Mossoró-RN, domingo 8 de maio de 2011

 

Mãe é única
Luana Dyane
Governador Dix-sept Rosado

Mãe espera nove meses
Mãe sente uma dor única
Mãe troca fraldas
Mãe dá de mamar
Mãe acorda de madrugada com o choro do bebê
Mãe leva ao médico
Mãe acompanha cada passo do seu filho
Mãe mima
Mãe acalenta
Mãe acompanha seu crescimento
Mãe escuta
Mãe interfere se preciso
Mãe acalma
Mãe conversa
Mãe explica
Mãe entende
Mãe chora junto
Mãe sabe quando há algo errado
Mãe sabe como fazer seu filho feliz
Mãe ensina
Mãe diz o que é certo e errado
Mãe encobre certas coisas
Mãe diz o que é melhor pra seu filho
Mãe sabe como convencer
Mãe fica junto sempre
Mãe coloca sempre seu filho em primeiro plano
Mãe dá a vida pelo seu filho
Mãe não se resume, não se explica, mãe é simplesmente única.

Sonhar caboclo
Clauder Arcanjo
aclauder@uol.com.br

Da peixeira, a lâmina afiada;
Reluzente, fria... em sonho.
Da capoeira, a poeira alada;
Campeante, esguia... em sonho.
Da cabocla, a cintura afilada;
Bamboleante, cria... do sonho.
De manhã, o orvalho do sonho.
Clemente, de dia, a orar pela noite.

A Paz
Ana Nascimento

A paz é ação.
A paz está no coração.
A paz está a cada passo da experiência.
A paz está na nossa existência.
A paz está em nossas mãos.
A paz está na união
De cada pensamento
Reformado intimamente para o bem.
A paz é caridade.
A paz é um abraço amigo.
A paz não está nas ruas.
E sim nas estradas da nossa vida.
A paz está na nossa família,
Quando educamos e respeitamos
O próximo mais próximo.
A paz está espalhada,
Para nossa empreitada que vamos construir.
A paz está nas nossas dificuldades.
Estejam em paz nas tempestades.
Porque a paz nada mais é
Que seguir Jesus.

Amor biforme
(Soneto para um amigo)
Zenóbio Oliveira
zenobio.oliveira@redeintertv.com.br

Meu coração julgou que não compensa,
Seguir pulsando em nome desse amor,
Que às vezes é prazer, às vezes dor,
Que isenta e pune numa só sentença. 

Que se declara pela indiferença,
Que se apaga no próprio esplendor,
Que vende júbilo e cobra dissabor,
Por um preço que a vida não dispensa. 

Amor feito de êxtase e de loucura,
Ora promessa, ora desventura,
De ocorrência circunstancial,

Capaz de trazer em sua essência,
Numa harmonia de coexistência,
Uma porção do bem, outra do mal.

Mãe
LINDOMARCOS FAUSTINO
Poeta
(lindomarcosfaustinofaustino@hotmail.com)

Para minha querida mãe Vilanir Faustino

Um anjo que Deus enviou para este mundo
Um ser completamente sem defeito,
É o único amor que existe muito profundo
Que se torna pequeno no peito.

Mãe ninguém neste mundo tomará o seu lugar
Pois para sempre tu será minha eterna querida,
Mãe palavra alguma irá em momento algum expressar
O que a senhora significa para minha vida.

Mãe é tão bom este nome nesta vida pronunciar
Que por ele a todo instante me encho de inspiração,
Mãe não tem doce mais doce quando o teu nome estou a chamar
Pois você é o meu anjo e da minha vida tu és a razão.

Mãe um nome que não esquecemos jamais
Pois o teu amor é para a eternidade,
Mãe os teus carinhos nesta vida ninguém faz
Pois a senhora nunca deveria morrer de verdade.

Mãe adorada, amada, religiosa, sofrida
Você será sempre minha mãe em toda situação,
Mãe eu te agradeço por ter me dado a minha vida
Pois eu agradeço pela sua gratidão.

Mãe você é a forma mais completa do que é o amor
És um anjo da paz no meio de um mundo tão destruído,
Mãe de todo jardim és a mais linda e perfumada flor
Pois a ti dedico este poema do teu filho querido.

Mãe obrigado por ter as coisas da vida me ensinado
Neste mundo que não era pra ser o teu lugar,
Mãe eu agradeço por cada momento que ficar do meu lado
Pois muito obrigado que por mim estivesse a se sacrificar.

Mãe não há gesto mais lindo do que a sua criação
Pois não sei nem como por minha vida te agradecer,
Mãe eu sei que estou sempre dentro do teu coração
Pois muito obrigado por ter me ajudado a crescer.

Mãe és o meu abrigo na hora da solidão e da tristeza
Obrigado pelos beijos e os conselhos por sempre me dar,
Mãe o teu amor na minha vida é a maior riqueza
Pois obrigado mamãe por tanto me amar. 

Mãe com você nada neste mundo tem perigo
Pois você é meu escudo e minha proteção,
Mãe obrigado por na alegria e na tristeza estás comigo
E também pelas vezes que me dar um não.

Bebo teu prazer
Fátima Feitosa
bellavid_1@hotmail.com
(Mossoró/RN)

Meu olhar bebe teu prazer
Que mareja cada poro seu
Desliza macio no corpo meu
Tanto gozo não dar pra conter. 

Me banha teu ar ofegante...
Se faz cama nossos desejos
Atmosfera se cobre de beijos
Ah, que amor quente, pulsante. 

Na loucura o delírio sons se faz...
Ensurdecendo esse momento
Gotas cintilantes se acalmam. 

Amor líquido que traz paz
Selando nosso movimento
Por recomeço corações clamam.

Copyright,© 2000-2006 - Editora de Jornais Ltda - Todos os direitos reservados
Site melhor visualizado em 800x600

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site