Sciam


Clique e assine Sciam
Notícias

Nanotecnologia para Energia Sustentável

Formato de flor aumenta capacidade de nanomaterial captar a luz do sol 

Cortesia de Linyou Cao
Qual é o melhor formato para nanomateriais condutores de energia em células solares? Quando falamos do semicondutor sulfureto de germânio, a resposta se parece muito com uma peônia. De acordo com uma nova pesquisa publicada no ACS Nano da Sociedade Química Americana, essas “nanoflores” têm o potencial de melhorar células solares e outras tecnologias. 

O segredo está no melhor aproveitamento do material. Com uma superfície ampliada pela superposição, o semicondutor tem maior área exposta à luz.

Para produzir a forma de flor, o cientista de materiais Linyou Cao da North Carolina State University em Raleigh, e seus colegas, primeiro vaporizaram pó de sulfureto de germânio, e depois sopraram o vapor resultante para dentro de uma câmara de resfriamento onde ele se depositou na forma de uma folha fina, com menos de 30 nanômetros de espessura.

Colocando uma folha sobre a outra dessa maneira, os pesquisadores conseguiram construir essa nanoflor cristalina mais ou menos como um artista de origami usa papel para chegar a um efeito semelhante. Cao compara o resultado a uma espécie de cravo. No caso de células solares de sulfeto de germânio, sugere, o modelo mais eficiente para captar a luz solar é a flor, não a folha das plantas.  
Nas bancas!                     Edições anteriores                                            Edições especiais                              
Conheça outras publicações da Duetto Editorial
© 2012 Site Scientific American Brasil • Duetto Editorial • Todos os direitos o reservados.
Site desenvolvido por Departamento Multimídia • Duetto Editorial.