O VIRA
(João Ricardo-Luli)

O GATO PRETO CRUZOU A ESTRADA
PASSOU POR DEBAIXO DA ESCADA
E LÁ NO FUNDO AZUL
NA NOITE DA FLORESTA
A LUA ILUMINOU A DANÇA, A RODA, A FESTA.

VIRA, VIRA, VIRA
VIRA, VIRA HOMEM,
VIRA, VIRA,
VIRA, VIRA, LOBISOMEM.


BAILAM CORUJAS E PIRILAMPOS
ENTRE OS SACIS E AS FADAS
E LÁ NO FUNDO AZUL
NA NOITE DA FLORESTA
A LUA ILUMINOU A DANÇA, A RODA, A FESTA.
VIRA, VIRA, VIRA
VIRA, VIRA HOMEM,
VIRA, VIRA,
VIRA, VIRA, LOBISOMEM