Sciam


Clique e assine Sciam
Notícias

Seis espécies de aves australianas são declaradas extintas

Espécies poderiam ter sido salvas com facilidade

John Platt
Stephen Garnett
Uma equipe de ornitólogos da Charles Darwin University, localizada no norte da Austrália, declarou a extinção de seis espécies de aves nativas. Segundo o professor de conhecimentos tropicais, Stephen Garnett, esses animais poderiam facilmente ter sido salvos.

As espécies declaradas extintas incluem o Zosterops albogularis, e mais quatro subespécies: Amytornis textilis), Melanodryas cucullata M. melvillensis, Neochmia ruficauda ruficauda), e também uma variedade de codorna conhecida cientificamente como Cinclosoma punctatum.

"Infelizmente, não há sinal de mais nenhum indivíduo", lamenta Garnett. As espécies foram dizimadas após chegada dos colonizadores europeus na Austrália. Seus hábitats foram desmatados ou “contaminados” por espécies exóticas invasoras. O controle do manejo de gado e de coelhos para o abate poderia ter salvado essas aves do fim.

“As planícies do estado australiano de Victoria eram mantidas pelos aborígines, mas a chegada de ovinos e colonizadores na década de 1830 resultou em um colapso da gestão das terras indígenas”, relata Garnett. Isso resultou em florestas isoladas sem recursos para manter um ecossistema saudável.

As seis aves serão listadas como "extintas" na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais. Nada menos que 30 espécies de aves foram extintas na Austrália nos últimos 100 anos.