DE MIM PRÁ VOCÊ
(João Ricardo)

JURO QUE NUNCA
FALARAM DE MIM
PRÁ VOCÊ

NUNCA DO JEITO
QUE TODOS DEVIAM SABER

SEMPRE DAQUELES QUE DIZEM
QUE NÃO TEM NADA A VER

COMO DE RESTO
PUDERA ENTENDER
O QUE VEM A SER
QUALQUER COISA
NO ESTILO DE VER PRÁ CRER

QUANDO AQUILO QUE EU GOSTO
É NAQUILO QUE APOSTO
E DO LADO OPOSTO
O DESENHO DO SEU ROSTO

VAI ME MATAR DE PRAZER
RINDO,
E É SÓ O QUE PODE HAVER
INDO
DE MIM PRÁ VOCÊ
DE MIM PRÁ VOCÊ

DE MIM

 

 
 
VOLTA