Klever Kolberg e Equipe Valtra no Facebook Klever Kolberg e Equipe Valtra no Twitter
Klever Kolberg e Equipe Valtra no You Tube Klever Kolberg e Equipe Valtra no Flickr
Notícias
Ação Social do Rally dos Sertões tem foco na saúde por Assessoria de Imprensa - (imprensa@parisdakar.com.br)
11/08/2012


Metodista foi convidade pelo IBS, que foi responsável pelo projeto até 2011
Foto: Divulgação


Trabalho ocorre em parceria com a Universidade Metodista de São Paulo, que levará atendimento de saúde para cidades que recebem a competição.

O Rally dos Sertões completa seus 20 anos em 2012, com a competição saindo de São Luís (MA) no dia 18 de agosto e chegando em Fortaleza (CE), no dia 29. São cerca de cinco mil quilômetros, seis estados percorridos por meio de várias cidades do interior do Nordeste. Como nas edições anteriores o trabalho de ação social tem o objetivo de trazer melhor qualidade de vida a populações de pequenas comunidades por onde a caravana do rali passa.

E há 12 anos, este trabalho é realizado durante a competição. Neste ano, a Universidade Metodista de São Paulo foi convidada pelo Instituto Brasil Solidário - que até 2011 conduziu as ações - para coordenar o projeto. Assim, uma equipe formada por quatro alunos do último ano dos cursos de Biomedicina e Odontologia, dois professores, três profissionais (um dentista, um educador físico e um nutricionista) formados pela Metodista e duas médicas da FMABC - Faculdade de Medicina do ABC - parte no próximo dia 16 para São Luis, capital do Maranhão, onde começa o trajeto da Ação Social do Rally dos Sertões.

Bacabal, Barra do Corda e Carolina - todas no Maranhão, além de Iguatu e Fortaleza, no Ceará, também estão na programação, que termina no dia 30 de agosto. A equipe permanecerá cerca de um dia e meio em cada cidade, desenvolvendo atendimentos e atividades em diversas áreas de saúde (Odontologia, Fisioterapia, Nutrição, Educação Física, Biomedicina e Medicina). A expectativa é de que sejam atingidos de 200 a 300 pessoas diretamente em cada município visitado e mais de 1.000 indiretamente (por meio de atendimentos clinico-laboratoriais e palestras).

"São atendimentos básicos, clínicos e laboratoriais, além de orientações educacionais sobre saúde", explica Victor Bigoli, professor da Faculdade de Saúde e Coordenador de Projetos de Extensão na Universidade Metodista de São Paulo. Para o professor, a ação funciona como uma troca de aprendizados entre os participantes e a população atendida. "A expectativa é aprender um pouco mais sobre as atividades que podemos promover. Para a gente é sempre um novo desafio. Poder levar o aluno é muito importante, pessoalmente e profissionalmente", afirma.

"O Rally dos Sertões é uma competição desenvolvida e consolidada, que envolve o que de mais moderno há em tecnologia, funcionando de fato como um laboratório a céu aberto. Passamos por muitos lugares distantes nestas 19 edições, e vimos ao longo dos anos essa necessidade de levar um pouco a estas populações e comunidades mais carentes. É uma maneira também de retribuir o carinho com o qual somos recebidos por onde passamos e todos os anos a Ação Social do Rally dos Sertões é um sucesso", afirmou Lucas Moraes, gerente de Marketing e Novos Negócios da Dunas Race, organizadora do evento.



Itens relacionados:
»18/04/2012 Amigos do Planeta na Escola inaugura colégio em Barreirinhas
»05/04/2012 Ação social no Rally dos Sertões: um trabalho contínuo
»22/03/2012 Amigos do Planeta na Escola entrega 18,5 mil livros no Maranhão
»10/12/2007 Ação Social do Rally dos Sertões
»26/11/2007 Equipe Petrobras Lubrax incentiva cultura em evento na Bahia
»23/08/2007 Ação Social do Rally dos Sertões
voltar para a página anterior | topo desta página | home do site

Klever Kolberg e Equipe Valtra no Facebook Klever Kolberg e Equipe Valtra no Twitter Klever Kolberg e Equipe Valtra no You Tube Klever Kolberg e Equipe Valtra no Flickr
www.parisdakar.com.br