SEM AS PLUMAS, NUMAS
(João Ricardo)

HÁ MUITA COISA AINDA A DIZER
HÁ MUITA COISA AINDA A FAZER
HÁ MUITA COISA AINDA A QUERER
HÁ MUITA COISA AINDA A VIVER
PRÁ MORRER
HÁ MUITA COISA AINDA A SURGIR
HÁ MUITA COISA AINDA A CANTAR
HÁ MUITA COISA AINDA PRÁ IR
HÁ MUITA COISA EM QUALQUER LUGAR
PRÁ NOTAR
RIAM, CHOREM, SOLTEM AS ASAS
SEM AS PLUMAS, NUMAS