EDITORIAS

:: Cotidiano

:: Economia

:: Esporte

:: Polícia

:: Política

:: Regional

:: Universo

OPINIÃO

:: Notas da Redação

:: Laíre Rosado

:: Emery Costa

:: Cid Augusto

:: Sérgio Oliveira

:: De Olho na Mídia

SOCIAIS

:: Paulo Pinto

:: Carol Fernandes

:: Clickvip

:: Clube do Vaqueiro

SOCIAL-CIDADES

:: Alexandria

:: Almino Afonso

:: Apodi

:: Areia Branca

:: Assú

:: Caraúbas

:: Macau

:: Patu

:: Pau dos Ferros

:: São Miguel

:: Umarizal

O JORNAL

:: Assinatura

:: Expediente

:: Histórico

:: Painel do Leitor

TEMPO

 

COTAÇÕES

 

 

 

TRE inaugura fórum eleitoral de Pau dos Ferros

 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) iniciou ontem a série de inaugurações que marca a instalação de unidades descentralizadas em três importantes cidades do interior potiguar.

Após a solenidade de inauguração realizada ontem na cidade de Currais Novos, o órgão efetuará a partir das 9h de hoje a inauguração do prédio construído na cidade de Pau dos Ferros, ato que será estendido amanhã na cidade de Alexandria.  

O prédio de Pau dos Ferros recebe o nome do "Desembargador Lycurgo Nunes Ferreira" (1910-1978), que presidiu o TRE/RN entre 1964 e 1966. As instalações ficam na rua Antônio Alexandre, s/n, bairro Princesinha do Oeste. O projeto teve sua pedra fundamental fixada em julho de 2009 e foi concluído com menos de um ano de obras.

Com estas novas unidades, a atual gestão entregará aos eleitores da 20ª, 40ª e 41ª zonas eleitorais instalações modernas para atendimento a milhares de cidadãos em melhores condições e em prédios próprios da Justiça Eleitoral.

Os investimentos nesses projetos totalizam R$ 945 mil, de um montante de R$ 4,2 milhões aplicados no erguimento de 12 unidades, finalizadas ou em construção, na atual administração do Tribunal.

A série será encerrada amanhã com a  inauguração da unidade situada em Alexandria que homenageia o "Advogado José Patrício de Figueiredo Neto" (1917-1966), que também atuou como promotor substituto naquele município. O endereço é Rodovia RN 117, Lote 02, Quadra C, Loteamento Novo Horizonte.

"O avanço na qualidade das instalações físicas de mais de uma dezena de fóruns irá influenciar de forma positiva a qualidade de vida dos servidores e, em consequência, o atendimento ao cidadão", afirma o presidente da Corte Eleitoral, desembargador Expedito Ferreira de Souza.

Pau-ferrense é homenageado em nova estrutura 

O prédio que será inaugurado hoje em Pau dos Ferros levará o nome do desembargador pau-ferrense Lycurgo Nunes, uma justa homenagem a um dos mais importantes ícones da Justiça potiguar.  

Filho de Sátiro Ferreira Nunes e de Cláudia Cavalcanti Nunes, Licurgo nasceu a 27 de março de 1910, em Luiz Gomes, que à época pertencia à Comarca de Pau dos Ferros.

Iniciou os estudos primários em Luiz Gomes, tendo em sua mãe a primeira professora.

Fez o curso ginasial em Mossoró, no Colégio Diocesano Santa Luzia, concluindo os estudos secundários em Natal, no Colégio Estadual  Pedro II.

Formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Ceará, a 8 de dezembro de 1937.

Exerceu, no período de 17 de novembro de 1933 a 6 de maio de 1938, as funções de escrivão do 1º Cartório de Pau dos Ferros, bem como exerceu as funções de escrivão da Delegacia de Polícia de Pau dos Ferros.

Essas funções, concomitantes com a graduação em Direito, serviram para sedimentar conhecimentos gerais, principalmente jurídicos, que lhes seriam úteis quando do exercício da Promotoria de Justiça, bem como da função de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Aprovado em concurso, assumiu o Ministério Público Estadual em 7 de maio de 1938, sendo nomeado Promotor de Justiça, inicialmente de Santana do Matos, posteriormente Caraúbas, e, finalmente, em Mossoró.

Casou-se no dia 12 de fevereiro de 1939 com a pau-ferrense Cristina Diógenes Fernandes, que passou a se chamar Cristina Diógenes Nunes.

Do casamento resultou o nascimento de sete filhos: Licurgo Nunes Júnior, Lycurgo Nunes Terceiro, Maria Cristina Diógenes Nunes Marcelino, Maria da Conceição Diógenes Nunes, Licurgo Nunes Quarto, Licurgo Nunes Quinto e Licurgo Nunes Sexto.

Em 15 de março de 1946, afastou-se da Promotoria Pública de Mossoró para assumir a Prefeitura Municipal de Pau dos Ferros, nomeado que fora para tal função, quando exerceu até 16 de julho de 1947. Com a redemocratização do país,  e depois de memorável, acirrada e disputada campanha política, derrotando grupo político adversário, foi eleito prefeito de Pau dos Ferros, tendo assumido o mandato a 15 de abril de 1948,  concluindo-o a 31 de março de 1953, com duração de 5 anos.

Durante os dois períodos em que exerceu as funções de prefeito de Pau dos Ferros, Lycurgo Nunes se houve com galhardia, realizando profícuas gestões, sendo considerado um grande administrador. Concluído o mandato de prefeito de Pau dos Ferros, a 31 de março de 1953, retornou à Promotoria Pública da Comarca de Mossoró, onde se destacou tanto na área cível como na criminal. E, nesta área, empreendeu grandes embates no Júri Popular.

Permaneceu como promotor de Mossoró, até que, a 13 de maio de 1960, promovido que fora, assumiu a importante função de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte.

No Tribunal de Justiça, logo no ano seguinte à sua posse, (6/12/1961 ) foi eleito seu presidente, fato inédito.

Aposentou-se em 1969, quando passou a exercer a advocacia, principalmente na região Oeste do Estado.

Faleceu em Natal a 12 de novembro de 1978, com 68 anos de idade.

 

Copyright,© 2000-2006 - Editora de Jornais Ltda - Todos os direitos reservados
Site melhor visualizado em 800x600