O PATRÃO NOSSO DE CADA DIA
(João Ricardo)

EU QUERO O AMOR
DA FLOR DE CACTUS
ELA NÃO QUIS

EU DEI-LHE A FLOR
DE MINHA VIDA
VIVO AGITADO

EU JÁ NÃO SEI SE SEI
DE TUDO OU QUASE TUDO
EU SÓ SEI DE MIM
DE NÓS
DE TODO O MUNDO

EU VIVO PRESO
A SUA SENHA
SOU ENGANADO

EU SOLTO O AR
NO FIM DO DIA
PERDI A VIDA

EU JÁ NÃO SEI SE SEI
DE NADA OU QUASE NADA
EU SÓ SEI DE MIM
SÓ SEI DE MIM
SÓ SEI DE MIM

O PATRÃO NOSSO
DE CADA DIA
DIA APÓS DIA