Sciam
Clique e assine Sciam
Notícias

Avião solar busca recorde em voo ao redor do mundo

Escalas incluem Omã, Índia, Mianmar, duas cidades na China e quatro nos Estados Unidos

Solar Impulse
Borschberg e Piccard têm se dedicado a realizar missões cada vez mais ambiciosas em aparelhos movidos a energia solar para chamar a atenção para as possibilidades da energia limpa.

 

 

 
 

 

Por Megan Gannon e SPACE.com

 

Em cerca de um mês, dois suíços tentarão realizar um voo inédito ao redor do mundo, sem qualquer tipo de combustível.

Na terça-feira, dia 20, eles anunciaram a rota de sua ambiciosa jornada a bordo do Solar Impulse 2, seu avião movido a energia solar.

Os pilotos André Borschberg e Bertrand Piccard iniciarão sua lenta e progressiva jornadaem Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, no final de fevereiro ou início de março.

De acordo com a rota oficial divulgada, eles farão escalas em Mascate, capital do sultanato de Omã; nas cidades indianas de Ahmedabad e Varanasi; em Mandalay, em Mianmar; e nas cidades chinesas de Chongqing e Nanjing.

Em seguida, deverão pousar no Havaí, além de em três outros lugares da área continental (contígua) dos Estados Unidos: Phoenix, outro local ainda não definido no centro-oeste americano, e o aeroporto internacional John F. Kennedyem Nova York.

Depois disso, Borschberg e Piccard deverão cruzar o Atlântico e pousar em algum lugar no sul da Europa ou no norte da África, antes de retornarem a Abu Dhabi no final de julho ou início de agosto.

Os dois pilotos têm se empenhado em missões cada vez mais ambiciosas de aparelhos movidos a energia solar para chamar a atenção para as possibilidades da energia limpa.

No verão boreal de 2013, eles estabeleceram um recorde de voo de costa a costa através dos Estados Unidos, voando da Califórnia para Nova York a bordo de sua aeronave ultraleve, Solar Impulse.

O avião, que tinha uma velocidade de cruzeiro de aproximadamente85 km/h, já havia completado um voo noturno de 26 horas em 2010, e completou viajou da Suíça para o Marrocos em 2012.

O Solar Impulse foi o primeiro avião capaz de voar dia e noite sem combustível. Seus painéis solares captavam energia solar, que era armazenada em baterias a bordo e lhe permitiam continuar voando durante a noite.

O novo aparelho, Solar Impulse 2, de fibra de carbono, é revestido por 17.248 células solares e tem uma envergadura de asas de72 metros. Embora sua cabine de voo seja mais espaçosa que a do primeiro avião, ela só pode acomodar um piloto por vez, o que significa que Borschberg e Piccard se alternarão no comando da aeronave a cada etapa do voo.

Os pilotos revelaram o Solar Impulse 2 em abril de 2014.

Em seu vôo de estreia na Suíça, em junho de 2014, o avião atingiu uma altitude máxima de1.680 metrose voou a uma velocidade média equivalente a55,6 km/hem solo.

Para conhecer mais, acesse o link abaixo, em inglês:

Images: Cross-Country Flight in a Solar-Powered Plane 

Copyright 215

Copyright 2015 SPACE.com, uma companhia TechMediaNetwork. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, divulgado, copiado ou reescrito, nem redistribuído.

Publicado em Scientific American em 20 de janeiro de 2015.