr.):Alexandre Moreno
Alexandre Moreno é o vencedor do Oscar da Dublagem de 2004 pelo Kaká de “Jhonny Bravo”. Fez ainda o Joxer de "Xena", o Síndrome de "Os Incríveis" e o Ciclope de "X-men: Evolution". Em desenhos japoneses fez o Panda de “Hamtaro”, Yosho de “Tenchi Muyo” e o Suzuki de “Yuyu Hakusho”.

Jeff Rawle (Amos Diggory): José Santana

Pedja Bjelac (Karkaroff): Eduardo Borgueth
Eduardo tem muitos fãs no meio de anime e mangá pela dublagem do Ultraman Tiga, mas também fora dele. Ele levou as jovens à loucura como o vilão de "A Madrasta" e os adultos com o Fox Mulder de "Arquivo X".


Miranda Richardson (Rita Skeeter): Isis Koschdoski


Fotos: Divulgação

Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.