Klever Kolberg e Equipe Valtra no Facebook Klever Kolberg e Equipe Valtra no Twitter
Klever Kolberg e Equipe Valtra no You Tube Klever Kolberg e Equipe Valtra no Flickr
Notícias
Rally Dakar 2015: 3ª etapa Carros – Terranova vence, Nasser mantém a ponta por Assessoria de Imprensa - (imprensa@parisdakar.com.br)
06/01/2015


Orlando Terranova / Bernado Graue (Mini All4 Racing):
Foto: Divulgação



Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux)
Foto: Divulgação



Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing)
Foto: Divulgação



Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 2008 DKR)
Foto: Divulgação



Ricardo Leal / Du Sachs (Nissan Navarra V8)
Foto: Divulgação - Vinicius Branca



Guilherme Spinelli / Youssef Haddad (ASX Racing Diesel)
Foto: Divulgação - Marcelo Marngni


Os argentinos Orlando Terranova e Bernardo Graue (Mini All4 Racing), foram os mais rápidos entre os carros no trecho cronometrado de 284 km da 3ª etapa do Rally Dakar 2015, realizada nesta terça-feira (06/01), partindo de San Juan rumo a Chilecito, na Argentina. A dupla da casa superou os problemas do dia anterior, quando nos últimos 10 km da especial sofreu um acidente, perdendo 20 minutos e a liderança da prova. A segunda posição do dia ficou com o Toyota da dupla do sul-africano Giniel de Villiers e o alemão Dirk Von Zitzewitz, seguida do saudita Yazeed Alrajhi que tem o alemão Timo Gottschalk como navegador de outra Toyota.

A dupla do catariano Nasser Al-Attiyah e o inglês Matthieu Baumel (Mini All4 Racing) administrou a boa vantagem conquistada na etapa anterior e manteve a liderança na classificação acumulada com a quinta colocação na etapa.

O dia foi marcada pela forte disputa entre Terranova e Giniel de Villiers. O argentino deu trabalho para a equipe na noite anterior, que teve praticamente de reconstruir o Mini capotado. Com a vitória na etapa Terranova assume a terceira colocação no acumulado.

Giniel de Villiers mostrou que o novo carro está mais forte e rápido. Sempre entre os cinco melhores, o sul-africano é o vice-líder no acumulado.

Depois de desempenhos regulares nas duas primeiras especiais, a Peugeot conseguiu finalmente colocar um veículo no Top 5. O responsável pela boa performance do time francês foi o 2008 DKR dos espanhóis Carlos Sainz e Lucas Cruz, que terminaram em quarto, mesma posição que assumiram na classificação acumulada.

Entre os brasileiros, em sua primeira vez na disputa do Dakar, o navegador brasileiro Eduardo Sachs parece não sentir a pressão. Ao lado do piloto português Ricardo Leal, o Nissan Navarra V8 da dupla conquistou a 17ª posição da etapa. Na classificação geral, a dupla subiu para a 22ª colocação.

Já a dupla Guilherme Spinelli e Youssef Haddad (Mitsubishi ASX Racing Diesel) iniciou bem, vinha fazendo uma forte especial com o 12º lugar, mas após o quarto ponto de passagem, teve problemas e cometeu erros de navegação. "Vínhamos super bem, ultrapassamos três carros e estávamos em ritmo forte. Mas faltando 120 km, quebrou o pivô da suspensão dianteira. Demoramos para fazer o reparo e seguimos com cautela redobrada", explicou o piloto. "Foi uma sucessão de infelicidades. Também furamos um pneu e passamos uma das entradas, perdendo tempo para achar o caminho correto. Logo depois tivemos o problema na suspensão. O parafuso também quebrou e tivemos que tirar toda a bandeja para fazer o reparo", disse Youssef. A dupla concluiu a etapa na 64ª colocação e caiu para a 31ª no acumulado.

Seus companheiros de equipe, os portugueses Carlos Sousa e Paulo Fiuza concluíram a etapa na 18ª posição. No acumulado permanecem entre os 10 melhores, na 9ª colocação.

Classificação da 3ª etapa - Carros (extraoficial):

1º Orlando Terranova / Bernado Graue (Mini All4 Racing): 2h57min28s
2º Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux): +1min54s
3º Yazeed Alrajhi / Timo Gottschalk (Toyota Hilux): +2min52s
4º Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 2008 DKR): +4min06s
5º Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing): +4min18s

17º Ricardo Leal / Eduardo Sachs (Nissan Navarra V8):+23min25s
64º Guilherme Spinelli / Youssef Haddad (ASX Racing Diesel): +2h03min07s

Classificação acumulada após três etapas - Carros (extraoficial):

1º Nasser Al-Attiyah / Matthieu Baumel (Mini All4 Racing): 9h21min26s
2º Giniel de Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota Hilux): +5min18s
3º Orlando Terranova / Bernado Graue (Mini All4 Racing): +18min05s
4º Carlos Sainz / Lucas Cruz (Peugeot 2008 DKR): +19min32s
5º Yazeed Alrajhi / Timo Gottschalk (Toyota Hilux): +20min08s

22º Ricardo Leal / Eduardo Sachs (Nissan Navarra V8):+1h35min45s
31º Guilherme Spinelli / Youssef Haddad (ASX Racing Diesel): +2h38min13s


Nesta quarta-feira (07/01) o Dakar deixa provisoriamente a Argentina e entra no Chile, em meio a altitude de 4.800 metros e travessia da fronteira em Paso San Francisco. O percurso de Chilecito (ARG) a Copiapó (CHI) terá um total de 909 km, sendo 315 de trechos cronometrados (especiais).

Colaboração especial do piloto e engenheiro Klever Kolberg.



Itens relacionados:
»06/01/2015 Rally Dakar 2015: 3ª etapa Motos – Vitória do estreante Matthias Walkner
»05/01/2015 Rally Dakar 2015: 2ª etapa Carros – Nasser se recupera, vence e assume a liderança
»05/01/2015 Rally Dakar 2015: 2ª etapa Motos – Barreda vence e assume a liderança
»05/01/2015 Rally Dakar 2015: 1ª etapa caminhões – Vitória do holandês Hans Stacey
»05/01/2015 Rally Dakar 2015: 1ª etapa carros – Nasser é penalizado por excesso de velocidade
»04/01/2015 Rally Dakar 2015: 1ª etapa carros – Vitória de Nasser, Roma chega rebocado
»04/01/2015 Rally Dakar 2015: 1ª etapa Motos – Vitória do inglês Sam Sunderland
»03/01/2015 Rally Dakar 2015: Argentina, a terra do Rally
voltar para a página anterior | topo desta página | home do site

Klever Kolberg e Equipe Valtra no Facebook Klever Kolberg e Equipe Valtra no Twitter Klever Kolberg e Equipe Valtra no You Tube Klever Kolberg e Equipe Valtra no Flickr
www.parisdakar.com.br