Publicidade

 




Em primeira mão: O outro lado da dublagem do desenho "Chaves"
11/10/2006
Escrito por: David Denis Lobão
Editado por: David Denis Lobão

Esta matéria é uma “continuação” da notícia pública ontem aqui pelo Portal OhaYO!, explicando as mudanças que estão ocorrendo na dublagem do desenho “Chaves” no Brasil.

Para entender melhor o texto abaixo é recomendável lê-la primeiro, pois algumas informações aqui publicadas completam ou contestam as anteriormente divulgadas.

Se você ainda não leu, CLIQUE AQUI! e acompanhe mais detalhes sobre o assunto que está agitando os fãs na Internet.

Porque os dubladores do desenho vão mudar?

Seu Madruga, Pópis, Dona Florinda, Quico, Bruxa do 71 e Professor Girafales todos estes personagens tiveram até hoje somente um dublador no país. Com a dublagem do novo desenho do Chaves, somente dois deles terão uma única voz no Brasil: Seu Madruga e Professor Girafales.

O SBT não é tão vilão nesta história como alguns fãs de “Chaves” pensam ou divulgam. A emissora de Silvio Santos solicitou que o estúdio carioca Herbert Richars chama-se todos os dubladores originais dos personagens que estavam vivos e na ativa. Hebert Richers Jr., dono do estúdio carioca, ligou pessoalmente para todos os profissionais convidando-os para participar da nova dublagem e se propondo a alugar um estúdio de São Paulo só para eles darem as vozes aos personagens.

Dos cinco profissionais somente dois aceitaram: Osmiro Campos (Professor Girafales) e Carlos Siedl (Seu Madruga). A razão é que o SBT propôs que eles dublassem os personagens pelo valor padrão que é pago por uma dublagem. Nelson Machado (Quico), Helena Samara (Dona Clotilde) e Marta Volpiani (Dona Florinda e Pópis) quiseram negociar o valor e saber por quanto tempo o SBT usaria o trabalho no ar. Mas as negociações não chegaram a ir em frente.

Como fica a adaptação da nova dublagem?

A dublagem deve seguir a risca a original feita nos anos 80; mesmo sem os principais fã-clubes colaborando, como ocorreu nos BOXs de DVDs da Amazonas Filmes.

A dublagem está nas mãos do experiente Carlos Seidl, que além de ser um conceituado diretor, há anos dubla o personagem Seu Madruga, conhecendo a fundo muito sobre a série. Ou seja, o estilo original deve ser mantido na nova dublagem.

Como Carlos atualmente mora no Rio de Janeiro, o estúdio deve pagar a viagem do ator Osmiro Campos para que ele duble sua parte diretamente na Herbert Richars, já que ele será o único dublador de São Paulo mantido no elenco.

E os novos dubladores? Quem são?

Os testes para os novos dubladores já foram realizados no Rio de Janeiro e encaminhados na última sexta-feira para o SBT. Grandes nomes da dublagem carioca fizeram o teste. Dos dubladores recentes de Chaves que atuaram na redublagem para o DVD, apenas Gustavo Berriel (Nhonho e Jaiminho) participou dos testes, pois a principio a vaga só está garantida para as vozes originais.

O SBT ainda não deu uma resposta oficial prara as novas vozes, mas nos bastidores da dublagem apostam em dois dubladores para os papéis de Chaves e Dona Florinda. Existe ainda a possibilidade de que o mesmo dublador não dobre papéis, assim o Seu Barriga não teria a mesma voz do Nhonho e a Dona Florinda da Pópis, como ocorreu na série original.

Márcia Morelli deve dar vida a Dona Florinda na nova versão. Márcia é uma das mais simpáticas e queridas dubladoras do Rio de Janeiro, dublou a mãe de Harry Potter no último filme da saga e a mãe da personagem Corrector Yui no animê homônimo. Márcia faz ainda a Sedusa, vilã do desenho “Meninas Super Poderosas” e o pequeno Martin de “Os Simpsons”.

Já o protagonista Chaves pode ser feito por Hamilton Ricardo. Hamilton é um dublador veterano que recentemente fez o professor R.J Lupin dos filmes de “Harry Potter”. No programa “TV Colosso” (Rede Globo) dublou os personagens Paulo Paulada, Jaca Paladiun e Roberval, o ladrão de chocolate. Fora isto fez o Poncho (“Chips”) e Jack (“Acredite se Puder”).

Sobre os demais, ninguém arrisca nem fazer uma aposta. Apenas afirma-se nos bastidores da dublagem carioca que muitos testes foram feitos e que a decisão está exclusivamente nas mãos dos diretores do SBT.

E como foi feito no México?

No México, a dublagem do desenho também foi feita neste ano. De todo o elenco de atores originais do seriado, apenas Florinda Meza (Dona Florinda e Pópis) participou.

Muitos atores estão com problemas com o produtor, filho de Chespirito (ator que faz o Chaves), que também julga que muitos não estão mais com as vozes ideais para os personagens.

Ou seja, se a dublagem brasileira seguisse a risca o modelo mexicano, apenas Marta Volpiani deveria ser mantida como Dona Florinda e Pópis, os demais deveriam ser substituídos. Mas não é isto que os fãs brasileiros de “Chaves” desejam.

E os DVDs? Como amdam?

Para os BOXs de DVDs da distribuidora Amazonas Filmes a dublagem continua sem maiores problemas. Personagens secundários como o Senhor Carequinha (que compra a vila) e Paty (a namoradinha do Chaves) apareceram e estão sendo feitos por seus dubladores originais. Respectivamente os atores Luiz Carlos de Morais e Leda Figueiró.

Está sendo dublado hoje em São Paulo no estúdio Gabia o nono e penúltimo BOX dos seriados “Chaves”, “Chapolin Colorado” e “Chespirito”. Três novas personagens (alunas da escolinha) aparecem: Elizabeth (que deve ser dublada pela diretora de dublagem Patrícia Scalvi), Candida (que deve ser feita por Telma Lucia, a voz do Pequeno Príncipe) e Malicha (feita por Silvia Suzy nesta redublagem).

Nos bastidores já se levanta a possibilidade da Amazonas lançar no Brasil os DVDs dos seriados solos de Quico (que já passou no Brasil pela Bandeirantes) e da Chiquinha. O que está mais próximo da realidade, por enquanto, é o lançamento às aventuras do filho da Dona Florinda como protagonista.


HOJE os fãs de “Chaves” e “Chapolin” terão um encontro marcado com Cecília Lemes, a dubladora da Chiquinha, às 18 horas no Chat OhaYO! da TV UOL

Imagens: Site Turma do Chaves
Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.