PRETO VELHO
(João Ricardo)

AQUELE PRETO, TÃO PRETO
CO’A AQUELA BARBA BRANCA, TÃO PRETA
E AQUELE OLHAR TÃO MEIGO
DE QUEM ESPERA GANHAR
UM SORRISO INCOLOR