Editorias

Política
Esporte
Economia

Polícia

   Cadernos

Cotidiano
Regional
Universo
Mais TV

   Colunas

Laíre Rosado

Emery Costa

Cid Augusto
Márcio Costa
Emerson Linhares
Neto Queiroz
Antônio Rosado
Sérgio Oliveira
Sérgio Chaves
Gomes Filho

  Temáticas

Mundo Digital
Economia
Nossa História
Direito em Pauta
Viver Bem
Cinema em Foco

   Cidades

Apodi
Assu
Caraúbas
Macau
Pau dos Ferros
Região Salineira

  Seções

Editorial
Charge
O Jornal
Assinatura
Expediente
Painel do Leitor
Edições Anteriores
 
 
 
 
 
 
 



 
Leia mais

 

   

Prefeito de Caraúbas morre em emboscada

A região Oeste do amanheceu em estado de choque com a notícia da morte do prefeito da cidade de Caraúbas, Aguinaldo Pereira da Silva (PMDB), em emboscada realizada na RN-117, altura do sítio São João da Várzea, a 10 km do centro de Mossoró.

O crime registrado na noite da última quarta-feira envolveu ainda a primeira-dama do município, Antônia Gurgel da Nóbrega Pereira (51), os seguranças sargento Ronaldo Rafael da Silva, o soldado PM Cláudio Pereira do Nascimento e um funcionário do prefeito, Everlândio da Silva. Ela em conseqüência de um acidente automobilístico teve afundamento de crânio, enquanto os três outros homens ficaram crivados de balas.

O prefeito, segundo informações obtidas pelo jornal O Mossoroense, se deslocava de Caraúbas com destino a Mossoró, num Santana de cor cinza e placa MYD-4057-RN, com os cinco ocupantes. Na altura do sítio São João da Várzea, onde existe uma curva fechada e a velocidade tem que ser reduzida aconteceu a emboscada. Todos os passageiros foram atacados com tiros de armas de grosso calibre, tipo fuzil Ar-15, fuzil P.30, escopeta calibre12, pistolas automáticas P.40 e 380.

Com os disparos o motorista perdeu o controle do Santana que capotou diversas vezes ao descer o aterro de mais de 3 metros, arremessando a primeira-dama Antônia Pereira e os dois seguranças para fora do veículo. Ela foi arremessada para cima de uma cerca de arame farpado ficando presa. Os peritos do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) tiveram dificuldades para retirar o corpo.

Segundo moradores do sítio São João da Várzea que escutaram os disparos na noite da última quarta-feira, as rajadas se repetiram durante vários minutos, lembrando um verdadeiro clima de guerra. Somente ao amanhecer os corpos foram vistos e o fato comunicado à polícia que deslocou até o local um forte aparato.

Aguinaldo foi atingido por 12 tiros

O prefeito Aguinaldo Pereira da Silva, assassinado na noite de anteontem, foi atingido com 12 tiros, sendo cinco na cabeça – dois deles nos olhos – e o restante pelo corpo. Informações preliminares obtidas pela polícia dão conta que ele vinha recebendo ameaças de morte e as últimas ocorreram na segunda-feira, quando realizava atendimento ambulatorial na cidade de Tibau.

Acostumado a atender cerca de 50 pessoas, ele teve que deixar o seu trabalho pela metade e se retirar em companhia da esposa, depois que recebeu um telefonema anônimo. Neste mesmo dia, três homens fortemente armados foram vistos circulando pela cidade ocupando um carro que testemunhas assemelham a um Monza de cor escura.

Além dos pertences pessoais do prefeito Aguinaldo Pereira que foram espalhados no local da chacina, cápsulas de diversos calibres foram encontradas. Uma pistola foi localizada a poucos metros do Santana que transportava a comitiva do prefeito e pelo menos duas metralhadoras estavam no porta-malas. As armas não eram conduzidas pelos seguranças que ficaram sem condições de reagir.

Os corpos foram deslocados até o Itep, sob o olhar atônito e perplexo de centenas de populares, além de parentes e filhos do médico. A primeira-dama Antônia Pereira não foi atingida por nenhum dos disparos, vindo a óbito devido o impacto ocasionado pelo acidente que lhe causou afundamento de tórax e crânio.

Os corpos do ex-prefeito e da primeira-dama Antonia Pereira estão sendo velados até as 8 horas de hoje na Loja Maçônica João da Escóssia, de onde parte o cortejo para o sepultamento no cemitério novo, localizado na Avenida do Contorno.

Vice-prefeito recebeu ligação anônima

O vice-prefeito da cidade de Caraúbas, Luciano Cruz, companheiro de trabalho e amigo pessoal do prefeito Aguinaldo Pereira, se deslocou da cidade de Caraúbas até o local onde aconteceu a emboscada. Num contato com a imprensa, ele fez revelações importantes e que de certa forma colocam em risco a partir de agora também a sua pessoa, seja como homem público seja como cidadão.

Luciano Cruz declarou ao chegar ao local de trabalho na tarde de quarta-feira, por volta das 15 horas, recebeu um telefonema anônimo misterioso onde uma pessoa dizia que ele se preparasse, pois na manhã do dia seguinte receberia um baú de madeira. Conhecedor do teor das declarações, o vice-prefeito ficou até por volta das 21 horas em companhia de Aguinaldo Pereira e não o comunicou do ocorrido, nem tão pouco fez ciente a polícia.

Bastante nervoso e diante das cenas terríveis que presenciou no local da chacina, o vice-prefeito teve que ser retirado às pressas e conduzido até um hospital de Mossoró. Ele passou por complicações cardíacas.

Algumas das armas usadas no crime

 
Fuzil AR-15

Especificações Técnicas
Calibre
: 5,56 x 45 mm
Ação
: Fuzil de assalto automático ou semi-automático com bursts de 3 tiros
Capacidade
: 20/30 tiros
Cadência de tiro
: 900 t.p.m.

 

Espingarda “12”

- multiplicidade de cartuchos que podem ser utilizados (balins, balotes de borracha ou de gás lacrimogêneo);

- grande capacidade de tiros; – sistema de repetição por ação de bomba; – cano longo; – - duplo sistema de segurança.

 

G24 - Pistola .40 ACP

Um mesclado de pistola 9mm x 19 Luger com a potência do calibre .45 ACP é a característica fundamental das pistolas .40, o que, permite em muitas situações reais de abordagem e resgate a melhor arma para ser utilizada. Precisa e potente.