EDITORIAS

:: Cotidiano

:: Economia

:: Esporte

:: Polícia

:: Política

:: Regional

:: Universo

OPINIÃO

:: Editorial

:: Notas da Redação

:: Laíre Rosado

:: Emery Costa

:: Pedro Carlos

:: Cid Augusto

:: Giro pelo Estado

:: Sérgio Oliveira

:: De Olho na Mídia

SOCIAIS

:: Paulo Pinto

:: Carol Fernandes

:: Clickvip

:: Clube do Vaqueiro

SOCIAL-CIDADES

:: A notícia é

:: Alexandria

:: Almino Afonso

:: Apodi

:: Areia Branca

:: Assú

:: Caraúbas

:: Macau

:: Patu

:: Pau dos Ferros

:: São Miguel

:: Umarizal

O JORNAL

:: Assinatura

:: Expediente

:: Histórico

:: Painel do Leitor

TEMPO

COTAÇÕES

 

 

São Miguel e José da Penha se apresentam como principais destinos para o reveillon no alto oeste

 

ALTO OESTE - Pelo menos duas cidades da região do Alto Oeste devem concentrar as atenções na virada do ano com a realização de tradicionais festas de réveillon. Repetindo uma tendência de anos anteriores, as cidades de José da Penha e São Miguel se mostram como os principais roteiros para quem busca acompanhar a virada do ano com grandes festas realizadas em praça pública.

Na cidade de José da Penha, além de marcar a virada do ano, a festa realizada na principal praça da cidade marca o aniversário de emancipação política do município oestano que é comemorado no dia 31 dezembro, atraindo as atenções de vários municípios da região.

Para animar a festa, além da contratação de uma banda local, o município contratou a banda Forró Balancear.

Em São Miguel, a festa de réveillon que integra o calendário de eventos do município há vários anos contará este ano com a presença de três atrações. Além da banda forró Balancear, se apresentarão Moleketo da Bahia e Axé Novo, de Mossoró.

Segundo cálculos com base em festas similares realizadas em anos anteriores, cerca de 30 mil pessoas devem acompanhar a mobilização que contará ainda com missa campal e show pirotécnico. As festas de José da Penha e São Miguel devem concentrar as atenções de aproximadamente 20 municípios da região do Alto Oeste do Estado, Paraíba e Ceará e devem mobilizar mais de 50 mil pessoas de toda a região.

 

 

Copyright,© 2000-2006 - Editora de Jornais Ltda - Todos os direitos reservados
Site melhor visualizado em 800x600