ATUALIZADO AOS DOMINGOS

A revolução do sonrisal

A gestão pública é mesmo uma arte incompreendida, ainda mais quando os opositores a determinado governo ou desconhecem, ou não compreendem ou simplesmente ignoram as boas iniciativas, para tirar proveito político criticando por criticar obras importantes executadas de forma ousada, inovadora e responsável. O que digo aqui, nas páginas do bravo O Mossoroense, é na verdade uma repetição daquilo o que escrevi para a revista "Coragem!", do mês de março.

Acontece que estou indignado com a oposição ao governo da prefeita Rosalba Ciarlini Rosado (PFL). Opa, eu disse Rosalba Ciarlini Rosado? Perdão, mil vezes perdão, é que ainda não deu para se notar a diferença entre as rosas. Mas vamos ao que interessa: minha revolta com esses oposicionistas chatos, que reclamam de tudo, até mesmo da inovadora e irrepreensível utilização de sonrisal como matéria-prima em obras executadas pela prefeitura de Mossoró.

As críticas injustas dizem respeito à avenida Lauro Monte, cujo asfalto se desmanchou ao perceber a aproximação do primeiro copo d'água, e do Teatro Lauro Monte Filho, onde o teto rachou na parte da frente, portas incharam e algumas daquelas cadeirinhas de R$ 1,99 foram danificadas pela chuva. Preciso repetir - e vou publicar a mesma coisa no "Espaço Crônico" (www.cidaugusto.blog-se.com.br) - porque o falatório oposicionista me enche de asco.

Sensatos são a nossa admirável Câmara de Vereadores e o intrépido Ministério Público, que não deram palavra sobre esses assuntos, compreendendo que a utilização do sonrisal na obra pública tem inclusive propriedades terapêuticas, pois evita que o povo fique empachado ao saber do custo de certas iniciativas bem-intencionadas, sem falar na maravilha de se ver a prefeitura trabalhando, construindo uma avenida e um teatro novos a cada ano. Podre de chique!

 

CID AUGUSTO
E-MAIL: cid@digizap.com.br

Integra a equipe de O Mossoroense

 

  .::HOME::. 

 

 

 

 

    

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EDITORIAS

Cotidiano

Economia

Esporte

Polícia

Política

Regional

Universo

OPINIÃO

Carol Fernandes

Cid Augusto

ClickVip

Editorial

Emery Costa

Giro pelo Estado

Laíre Rosado

Notas da Redação

Paulo Pinto

Pedro Carlos

Sérgio Oliveira

COLUNAS TEMÁTICAS

Direito em Pauta

Comentário Econômico

Nossa História

CIDADES

Alexandria

Areia Branca

Almino Afonso

Assu

Caraúbas

Macau

Médio Oeste

Patu

Pau dos Ferros

São Miguel

Umarizal

Vale do Apodi

SUPLEMENTOS

Empresa

Escola

Mais TV

ESPECIAIS

Chacina Prefeito

Barragem Santa Cruz

Vingt Neto

O JORNAL

Assinatura

Expediente

Histórico

Painel do Leitor

SERVIÇOS

102 ON-LINE

BANCO DO BRASIL

CAERN

CAIXA ECONÔMICA

COL. MOSSOROENSE

CORREIOS - CEP

COSERN

DETRAN

DICIONÁRIO ON-LINE

ESAM

FOLHA DIRIGIDA

GOVERNO DO ESTADO

HORÓSCOPO

IDEC

INDICADORES

RECEITA FEDERAL

TÁBUA DE MARÉS

TELEMAR

TRADUTOR ON-LINE

UERN

UFRN

EDIÇÕES ANTERIORES

 

 

 

 

 

 

ENQUETE

Você acha que a Anatel agiu correto em fechar as rádios piratas?
Sim
Não
Votar
resultado parcial...

 

 

 

 

 

 

Mossoró-RN, de 2005