Publicidade

 




Mangá “1945” chega ao Brasil
16/02/2007
Escrito por: Equipe OhaYO!
Editado por: David Denis Lobão

O mangá “1945”, de Keiko Ichiguchi, chega ao Brasil pela editora NewPOP. Conheça a história da obra e sua autora.

A história de “1945”

O mangá conta à história de Elen, uma adolescente que vive na então Alemanha nazista. Como a maior parte das famílias alemãs, ela não é contra o regime de Hitler, mas também não participava ativamente. Vivia com a lembrança de felicidade desfrutada três anos antes, por ela, Alex (seu “namoradinho”) e Rosa, a melhor amiga.

Três anos depois, porém, Rosa, que era judia, é presa e mandada para um Campo de Concentração. Quem a manda prender é justamente Alex, que depois da morte de seus pais é criado por um influente militar alemão, que o filia na Juventude Hitlerista. Nesse clima de extremos, Elen e Alex acabam recordando os momentos alegres de outros tempos, e começam a namorar.

Pouco depois, Elen descobre que Max, seu irmão, era membro de uma sociedade de estudantes contrários ao regime nazista. Escrevendo e distribuindo panfletos secretamente, eles esperavam alertar a população alemã sobre os horrores que Adolf Hitler vinha impondo aos inimigos.

Já Alex é mandado em missão para combater soldados soviéticos. O ódio que sentia por judeus, a quem considerava seres desprezíveis, começa a transformar-se em dúvida quando ele mesmo presencia a barbárie da guerra: milhares de inocentes são mortos sem qualquer chance de defesa, inclusive idosos e crianças. Nada mais parecia certo para ele.

Paralelamente, a polícia alemã descobre o envolvimento entre Alex e Elen (que a este momento já pertencia à sociedade do irmão, distribuindo os panfletos antinazistas) e arma um ardil: distribui informações falsas esperando provar a traição de Alex, que deveria contar os supostos planos militares à sociedade da qual sua namorada fazia parte.

A história tem seu clímax; todos os lados têm suas legítimas convicções. E enquanto a Alemanha cai sob a fracassada Operação Barbarossa, a humanidade é cada vez mais posta em jogo, ante ao terror.

Uma obra cinematográfica (por release)

Se a narrativa do mangá representa a tal “linguagem cinematográfica”, a obra é certamente um dos melhores exemplos para isso. O roteiro evolui de forma gradativa, crescendo ao longo da história. A obra é tão bem escrita que poderia ser, tranqüilamente, transposta para o cinema (ou, sem favores, ter acontecido de verdade, com algum dos que presenciaram os crimes da II Guerra).

Keiko Ichiguchi trabalha a história com desenhos leves e limpos, sem carregar nas tintas; seu mangá é quase um híbrido. Não há julgamentos de valores, nem lugares-comuns ou em defesa deste ou daquele lado. Todos são muito humanos (tanto o são que questionam sua própria humanidade).

A batalha que é mostrada no mangá, Operação Barbarossa, é um grande diferencial, já que um dos capítulos mais importantes da II Guerra, a derrota dos alemães ante os russos, é bastante ignorada no Ocidente (resquício da Guerra Fria), onde geralmente são retratadas com ênfase as batalhas do front Ocidental.

Conheça a autora

Keiko Ichiguchi (nascida em Osaka, Japão, em 19 de dezembro de 1966), estreou no mundo do mangá em 1988. Com o pseudônimo de Keiko Sakisaka, trabalhou para a revista mensal "Bessatsu Shojo Comic", publicando Lucia (1990) e Otometachi no Sanka (Com os olhos abertos, 1991). Durante esses anos, também escreveu inúmeros artigos sobre suas experiências em viagens para a revista "Palet", e diversos textos para programas de rádio.

Em 1995, realizou para as edições Star Comics o livro de Contos Oltre la Porta (Além da Porta), e em 1997 deu início a uma colaboração com a editora japonesa Kodansha, que viu nascer as histórias 1945 e America, esta última contada em capítulos em 1998. Em 2003, publicou no Japão a saga Mistery Guide sobre os mistérios de Florença para a editora Hakusuisha.

Para as edições Kappa publicou o livro de quadrinhos La vista sul cortile (A vista sobre o quintal, 1999), Due² (2000), Blue (Azul, 2001) e Con gli occhi aperti (Com os olhos abertos, 2002). Atualmente, vive e trabalha em Bolonha, na Itália, assinando sua nova série exclusiva, Peach!.

Serviço: Mangá “1945”

Volume Único
Editora NewPOP
ISBN: 978-85-60647-00-2
128 páginas
Formato: 13,5 x 20,5 cm – com orelhas – papel offset – capa cartonada
R$ 14,00


Capa brasileira do mangá "1945"

Imagens inéditas e exclusivas do novo mangá da NewPOP
Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.