Publicidade

 




Os “Comandos” novamente em ação!
16/05/2008
Escrito por: Túlipe Helena
Editado por: Felipe Marcos

Para quem tem entre 20 e 30 anos, os “Comandos em Ação” em algum momento foram objetos de desejo. Confesse! Pelo menos um daqueles “super bonecos” você quis ter.

Os “Comandos em Ação” foram os brinquedos eleitos pelos meninos na década de 80. Todos gostariam de ter pelo menos um boneco da série, enquanto as meninas eram apaixonadas pelas Barbies, que na época davam bola para os Falcons, mas isto é outra história.

Em 1984, a Companhia de Brinquedos Estrela S/A começou a produção dos “G.I.JOE”, intitulados depois “Comandos em Ação”. Os bonecos eram mais articulados do que os lançados na época, mas eram bem pequenos. Os “Colecionadores de Aventura”, como também eram chamados, vinham com diversos acessórios que faziam o diferencial, armas, capacetes, e etc.

Hoje, mais de duas décadas depois do lançamento dos brinquedos, muitos adultos se recordam dos bonecos com saudade ou então se dedicam a colecionar.

A série de brinquedos foi produzida entre 1984 e 1995, totalizando 124 figuras de ação (bonecos) e 98 veículos (jipes, barcos, e etc).  Além disto, também foram produzidos pela franquia desenhos animados, quadrinhos, um jogo de tabuleiro, no caso um quebra-cabeça, e games para o Atari 2600 e para o NES.

Nos EUA, atualmente ainda se fabrica e vende os “G.I.JOE”. Os bonecos atuais são fabricados com um material diferente, além dos detalhes que incluem: expressão facial, cabelos, capas, e etc.

Como tudo que é ou então já foi sucesso, os “Comandos em Ação” foram os últimos alvos da indústria cinematográfica norte-americana.

A Hasbro Inc., empresa americana detentora dos direitos dos bonecos da série, permitiu uma adaptação das aventuras dos bonecos para o cinema.

O filme


O lançamento do filme sobre os “Comandos em Ação”, uma força de guerra especializada no combate a organizações terroristas, como a Cobra, está previsto para agosto do ano que vem.
A direção é de Stephen Sommers, o mesmo diretor de “A Múmia” 1 e 2, e o roteiro é de Stuart Beattie. 

O elenco é formado por: Marlon Wayans (Ripcord), Ray Park (Snake Eyes), Jonathan Pryce (Presidente dos Estados Unidos), Arnold Vosloo (Zartan), Dennis Quaid (General Hawk), Sienna Miller (Baronesa), Christopher Eccleston (Destro), Joseph Gordon-Levitt (Rex), Adewale Akinnuoye-Agbaje (Heavy Duty), Rachel Nichols (Scarlett), Saïd Taghmaoui (Breaker), Channing Tatum (Duke), Lee Byung-hun (Storm Shadow) e Carolina Kournikova (Cover Girl).

No início deste mês, o visual secreto de alguns dos personagens foi revelado e um grupo seleto de jornalistas pode visitar o set de filmagens do estúdio Downey, na Califórnia, a convite da Paramount Pictures e do produtor Lorenzo di Bonaventura, onde acontecem às últimas filmagens do longa, segundo o site “Omelete”.

Passagem relâmpago da versão japonesa pela “TV Globinho”


A Rede Globo anunciou em meados do mês de março a exibição do animê “G.I Joe: Sigma 6”, a  versão japonesa dos “Comandos em Ação”. Nas chamadas, o nome utilizado era somente “Sigma 6”, o que pode não ter alertado os fãs do famoso “Comandos em Ação”.

O desenho americano que passou no final dos anos 80 no Brasil teve a versão japonesa produzida pelo estúdio Gonzo, responsável também pela produção de “Gantz”, “Trinity Blood”, “Hellsing”, “Desert Punk” e “Afro Samurai”, ambos nossos velhos conhecidos.

Quem teve a oportunidade de assistir também teve sorte.
A exibição do animê durou apenas uma semana e os telespectadores não puderam ver o fim da guerra entre os Comandos e a Organização Cobra.

O animê saiu do ar para que fosse encaixado “Os Simpsons”, também na “TV Globinho”. O que não foi nada mal.

Para os fãs não restam dúvidas, os desenhos dos “Comandos em Ação” que passavam no “Xou da Xuxa”, na década de 80, são os melhores, inesquecíveis. Provavelmente a dublagem, classificada como ruim por muitos, também não agradou, o que fez com que nem os 26 episódios do animê fossem exibidos.

Veja a abertura do desenho na década de 80



fotos: divulgação

Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.