Publicidade

 




História do Oscar da dublagem 2009
22/06/2009
Escrito por: David Denis Lobão
Editado por: Tom Marques

O Oscar da Dublagem, ou Prêmio Yamato, foi criado em 2003 e completa em 2009 sete edições. É atualmente o maior prêmio da dublagem brasileira, entregue todos os anos para os profissionais da categoria artística que se destacaram no ano anterior.

A história do Oscar da Dublagem

O prêmio Yamato, considerado o Oscar da Dublagem Brasileira, foi criado pelo cantor Ricardo Cruz e pelo publicitário Takashi Tikasawa na convenção Anime Friends 2003, da empresa Yamato Comunicações e Eventos, para homenagear os melhores dubladores do ano anterior.

A premiação foi desenvolvida baseada em uma idéia trabalhada por Cristiane Sato no evento Mangacon, que consistia em premiar anualmente um profissional de dublagem que se destacava no ano anterior.

Para a concepção do primeiro Oscar da Dublagem, realizado em 5 de julho de 2003, Ricardo Cruz e Takashi Tikasawa contaram com a colaboração do diretor de dublagem José Parisi Jr. e do jornalista Marcelo del Greco; que com base em prêmios de impacto mundial como o Oscar e o Globo de Ouro sugeriram as categorias e os rumos da premiação naquela primeira edição.


Em 2004 o prêmio foi assumido por David Denis Lobão e Odair Stefoni que acrescentaram novas categorias, sugeridas pelo diretor de dublagem Jorge Barcellos (Sigma) e deram uma nova cara a premiação com mascote próprio, novo logotipo e a oficialização do nome “Prêmio Yamato”.

O primeiro prêmio Oscar da Dublagem, em 2003, contou com sete categorias e era restrito somente a animações japonesas exibidas no ano anterior no Brasil. Eram elas:

- Direção;
- Atriz;
- Atriz Coadjuvante;
- Atriz Revelação;
- Ator;
- Ator Coadjuvante;
- Ator Revelação.

O prêmio passou, em 2004, a contar com onze categorias. Sendo elas:

- Melhor Atriz;
- Melhor Ator;
- Melhor Atriz Coadjuvante;
- Melhor Ator Coadjuvante;
- Melhor Trilha Sonora Adaptada;
- Melhor Tradução;
- Melhor Técnico de Som;
- Melhor Mixagem;
- Melhor Locução ou Narração;
- Melhor Direção;
- Melhor Dublagem do Ano.

Outra novidade de 2004 é que desta vez não concorrem apenas animações de origem nipônica, mas qualquer desenho animado. A partir de 2005, no entanto, qualquer produção dublada no ano anterior, seja de uma novela, filme, série, documentário ou animação poderia concorrer ao prêmio. Regra que se mantém até hoje.

Em 2006, a premiação voltou a ter a categoria Revelação, mas desta vez não mais separado em atriz e ator, todos concorriam juntos. Totalizando assim doze categorias oficiais.

Todos premiados do Oscar da Dublagem

Melhor Dublagem
2003 – Sakura Card Captos (BKS)
2004 – Procurando Nemo (Delart)
2005 – Os Incríveis (Delart)
2006 – Full Metal Alquemist (Álamo)
2007 – Lost - 1ª Temporada (Álamo)
2008 – Os Simpsons - O Filme (Delart)
* Em 2003 não ocorreu uma votação exclusiva para Melhor Dublagem do ano, a vencedora da categoria foi à dublagem que teve a maior votação na categoria “Melhor Direção”.

Melhor Redublagem ou Continuação
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Pokémon - 7ª Temporada (Centauro)
2007 – Não teve o prêmio
2008 – Pokémon - 9ª temporada (Centauro)
* O prêmio começou a ser entregue em 2006 e não foi entregue em 2007.

Melhor Direção de Dublagem (Diretor ou diretora)
2003 – Sakura Card Captors (Denise Simonetto e Patrícia Scalvi)
2004 – A Viagem de Chihiro (Lauro Fabiano)
2005 – Kaleidostar (Gilmara Sanches)
2006 – Chaves Redublagem (Patrícia Scalvi e Lúcia Helena) e Liga Da Justiça Sem Limites (Miriam Ficher) / Empate
2007 – Cavaleiros do Zodíaco: A Saga de Hades (Marcelo Campos - episódios 1 a 13 e Hermes Baroli - episódio 0)
2008 – Chaves Animado (Carlos Seidl e Herbert Richars Jr.)

Melhor Dublador de Protagonista
2003 – Marcelo Campos (Yugi - Yu-Gi-Oh!)
2004 – Francisco Bretas (Hyoga de Cisne - Os Cavaleiros do Zodíaco)
2005 – Paulo Vignollo (Mike Kyle - Eu, a Patroa e as Crianças)
2006 – Marcelo Campos (Edward - Full Metal Alquemist)
2007 – Marco Antônio (Capitão Jack Sparrow - Os Piratas do Caribe 2)
2008 – Carlos Seidl (Seu Madruga - Chaves Desenho)

Melhor Dubladora de protagonista
2003 – Denise Reis (Kaoru - Samurai X)
2004 – Mirian Ficher (Vaca - A Vaca e o Frango)
2005 – Marcia Coutinho (Mulher-Elástica - Os Incríveis)
2006 – Fernanda Fernandes (Kim - Kim Possible)
2007 – Fátima Noya (Ranma - Ranma ½)
2008 – Selma Lopes (Marge - Simpsons, O Filme)

Melhor Dublador de Coadjuvante
2003 – Guilherme Briggs (Professor Hiragi - Cavaleiros de Mon Colle)
2004 – Alexandre Moreno (Kaká - Johnny Bravo)
2005 – Peterson Adriano (Koenma - Yuyu Hakushô)
2006 – Hermes Baroli (Roy - Full Metal Alquemist)
2007 – Mário Jorge (Mate - Carros)
2008 – Rodrigo Antas (Bart - Os Simpsons, O Filme) e Paulo Cavalcante (Cascão – Turma da Mônica, uma aventura no tempo) / Empate

Melhor Dubladora de Coadjuvante
2003 – Fátima Noya (Sango - Inuyasha)
2004 – Maíra Góes (Dori - Procurando Nemo)
2005 – Flavia Saddy (Chloe – Smallville, As Aventuras do Superboy)
2006 – Cecília Lemes (Chiquinha – Chaves Redublagem)
2007 – Márcia Regina (Shampoo - Ranma ½)
2008 – Flávia Saddy (Lisa - Os Simpsons, O Filme)

Melhor Narrador (a) ou locutor (a)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Jonas Mello (Os Cavaleiros do Zodíaco) e Luiz Feier Mota (As Meninas Super-Poderosas) / Empate
2005 – Gilberto Rocha Junior (Três Espiãs Demais)
2006 – Marcio Seixas (A Fantástica Fabrica De Chocolate)
2007 – Nádia Carvalho (Desperate Housewives - Voz de Mary Alice)
2008 – Gilberto Rocha Jr (Os Cavaleiros do Zodíaco - Saga Inferno)
* O prêmio começou a ser entregue em 2004.

Melhor Dublador de Protagonista – Escolha do Público
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Não teve o prêmio
2007 – Vagner Fagundes (Ruffy - One Piece)
2008 – Luiz Antonio Lobue (Dr House - House)
* Prêmio criado em 2007 e extinto em 2009

Melhor Dubladora de protagonista – Escolha do Público
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Não teve o prêmio
2007 – Gisa della Mare (Alice - Efeito Cinderela)
2008 – Úrsula Bezerra (Naruto - Naruto)
* Prêmio criado em 2007 e extinto em 2009

Melhor Dublador de Coadjuvante – Escolha do Público
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Não teve o prêmio
2007 – Jorge Vasconcellos (Diretor Sapão - Meu Amigo da Escola é um Macaco)
2008 – Cesar Marchetti (Rhadamanthys - Cavaleiros do Zodíaco, Saga Inferno)
* Prêmio criado em 2007 e extinto em 2009

Melhor Dubladora de Coadjuvante – Escolha do Público
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Não teve o prêmio
2007 – Cecília Lemes (Artemis - Os Cavaleiros do Zodíaco: Prólogo do Céu)
2008 – Fatima Noya (Konohomaru - Naruto)
* Prêmio criado em 2007 e extinto em 2009

Melhor Narrador (a) ou locutor (a) – Escolha do Público
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Não teve o prêmio
2007 – Raul Schlosser (Viewtiful Joe)
2008 – Fábio Moura (Pokémon - 9ª temporada)
* Prêmio criado em 2007 e extinto em 2009

Melhor Revelação
2003 – Indiane Christine (Kari em Digimon 2) / Thiago Keplermaier (Sota em Inuyasha)
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Samira Fernandes (Sakura - Sakura Wars)
2007 – Pedro Alcântara (Coby - One Piece)
2008 – Carlos Alberto (Homer - Os Simpsons, O Filme) e Gustavo Berriel (Nhonho - Chaves Animado) / Empate
*Em 2003 o prêmio foi entregue separado para Melhor Revelação Masculina e Melhor Revelação Feminina. Ele não foi entregue em 2004 e 2005, voltando em 2006 como uma categoria única, sem separação entre dubladores e dubladoras.

Melhor Tradução (Tradutor ou Tradutora)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Procurando Nemo (Delart - Garcia Jr.)
2005 – Bob Esponja - O Filme (Álamo - Roberto Garutti)
2006 – Full Metal Alchemist (Álamo - Arnaldo Oka e Marcelo Del Greco)
2007 – Carros (Delart - Garcia Jr.)
2008 – Pokémon - Temporada 9 (Elaine Pagano e Fábio Gajira) e Os Cavaleiros do Zodíaco - Saga Inferno (Marcelo del Greco e Karen Kazumi Hayashida) / Empate
* O prêmio começou a ser entregue em 2004.

Melhor Mixagem (Mixadores)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Digimon 4 (Álamo - Djalma Ferreira e Edurado dos Santos)
2005 – O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (Marshmallow - José Roberto dos Santos)
2006 – Madagascar (Áudio Corp)
2007 – Carros (Delart)
2008 – Harry Potter e a Ordem da Fênix (Delart)
* O prêmio começou a ser entregue em 2004.

Melhor Captação de áudio (Técnicos de Som)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Procurando Nemo (Delart - Marcelo Vidal)
2005 – 24 horas - 1ª Temporada (Mastersound - Pietro Bianco e Bíru)
2006 – Batman Begins (Delart)
2007 – CSI (Vox Mundi)
2008 – Dr. House (Álamo)
* O prêmio começou a ser entregue em 2004.

Melhor Trilha Sonora ou Canção Adaptada para o Português (Música – Tradutor / Interprete)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Corrector Yui (Cinevídeo - Dilma Machado)
2005 – Pokémon (Parisi Vídeo - Fernando Janson)
2006 – Pokémon Advanced (Centauro - Fernando Janson)
2007 – Deu a Louca na Chapeuzinho (Delart)
2008 – Cavaleiros do Zodiaco - Arbertura Inferno (Dubrasil – Ricardo Cruz)
* O prêmio começou a ser entregue em 2004.

Troféu OhaYO! (Para mídias que contribuem para a divulgação da dublagem brasileira)
2003 – Não teve o prêmio
2004 – Não teve o prêmio
2005 – Não teve o prêmio
2006 – Eu Adoro Filme Dublado (Orkut - Christiano Torreão)
2007 – Fórum Dublanet (ww.dublanet.com.br – Bruno Botafoguense)
2008 – Blog de Daniel Neto (http://www.danielneto.com.br/weblog/category/dublagem/)
*O Prêmio começou a ser entregue em 2006 e deixou de ser entregue em 2009.

Troféu Noeli Santisteban (Para pessoas que contribuem para a divulgação da dublagem brasileira)
2003 – Marcelo Del Greco (Revistas Herói e Henshin)
2004 – Hugo Leonardo (Comunidade “Versão Brasileira” no Orkut)
2005 – Paulo Gustavo Pereira (Revista Sci-Fi News)
2006 – Eddie Van Feu (Revista Séries de TV e Seriados da TV)
2007 – Fernanda Furquim (Revista TV Séries)
2008 – Junior Fonseca (Revistas Neo Tokyo, Crash e Anime>DO)
*Os prêmios de 2003 e 2004 foram entregues só em 2005. O prêmio foi extinto em 2009.

Troféu Anime Dreams (Para um dublador pelo conjunto de sua obra / carreira)
2003 – Neuza Azevedo
2004 – Fernando Janson
2005 – Cecília Lemes
2006 – Adriana Pissardini e Ricardo Juarez
2007 – Zodja Pereira e Christiano Torreão
2008 – Não teve o prêmio
* O prêmio deixou de ser entregue em 2008.

Troféu Anime Friends (Para uma dublagem que marcou época pelo conjunto da obra)
2003 – Cavaleiros do Zodíaco (Gota Mágica / Álamo)
2004 – O Mundo de Beakman (Álamo / Dublavídeo)
2005 – Sailor Moon (Gota Mágica / BKS)
2006 – Os Simpsons (VTI, Herbert Richars, Áudio Corp e Áudio News)
2007 – Não teve o prêmio
2008 – Não teve o prêmio
* O Prêmio deixou de ser entregue em 2007.

fotos: divulgação

Produzido por ©YAMATO CORPORATION - Conteúdo por ©YAMATO EDITORA - Design por ©T2 Studio - 2004/2009
Copyright: Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da ZN Editora.