Cinco Perguntas
Teleobjetiva
Perfil
Resumo das Novelas
TV Cine

 

Tenda dos milagres

por RODRIGO TEIXEIRA

TV Press

 

A Record estréia no dia 13 de agosto, segunda, a novela "Acampamento Legal". O objetivo da emissora com a nova produção é conquistar, principalmente, o público infanto-juvenil. Tanto que a Record não titubeou em colocar "Acampamento Legal" no horário de "Roda da Vida", às 20:05 h, e transferir a novela para às 20:35 h. Isto porque, antes de aprovar o projeto produzido pela Casa de Vídeo e Central de Produções, ambas de São Paulo, a emissora realizou uma pesquisa para constatar se a produção teria condições de se encaixar na sua grade de programação. "Concluímos que faltam produções para as crianças neste horário e o Acampamento Legal vem para tentar conquistar este público", atesta Luiz Cláudio Costa, diretor de programação da Record.

Prevista para ter 180 capítulos, a novela vai se passar em uma fazenda, que é transformada em um acampamento para crianças no povoado fictício de Riacho Alegre. A família Boaventura, formada pelos irmãos Estela, Júlio e Joana, é a dona do local. O programa tem um elenco fixo de 22 atores adultos e oito crianças. Mas a cada semana, a novela terá uma trama diferente e contará com 40 novas crianças, que participam da história como se fossem freqüentadores do acampamento. Sem contar com nenhum nome conhecido no elenco, e talvez por isso mesmo, o supervisor Paulo Idelfonso garante que a idéia é cativar o público com muitas aventuras e brincadeiras criativas. "A estrela da novela são os acampamentos", afirma Paulo.

O "Acampamento Legal" foi idealizado pelo diretor Helder Peixoto, depois que sua filha de 10 anos pediu que ele fizesse de brincadeira um programa sobre acampamentos. O diretor fez um vídeo caseiro e gostou tanto que resolveu investir na idéia. Dono da Casa de Vídeo, ele procurou Paulo Idelfonso, proprietário da Central de Produções, que já havia feito alguns trabalhos para a Record, entre eles a abertura de "Marcas da Paixão". Os dois resolveram levar o projeto para a Record, que praticamente aceitou a proposta na hora. Com o mesmo preço por capítulo de uma novela da emissora - aproximadamente R$ 45 mil -, a produção tem a missão de pelo menos atingir os seis pontos médios de audiência de "Roda da Vida". "Acho que vai dar uma audiência até maior. Mas para nós o importante é a qualidade", garante Helder.

A novela, que vai estrear com 15 capítulos prontos, é gravada sempre em duas fases. De segunda a sexta, a produção se desloca para Amparo, interior de São Paulo. As gravações acontecem em uma fazenda que já possui os cenários fixos. No final de semana, a equipe vai com o elenco e a nova turma de crianças e adolescentes para algum dos 150 acampamentos no estado de São Paulo já cadastrados pelo programa. Como cada lugar tem atrativos diferentes, as histórias são adequadas ao local do acampamento. "Em um deles, por exemplo, tinha a carcaça de um avião antigo que acabou servindo de inspiração para os redatores", lembra Helder. A novela também terá um lado mais educativo. Através de desenhos, os diretores irão dar dicas de boa alimentação e higiene. "Ao falar que a criança deve lavar as mãos por causa dos micróbios, vai surgir um desenho explicando o que é micróbio", antecipa Paulo.

"Acampamento Legal" também não terá textos grandes e as cenas serão pequenas.

Tudo porque é mais importante mostrar as crianças se divertindo, do que necessariamente interpretando. Por isso, os diálogos também se basearão no que as crianças notarem de mais relevante nos acampamentos. Principalmente porque as crianças não têm experiência em televisão e empacam na hora de gravar. Por isso, alguns atores adultos acabam tendo de acalmar as crianças e descontrair o ambiente. É caso do casal Clóvis Gonçalves e Salete Fracarolli, que vivem Estela e Júlio, donos da fazenda. Casados há 16 anos e sem filhos, os dois acabam meio como psicólogos. "Viramos tios da criançada que, às vezes, sente falta de casa", assume Salete.