Sciam
Clique e assine Sciam
Notícias

Rubens de Azevedo morre aos 86 anos

Astrônomo amador foi o fundador da primeira sociedade astronômica do Brasil

Faleceu hoje o astrônomo amador Rubens de Azevedo, aos 86 anos, em Fortaleza. Considerado um dos maiores astrônomos cearenses, fundou em 1947 a Sociedade Brasileira dos Amigos da Astronomia (SBAA), primeira sociedade astronômica do país. “Seu Rubens”, como era chamado, também elaborou o primeiro mapa da Lua do Brasil, em 1949, e atuou como diretor do Observatório da Paraíba e presidente da União Brasileira de Astronomia (UBA). O astrônomo foi o idealizador da criação de um planetário para Fortaleza, que hoje leva seu nome e pode ser visitado no Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura da cidade.

O Universo não era a única paixão de Rubens de Azevedo. Poeta, pintor, desenhista, artista, historiador, geógrafo e também escritor, foi autor de autor de vários livros sobre astronomia e artes como Uma viagem Sideral (1949), O Desenho sem Mestre (1954), Selene - A Lua ao Alcance de Todos (1959), Na Era da Astronáutica (1967) e O Homem descobre o Mundo (1981), entre outras obras.