2

 

 

 



 

Potiguar goleia América e abre larga vantagem na decisão 

O Potiguar proporcionou uma noite inesquecível para os seus torcedores na noite de ontem na primeira partida da final do campeonato estadual do Rio Grande do Norte. Entrando em campo em desvantagem, quando o América jogava por dois empates, a equipe mossoroense se manteve invicta ao golear o América pela contagem de 4 a 0, revertendo assim aquela situação antes favorável ao seu adversário.

Logo no primeiro lance o meia Chiquinho meteu a bola na trave cobrando falta. No confronto tático, levou a melhor Miluir Macêdo e aos 25 do primeiro tempo, Chiquinho, novamente cobrando falta, desta vez não deu chances ao goleiro Rodrigão abrindo o placar. Enquanto isso, o América pouco conseguia levar perigo ao goleiro Claudevan. Aos 47, já nos acréscimos da etapa inicial, André ganha a bola na defesa, toca para Gledson que lança Canindezinho que, somente com um marcador, livrou-se e em velocidade entrou na grande área chutando cruzado para fazer o segundo.

Os dois gols que completaram a goleada de 4 a 0 aconteceram no tempo complementar quando, logo nos primeiros minutos, o zagueiro artilheiro Bartô ampliava para três. No final, aos 40, um lance de craque do artilheiro Canindezinho, que soma 14 gols, livrou-se do seu marcador, cruzou e na risca do gol Chiquinho escora de cabeça, dando números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA

Jogo: Potiguar 4 x 0 América

Local: Estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira, o “Nogueirão”.

Potiguar: Claudevan, Gledson, André, Bartô, Leandro, Erivan, Jânio, Chiquinho, Márcio (Hermano), Canindezinho (Vivi) e Marcelo (Wellington).

América: Rodrigão, Edinho, Romildo (Carlos Alexandre), Gino, Renatinho (Elisandro), Everton (Humberto), Marcelo Rosa, Luiz Fabiano, Helinho e Adriano.

Cartões vermelhos: Luiz Fabiano (América) e Jânio (Potiguar).

ARBITRAGEM: Alício Pena Júnior (FIFA/MG), Milton Otaviano (FIFA/RN) e Armando Falcão (RN).

Público pagante: 10.352 (América devolveu parte dos seus ingressos não vendidos) e não pagante 1.284.

Renda: R$ 47.253,50.  

  .::HOME::.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EDITORIAS

Cotidiano

Economia

Esporte

Polícia

Política

Regional

Universo

OPINIÃO

Carol Fernandes

Cid Augusto

Editorial

Emery Costa

Giro pelo Estado

Laíre Rosado

Notas da Redação

Paulo Pinto

Pedro Carlos

Sérgio Chaves

Sérgio Oliveira

COLUNAS TEMÁTICAS

Assuntos do Comércio

Cinema em Foco

Direito em Pauta

Comentário Econômico

Mundo Digital

Nossa História

Charles Phelan

CIDADES

Alexandria

Areia Branca

Assu

Caraúbas

Macau

Médio Oeste

Patu

Pau dos Ferros

São Miguel

Umarizal

Vale do Apodi

SUPLEMENTOS

Empresa

Escola

Mais TV

ESPECIAIS

Chacina Prefeito

Barragem Santa Cruz

Vingt Neto

O JORNAL

Assinatura

Expediente

Histórico

Painel do Leitor

SERVIÇOS

102 ON-LINE

BANCO DO BRASIL

CAERN

CAIXA ECONÔMICA

COL. MOSSOROENSE

CORREIOS - CEP

COSERN

DETRAN

DICIONÁRIO ON-LINE

ESAM

FOLHA DIRIGIDA

GOVERNO DO ESTADO

HORÓSCOPO

IDEC

INDICADORES

RECEITA FEDERAL

TÁBUA DE MARÉS

TELEMAR

TRADUTOR ON-LINE

UERN

UFRN

EDIÇÕES ANTERIORES

 

 

 

 

 

 

ENQUETE

Quem tem a maior parcela de culpa pelo atraso na realização do vestibular?
Uern
Governo do Estado
Votar
resultado parcial...

 

 

 

 

 

 

Mossoró-RN, de 2004