PÃO, JOÃO
(João Ricardo)

PUS-ME A GIRAR UM PIÃO
COM MINHA MÃO QUE NÃO SABIA
QUE HAVERIA O DIA, EM VÃO
EM QUE TUDO PARARIA
MESMO MINHA MÃO
PRÁ VER QUALQUER JOÃO
AQUELE PRÁ QUEM O PÃO
IRIA SER SEU UNICO SENÃO
PÃO, ELE DISSE

 

 
 
VOLTA