Galeno Torquato

Com 35 anos, o médico José Galeno Diógenes Torquato busca através das eleições de outubro próximo dar continuidade a uma tradição política iniciada há várias décadas pelo seu pai, José Torquato, prefeito da cidade oestana por três mandatos, eleito deputado estadual e que envolveu ainda o cumprimento de um mandato eletivo por parte da sua mãe, Lourdinha Torquato. Nascido em São Miguel, Galeno cumpriu uma longa trajetória educacional envolvendo Natal e estendida a Brasília onde cumpriu o trajeto de pós-graduação em ginecologia e obstetrícia. Citando a seriedade e a competência como suas principais qualidades, Galeno fala com orgulho do retorno à cidade serrana onde pretende dar continuidade à tradição política da família Torquato com um toque de modernidade administrativa. “Sempre gostei desta terra e sempre tive este desejo de retornar à minha terra para servir como médico na cidade. Sou o único médico filho de São Miguel que se formou e retornou para atuar na cidade e estou de volta para tentar este desafio". Com um discurso de integração da experiência política dos ex-prefeitos do seu grupo e um plano de governo destinado a reestruturação do município, Galeno dá seqüência a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de São Miguel.   

MÁRCIO COSTA –Da Editoria do Regional

O Mossoroense – Quem é Galeno Torquato?

GT –Galeno Torquato é um filho de São Miguel, que nasceu aqui, passou a infância na cidade, estudou em Natal onde cursou medicina, que foi a Brasília fazer especialização em ginecologia e obstetrícia e no dia seguinte ao terminar a pós-graduação retornou a São Miguel onde reside até hoje. Sempre tive um desejo e não posso nem dizer que era um sonho, mas um desejo de servir a minha terra como médico e como político, um dia ser prefeito daqui para melhorar a vida de São Miguel, para continuar fazendo e lutando pela cidade como meu pai que já foi prefeito por três vezes, deputado estadual, minha mãe que foi prefeita por um mandato. Sempre gostei desta terra e sempre tive este desejo de retornar à minha terra para servir  como médico na cidade. Sou o único médico filho de São Miguel que se formou e retornou para atuar na cidade e estou de volta para tentar este desafio.  

OM – O seu slogan de campanha aborda o tema ‘Um voto de verdade’. Qual o sentido deste slogan para a sua campanha.

GT – Um voto de verdade é um voto acima de tudo confiante, marcado pela sinceridade, para um candidato sem demagogia que está apresentando um plano de governo com propostas possíveis de serem realizadas durante os quatro anos da nossa administração. Não temos nada de fictício que venha a enganar o eleitor e que depois não possamos realizar, com o intuito só de enganar o eleitor. Quando falo do voto de verdade, falo pela confiança que o povo tem repassado para a nossa seriedade, o nosso estilo marcado, pela competência e pelo trabalho. 

OM – Quais são as particularidades da campanha de Galeno Torquato?

GT – Em primeiro lugar a seriedade. Estou mantendo uma campanha no corpo a corpo dentro da filosofia da micro-política, visitando as comunidades casa por casa. Visitei todas as casas da zona rural e estamos visitando toda a zona urbana. Em São Miguel metade da população vive na zona rural e fizemos visitas em cada comunidade, casa a casa. Visitando as pessoas conhecemos melhor os problemas não só os individuais, mas os de cada comunidade para que a partir de primeiro de janeiro quando começarmos a administrar São Miguel tenhamos um conhecimento geral e bem amplo desta micro-política que vai nos ajudar a administrar São Miguel. Mantemos uma campanha feita com seriedade que tem garantido uma credibilidade muito grande ao nosso nome. Sem agressões a adversários. Não fizemos nenhuma agressão em nossos programas de rádio porque priorizamos a apresentação das nossas propostas para São Miguel. Não queremos falar mal de ninguém. Nossa campanha é feita com as visitas no corpo a corpo e com a apresentação de propostas.   

OM – Quais as características responsáveis pelo destaque do seu nome na campanha? 

GT – Creio que a credibilidade que o povo tem dado ao nosso nome. Falam que Galeno é sério e que quando promete cumpre. Isto já vem dos meus pais que sempre mantiveram esta linha. Não preciso registrar minhas propostas em cartório como os adversários fazem porque temos palavra. A pessoa que tem palavra, que é séria, que tem a confiança do povo não precisa destes artifícios. A característica maior é esta, a credibilidade que a população tem dado à nossa campanha, pela seriedade e competência.  

OM – Quais as suas propostas para a melhoria da cidade de São Miguel?

GT – Elaboramos um programa de governo contendo 40 propostas. São propostas elaboradas após a análise das dificuldades vivenciadas pela população de São Miguel, colhidas nestas visitas onde foi possível ter uma visão mais clara sobre o cenário. São propostas elaboradas pela experiência de ex-prefeitos que já passaram por aqui, como meu pai, minha mãe, o próprio Dr. Dario e o deputado Raimundo Fernandes. Estas propostas são situadas em cinco pontos fundamentais que são a saúde, a educação, a agricultura, a geração de ocupação e renda e o bem-estar. Em cada um destes pontos destacamos oito metas prioritárias que serão trabalhadas pelo nosso governo com uma política de renovação da estrutura física das escolas na área da educação, incrementada com a realização de parcerias com instituições de ensino superior e com a garantia da manutenção do bom investimento dos recursos do Fundef. Na área da saúde vamos trabalhar para reequipar a máquina de atendimento com a meta de implantar pelo menos oito equipes do PSF, com a contratação de profissionais em diversas especialidades. Na área de ocupação e renda vamos incentivar a produção em segmentos de viabilidade econômica a partir da exploração das potencialidades econômicas do município como a agricultura e o turismo, com ações direcionadas ao desenvolvimento da cultura, do associativismo, do cooperativismo e da capacitação profissional com o incentivo à instalação de pequenas unidades fabris no município. Na área da agricultura vamos desencadear um amplo trabalho de recuperação das vias de acesso, que irá estimular o aumento da produção em termos quantitativos e qualitativos, a partir da estruturação da Secretaria de Serviços Rurais, da consolidação do Conselho Municipal de Agricultura e de um amplo programa de capacitação da mão-de-obra. Na área de bem-estar contamos com importantes propostas como a revitalização da lagoa, marco de origem do município, construção e reformas de quadras e ginásios de esportes, discutir o plano diretor, a cobrança de taxas como o IPTU corrigindo prováveis distorções, instituir a guarda municipal, além de estruturar o museu municipal e implementar um sistema otimizado de coleta de lixo e tratamento adequado do esgotamento sanitário do município.     

OM – Como você avalia o atual momento político de São Miguel?

GT – Sentimos no contato com as pessoas o carinho direcionado à nossa candidatura, o que tem reforçado a credibilidade já citada por mim. É um momento bom, importante. Sentimos isso no dia-a-dia nas ruas, nas praças, nas residências e confirmado pela pesquisa que foi feita agora por um instituto sério, registrada e que nos dar uma margem de quase 40% com relação ao segundo colocado. O atual momento para a nossa coligação é de tranqüilidade. Estamos recebendo a cada dia novas adesões de pessoas que nunca votaram no nosso partido e que estão vindo somar conosco para consolidar a maior vitória já registrada na história de São Miguel.  

OM – Quem são os eleitores de Galeno Torquato?

GT – Os eleitores de Galeno Torquato são os jovens de São Miguel que nos acompanham, que vivem de um entusiasmo, que contam com uma militância espontânea muito grande. São as mulheres que dão uma credibilidade a nossa campanha. Os idosos, os adultos da cidade que têm dado muita credibilidade a este jovem médico, que acreditam que eu possa ser eleito e possa fazer uma boa administração.

OM – O que você espera do resultado das eleições?

GT – Espero que seja uma eleição tranqüila, sem agressões como estamos vendo nos programas de rádio e no dia-a-dia com adversários querendo denegrir a nossa imagem, mas espero que seja uma campanha pacata que vem se mantendo nos últimos 20 ou 30 anos com os pés no chão, sem agressão e feita nos moldes das que aconteceram em anos anteriores.

OM – Caso você perca a campanha permanecerá na política de São Miguel?

GT – Não vamos perder a campanha. A pesquisa está dizendo, estamos sentindo no dia-a-dia, mas a política é muito dinâmica e se por acaso perder a política, que não iremos perder, digo e reafirmo, continuarei aqui como médico atendendo todos os dias como venho fazendo desde o dia em que terminei os meus estudos. A partir do momento que voltei à minha terra, voltei para servir e já que estou tendo a oportunidade para ser prefeito, vou ser um bom prefeito e trabalhar com afinco os quatro anos da nossa administração.     

OM – Quem ganha com quatro candidaturas em São Miguel? 

GT – Eu creio que o povo de São Miguel sai ganhando por ter mais oportunidades de analisar os projetos de cada candidato, de ver qual o candidato tem as melhores propostas para São Miguel e analisar quem realmente tem o propósito de governar São Miguel. Tem candidato que já foi prefeito, prometeu e não fez. Tem candidato que está com muitas promessas absurdas para ganhar o voto do eleitor e acho que só quem sai ganhando é a população que tem uma diversificação para comparar e avaliar qual será o melhor candidato.

 

 

   .::HOME::.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

?

 

 

 

 

EDITORIAS

Cotidiano

Economia

Esporte

Polícia

Política

Regional

Universo

OPINIÃO

Carol Fernandes

Editorial

Emery Costa

Giro pelo Estado

Laíre Rosado

Notas da Redação

Paulo Pinto

Pedro Carlos

Sérgio Chaves

Sérgio Oliveira

COLUNAS TEMÁTICAS

Direito em Pauta

Comentário Econômico

Nossa História

CIDADES

Alexandria

Areia Branca

Almino Afonso

Assu

Caraúbas

Macau

Médio Oeste

Patu

Pau dos Ferros

São Miguel

Umarizal

Vale do Apodi

SUPLEMENTOS

Empresa

Escola

Mais TV

ESPECIAIS

Chacina Prefeito

Barragem Santa Cruz

Vingt Neto

O JORNAL

Assinatura

Expediente

Histórico

Painel do Leitor

SERVIÇOS

102 ON-LINE

BANCO DO BRASIL

CAERN

CAIXA ECONÔMICA

COL. MOSSOROENSE

CORREIOS - CEP

COSERN

DETRAN

DICIONÁRIO ON-LINE

ESAM

FOLHA DIRIGIDA

GOVERNO DO ESTADO

HORÓSCOPO

IDEC

INDICADORES

RECEITA FEDERAL

TÁBUA DE MARÉS

TELEMAR

TRADUTOR ON-LINE

UERN

UFRN

EDIÇÕES ANTERIORES

 

 

 

 

 

 

ENQUETE

Você acredita que a Governadora Wilma de Faria virá participar da campanha em Mossoró?
Sim
Não
Votar
resultado parcial...

 

 

 

 

 

 

Mossoró-RN, de 2004