Publicidade

 




A religião no grande universo dos animês e mangás
13/03/2008
Escrito por: Túlipe Helena
Editado por: Felipe Marcos

No mundo dos animês, a religião já esteve presente de forma sutil e inteligente.

Os desenhos japoneses que buscam inovar sempre já tiveram a Bíblia, criação da cultura ocidental, como tema e o cristianismo como pano de fundo.

O destaque na abordagem da temática religiosa fica por conta de “Superbook”, um animê produzido em 1981, criado pelas equipes Tatsunoko Productions e Anime Oyako Gekijo. Os roteiros foram de Akiyoshi Sakai e a direção ficou por conta de Norio Yazawa, Osamu Sekita e Susumu Ishisaki.

A obra foi feita a pedido da CBN, canal religioso norte-americano.
No Japão, a exibição dos 26 episódios foi feita pela TV Tokyo, de outubro de 1981 a março de 1982.

Por ser muito diferente da cultura japonesa, no Japão o “Superbook” não atingiu o sucesso esperado durante a exibição dos 26 episódios. A produção não chamou a atenção dos telespectadores, na sua maioria budistas, e foi esquecido pela produtora.

No ocidente, ele foi exibido por diversas emissoras, dentre elas a CBN que lucrou nas vendas do animê em VHS. Na ocasião, a sequência dos episódios foi vendida com o título de “Pasocon Travel Tanteidan” e teve a introdução de mais um personagem, o irmãozinho dos protagonistas. O lançamento desta edição especial nunca foi feito no Brasil.

Jesus Cristo e os demais personagens bíblicos foram retratados poucas vezes por produções deste gênero após a criação do “Superbook”.

A história

Os irmãos Chris e Joy vivem em um bairro de classe média. Um dia eles abrem o Super Livro (Superbook), ou melhor, a Bíblia Sagrada, e são transportados para dentro dela.

Dentro do livro eles presenciam diversas histórias e atravessam o tempo para viver todos os dias aventuras bíblicas.

Assim, o casal de irmãos tem a oportunidade de viajar pelo passado sempre que abre o Super Livro. O robô de brinquedo, o Gizmo, é o companheiro da dupla.

 “Superbook” não emplacou no Brasil


No Brasil, o animê “Superbook” estreou na década de 90, pela Rede Record, e não foi bem divulgado.

Ele foi exibido também pela Rede Vida, no ano 2000, dentro do programa “Coisas de Criança”, mas a divulgação também foi falha.

Os 26 episódios foram lançados em VHS pela EBF Editora e foram vendidos principalmente em lojas religiosas.

Abaixo segue a lista dos episódios:

1 – A história de Adão e Eva.

2 – A história de Caim e Abel.

3 – A história da arca de Noé.

4 – A história do grande pai.

5 – A história da ponte estrangeira.

6 – A história dos irmãos gêmeos.

7 – A história do Egito.

8 – A história do elenco mágico.

9 – A história do trompete impressionante.

10 – A história dos 300 potes.

11 – A história da força de Hércules.

12 – A história do estábulo.

13 – A história do milagre de Jesus.

14 – A história da tumba vazia.

15 – A história do filho pródigo.

16 – A história da tentação do demônio.

17 – A história do homem engolido pela baleia.

18 – A história do rei idiota.

19 – A história de Davi.

20 – A história do rei Salomão.

21 – A história do profeta Elias.

22 – A história do tanque de fogo.

23 – A história da caverna dos leões.

24 – A história das paredes brilhantes do castelo.

25 – A história da bela princesa.

26 – A história do fim da Terra.

Abertura "Superbook"



“Casa Voadora” não fez sucesso

Apostando na vertente inaugurada por “Superbook”, que também não fez muito sucesso, a Tatsunoko resolveu lançar a “Casa Voadora” (“Tondera House no Daiboken”), assim que o animê terminou.

O roteiro que era praticamente igual ao do seu antecessor também foi lançado na TV Tokyo. Infelizmente ele também não emplacou.

Temática religiosa também em mangá

Na onda de abordar temas religiosos, a "The Manga Bible: from Genesis to Revelations" (A Bíblia Mangá: do Gênesis ao Apocalipse), a bíblia em forma de mangá criada por Ajinbayo Akinsiku, foi lançada no Reino Unido e nos EUA, no ano passado.

Na obra, as histórias do “livro sagrado” ganharam uma versão em mangá recheadas de muita ação e humor.

Apelidado de Siku, o autor traz em sua publicação um “Jesus Samurai”. A adaptação que vai do Gênesis ao Apocalipse, tem na trama um Jesus que nos dias atuais poderia ser chamado de forasteiro sombrio ou até mesmo de samurai, já que ele chega a uma cidade dominada por gangster e tem um jeito todo justiceiro e “durão”.

O mangá vai do Velho ao Novo Testamento com textos modernos que deixam as passagens bíblicas mais dinâmicas através da narrativa. Algumas passagens polêmicas foram poupadas.

Ainda novato nas publicações de mangá, Siku tem grande experiência em quadrinhos e em religiões. Ele é formado em teologia e frequenta uma igreja anglicana, onde pretende chegar ao posto de ministro. 

Siku, o inglês que transformou os textos bíblicos em quadrinhos, resolveu lançar o projeto que estava na gaveta depois do sucesso dos quadrinhos japoneses nos EUA e na Europa. Aqui no Brasil, ainda não há previsão de lançamento da versão comics da Bíblia.

Site oficial:

http://www.themangabible.com/index.asp?module=Pages&action=List

fotos: divulgação

Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.