Publicidade

 

Especial Centenário – Parte 2: Os seriados japoneses no Brasil
18/06/2008
Escrito por: Fernando Mucioli (Arquivo OhaYO!)
Editado por: Felipe Marcos

No dia oficial do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil o Portal OhaYO! relembra os seriados e filmes que foram ao ar nas TVs brasileiras nos anos 60 e abriram o espaço para que sucessos como “Jaspion” e “Changeman” entrassem de vez para a nossa cultura pop e ficassem para sempre no imaginário popular.

O Pontapé Inicial dos Tokusatsu

Nos anos 60, as produtoras de tokusatsu famosas do público atual como a Toei, a Toho e a Tsuburaya ainda não haviam estourado no mercado com as séries que as consagraram, como os Sentais, os Kamen Riders ou os Ultramans. Mas foi exatamente aí que tudo começou.

As séries do gênero já eram produzidas mesmo antes desse período, mas foram elas que abriram o precedente para que o tokusatsu estourasse no Japão e no resto do mundo.

O primeiro herói do gênero exibido no Brasil foi o “National Kid”, uma verdadeira bomba da Toei. Com um roteiro fraco, atores amadores e efeitos especiais capengas, a série quase não obteve sucesso no Japão durante os seis meses em que foi exibida. Porém, no Brasil, a história foi bem diferente. Apesar da relativa demora na aceitação da série, “National Kid” alcançou um enorme sucesso e até hoje é admirado como um seriado ‘cult’.

Os primeiros seriados do Brasil nos anos 60

“National Kid”
Título Original: “National Kid”
Data de estréia no ocidente: 1966
Data de estréia no Japão: 1960
Nº de Episódios: 39
Criação: Daiji Kazumine

Para proteger a Terra da invasão de seres alienígenas como os Incas Venusianos, os Seres Abissais, os Subterrâneos e os Zarrocos, o professor Masao Hata transforma-se em National Kid, um herói vindo de Alfa Centauri com poder de vôo e super força que solucionava os casos mais grotescos com a ajuda de seus alunos Yukio, Tomohiro, Chiako, Goro e Curazzo e sua pistola de raios desintegradores.

A série na verdade servia mais como uma vitrine de exposição dos produtos da National Matsushita (atual Panasonic), daí o nome “National Kid”. Eram rádios, TVs, relógios, tudo era motivo para mostrar um novo eletrodoméstico da empresa.

Os 39 episódios e seis meses de exibição não foram suficientes para formar uma base de fãs no Japão, mas no Brasil a série foi um grande sucesso.

“Ultra Q”
Título Original: “Ultra Q”
Data de estréia no ocidente: 1966
Data de estréia no Japão: 1965
Nº de Episódios: 28
Criação: Eiji Tsuburaya

Ultra Q foi uma série idealizada por Eiji Tsuburaya, da então recém-fundada Tsuburaya Productions, e que depois acabou se expandindo no que depois se tornaria a série “Ultraman”.

A temática do programa era mais ou menos como a da série "Além da Imaginação" (“Twilight Zone”), mostrando vários tipos de monstros alienígenas e mistérios, que eram desvendados por três aficionados por enigmas da natureza. Essa premissa era também o que fazia a ligação entre um episódio e outro, já que as histórias eram isoladas.

Ainda em 1966, ano de término da série, a Tsuburaya então inovaria no mercado de Tokusatsus lançando o seu próprio herói-carro-chefe, o “Ultraman”.

“Agentes Fantasmas”
Título Original: “Ninja Butai Gekkou” (“Esquadrão Ninja Gekkou”)
Data de estréia no ocidente: 196?
Data de estréia no Japão: 1964
Nº de Episódios: 130
Criação: Yoshida Tatsuo

“Agentes Fantasmas” foi uma série baseada no mangá Shonen “Ninja Butai Gekko”, de Yoshida Tatsuo, mangaká que também participou da produção de “Speed Racer”, da Tatsunoko.

A série mostra a história de um grupo de espiões de elite na era atual que se usam de técnicas ninjas e vários aparatos tecnológicos para derrotar seus inimigos. O grupo é formado por Gekkou (o líder) Getsurin, Meizuki, Shingetsu e Mikazuki e eles combatiam a organização maligna Makiura, chamada Black Flag aqui no Brasil.

“Príncipe Dinossauro”
Título Original: “Kaiju Ouji” (“Príncipe Monstro”)
Data de estréia no ocidente: 1970
Data de estréia no Japão: 1967
Nº de Episódios: 26
Criação: Tomio Sagisu

No melhor estilo Tarzan, “Príncipe Dinossauro” conta a história de Toshio, um pequeno garoto que acaba se envolvendo em um acidente de avião com sua família e desaparece em uma misteriosa ilha vulcânica que surgiu de repente no meio do Oceano Pacífico.

Anos depois, um barco acaba sendo atingido por uma tempestade e vai parar nessa mesma ilha. Yoko, o tripulante desse barco acaba encontrando um jovem andando junto com dinossauros, que na verdade trata-se de Toshio.

Acontece que, na verdade, a ilha era o centro de crises que vinham acontecendo na Terra, causadas pela proximidade de um planeta estranho na nossa órbita. A ilha misteriosa começa a ser infestada por monstros, que são combatidos por Toshio e seu pai, o Dr.Ito que acaba reencontrando com ele.

Os longas

Além das diversas séries de tokusatsu que foram exibidas no Brasil na década de 60, também vieram pra cá alguns dos mais famosos filmes do gênero, como “Godzilla”, “King Kong”, entre outros.

Alguns filmes do macaco gigante figuraram nas telinhas brasileiras pela Rede Record, como “King Kong no Gyakushuu” (“A Fuga de King Kong”), de 1967, “King Kong Vs Godzilla”, de 92 e “Latitude Zero”, de 1969.

 Mothra, a borboleta gigante que devasta Tokyo atrás de suas protegidas que foram capturadas de sua terra natal. O filme “Deusa Selvagem”, título em português para o primeiro filme do monstro, de 1961, foi exibido em vários canais brasileiros, como a Record, a Band e o SBT.

Gamera e Godzilla, dois dos monstros mais famosos no Japão, também vieram para o Brasil. O rei dos monstros apareceu nos seus combates contra Biolante, Kinghidra e Mothra, enquanto a tartaruga defensora da terra teve grande parte da sua filmografia exibida por aqui. Dentre alguns dos filmes estão “Destruam Toda a Terra” (1968) e “Ataque dos Monstros” (1969).

fotos: divulgação


National Kid em ação

O rosto do herói - fracasso no Japão

Ultra Q, a primeira série realizada pela Tsubaraya

Mais uma de Ultra Q: O além da imaginação japonesa

Agentes Fantasmas

Agentes Fantasmas - combatendo inimigos com equipamentos de última geração

Príncipe Dinossauro

Montaria em Dinossauros

O clássico Godzilla
Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.