FUNDADO POR JEREMIAS DA ROCHA EM 1872   -   Mossoró, terça-feira, 10 de abril de 2001
,
 


Prefeitura preservará área do segundo maior cajueiro do mundo

GROSSOS – Como resultado da recente viagem a Brasília (DF), o prefeito João Dehon da Silva (PT) encaminhou proposta para desapropriação da área do cajueiro localizado na comunidade rural de Areias Alvas, neste município, considerado o segundo maior cajueiro do mundo. Junto aos organismos que lidam com a defesa do meio ambiente, João Dehon tratou do assunto, destacando a necessidade de realizar um projeto para preservação da área do cajueiro. Segundo o prefeito, a grande preocupação no momento é garantir a integridade da árvore, pois foi informado que estão tirando cascas do cajueiro para fazer remédios caseiros. “Esse tipo de ameaça à existência do cajueiro, temos que evitar a todo custo”, avisa João Dehon.

Ele se diz preocupado com o procedimento de algumas pessoas, que ainda não se deram conta da importância do cajueiro para o meio ambiente e para o turismo local. “Vamos trabalhar com o propósito de tornar o nosso cajueiro tão conhecido quanto o de Pirangi, que hoje é um referencial no calendário turístico do Rio Grande do Norte”, afirma Dehon.

Em alguns setores da cidade surgem questionamentos sobre o tamanho dos dois cajueiros, o de Areias Alvas e o de Pirangi, em Natal. Há quem diga que o cajueiro de Grossos é o maior do mundo. Mas essa questão o prefeito João Dehon trata com cautela: “Com a desapropriação da área do cajueiro, vamos poder realizar uma análise técnica mais aprimorada e, dessa forma, avaliar as proporções exatas do nosso cajueiro”, finaliza.

< Anterior Próxima >

 

 
Laíre Rosado
Emery Costa
Pedro Carlos
Cid Augusto
Neto Queiroz
Antônio Rosado
Sérgio Oliveira
Sérgio Chaves
Gomes Filho

Cláudio Monteiro
Geraldo Maia
Marcos Araújo
Charge
Capa

Editorial
O jornal
Assinaturas
Expediente
Painel do Leitor

Política
Esporte
Economia

Dia @ Dia
Mais TV
Dois