Sciam
Clique e assine Sciam
Notícias

Nos EUA, rótulos de remédios homeopáticos agora precisarão declarar que produtos não funcionam

Agência de comércio exige que produtos digam que não há evidência científica de eficácia

Departamento de Recursos Naturais de Wisconsin Flickr (CC BY-ND 2.0)

Remédios homeopáticos vendidos sem necessidade de prescrição nos EUA agora terão que conter um aviso dizendo que são baseados em teorias antiquadas “não aceitas pela maior parte dos médicos” e que “não existe evidência científica de que o produto funciona”. Caso contrário, os fabricantes de remédios homeopáticos terão de enfrentar a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, na sigla em inglês).

A agência argumenta que alegações não comprovadas de benefícios para a saúde, incluídas no marketing de alguns desses remédios, violam leis que proíbem propaganda enganosa e regulam a rotulagem de medicamentos que não exigem receita médica.

 

A FTC lançou uma declaração de política de execução esclarecendo que drogas homeopáticas não estão isentas das regras que se aplicam a outros produtos de saúde no que diz respeito a afirmações de eficácia, e não deveriam ser tratadas de maneira diferente. Para que nenhuma declaração feita nas propagandas ou embalagens do produtos seja considerada enganosa para os consumidores, deve ficar claro que o produto em questão é baseado em teorias desenvolvidas no século 18 e que faltam evidências para apoiá-las, diz a declaração do órgão.

 

Também menciona que a FTC irá “examinar minuciosamente propagandas e outras formas de marketing de medicamentos homeopáticos vendidos sem necessidade de receita … para garantir que reproduzam adequadamente o caráter limitado das alegações quanto a benefícios para a saúde”.

 

Emma Stoye, da Chemistry World

 

Este artigo foi reproduzido com permissão da Chemistry World e foi publicado originalmente em 23 de novembro de 2016.

 
Para assinar a revista Scientific American Brasil e ter acesso a mais conteúdo, visite: http://bit.ly/1N7apWq